Autoconhecimento

Atitudes para espantar o baixo-astral

Portrait of happy young blond woman running on a meadow on a sunny summer day. Girl dancing on the grass in the park. Outdoors. Cheerful woman on sunset. Lifestyle and happiness concept
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Por mais otimista e feliz que a gente se considere, é fato que é humanamente impossível estar totalmente de bem com a vida o tempo inteiro. Com ou sem motivos aparentes, mais hora menos hora, em um dia sem muito aviso o baixo-astral aparece. E, espaçoso que só ele, se a gente deixar, toma conta da nossa vida e de tudo ao nosso redor com uma rapidez assustadora. É por isso que precisamos ter consciência de como controlar essa tristeza repentina e ter táticas muito práticas e simples para mandar o desânimo para bem longe.

Confira algumas ideias para te ajudarem nessa batalha da felicidade contra o baixo-astral:

Valorize as coisas boas

Muitas vezes, ficamos tristes e desanimados porque inventamos situações na nossa cabeça ou criamos necessidades completamente irreais, é aí que devemos parar, respirar fundo e aceitar a nossa realidade da forma como ela é. Se preciso for faça uma lista de tudo que te faz feliz e de todas as conquistas das quais se orgulha. Não hesite em colocar nessa lista e valorizar as coisas pequenas que também te tiraram sorrisos sinceros. A vida é feita principalmente de pequenos momentos.

Recorra à arte

Poucas coisas podem ser tão promissoras de felicidade quanto as manifestações de arte. Uma música que figura entre suas preferidas, um filme que levante seu astral através de um enredo engrandecedor, uma peça de teatro, fotografias, uma pintura são capazes de fazer você se sentir melhor quase que instantaneamente.

Renove suas energias

Entre em contato com suas verdades mais profundas e com seu verdadeiro ser. Faça exercícios de autoconhecimento, meditação e relaxamento. Pode ser uma meditação guiada, poses de yoga ou mesmo deixar sua mente ir embora atrás de devaneios. Um bom banho quente e um cuidado com seu próprio corpo com massagem relaxante também pode ajudar. Às vezes, espantar o baixo-astral é só questão de um pouco de descanso.

Faça qualquer coisa, mas faça

Ficar inerte não vai te ajudar em nada. Pode parecer difícil, mas é importante que você tome uma atitude e faça qualquer coisa para se distrair. O primeiro passo para levantar o astral sempre vai ser a ação, independente de qual for.

Amigos!

Amizade sempre será uma ótima solução. Ligue para seus amigos e deixe que o bom humor deles te contagie. Em hipótese alguma comece a se lamentar, caso contrário, é capaz de que seu baixo-astral contagie a outra pessoa e nosso objetivo seja reverso. Faça um esforço e lembre das coisas boas que já fizeram, das piadas internas e até das roubadas que participaram juntos. A primeira risada é só o começo para sair dessa zona de tristeza.

Mime você mesmo

Você merece tudo que quiser e estiver ao seu alcance. Coma um brigadeiro, compre uma roupa nova ou tire uma soneca no meio da tarde. Vale qualquer coisa, se depois você acha que se sentirá melhor. Só não vale ficar de mimo em mimo e não melhorar nadinha, hein!


Texto escrito por Roberta Lopes da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]