Cristianismo Energia em Equilíbrio Espiritualidade

O poder do perdão

Cibele Macedo
Escrito por Cibele Macedo
Em Mateus, capítulo 5, Jesus faz um de seus mais famosos sermões no monte e um dos trechos mais populares está no versículo 44: “Eu, porém, vos digo: Amai a vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam e orai pelos que vos maltratam e vos perseguem, para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus.”

Vamos ser realistas: quantos de nós somos capazes de ler e interpretar estas palavras, as aceitando sem questionar e ainda acreditando fielmente a realidade desta prática em nosso cotidiano?

Não somente o Cristianismo, mas muitas outras religiões pregam como uma das bases de purificação do ser ou do espírito, a manutenção de um coração leve, livre de culpas ou mágoas, por isso a importância do perdão em nossas vidas.

Perdoar o próximo é difícil, mas por que não começarmos perdoando a nós mesmos?

Quantas são as culpas que carregamos em nosso interior, quando não de atos errôneos praticados, carregamos os maus pensamentos, as palavras ditas nas horas erradas ou ainda as não ditas, carregamos a raiva por não sermos corajosos o bastante, carregamos a culpa por não ter se despedido daquele que partiu e nos deixou a saudade. E assim vai uma coleção de mágoas e ressentimentos guardados no interior de cada um, por isso é tão difícil perdoar, porque nem sequer aprendemos a nos perdoar.

Perdoar é amar-se, amar é respeitar cada um dos nossos limites.

Perdoar é aceitar que somos limitados, temos imperfeições que precisam ser ajustadas e a vida é para isso. Perdoar, é amar-se, amar é respeitar cada um dos nossos limites. Sabe aquele defeito que você sabe que tem e finge que não te incomoda, mas sempre que pratica o ato falho, pronto, se culpa e carrega para sua vida o peso dessas culpas.

Diariamente, sugiro um exercício meditativo: no final dia, próximo da hora de deitar para o repouso, imagine-se em um lindo jardim, com muitas flores e muito verde. Neste local se veja meditando e como em um espelho, veja-se como criança e como se essa criança tivesse feito tudo que você fez ao longo do dia, todos as suas atitudes que o machucaram, tudo aquilo que deixou de fazer por procrastinação, todos os minutos perdidos em atos que não lhe trazem benefícios, como, por exemplo, a fofoca. Veja isso como um observador e compreenda os fatos com muita racionalidade. Sim, racionalize, sem emoção e o mais importante: SEM JULGAMENTO!

Agora que tudo isso foi mostrado a você, reveja os atos bons, o que foi produzido de bom ao longo do dia: o cuidado com seu corpo, com você, com sua família e amigos, o carinho, o amor, a oportunidade de ensinar alguém e tantas outras coisas que pode fazer ao longo de um dia. Sinta a leveza de observar esses exemplos e agora o mais difícil: olhe para você mesmo e sinta amor, ame esse ser que foi sincero e mostrou-se a você, ame-o, sinta o abraço, sinta o carinho que você precisa ter com você mesmo. Veja-se como uma criança em estado de aprendizado nessa vida, que dia a dia tem a oportunidade de evoluir. Essa criança merece cuidado, atenção e amor. Olhe para ela (que é você) e diga: “Eu te perdoo por tudo e estarei aqui para cada dia buscar a evolução”. Despeça-se dessa criança e agora sim, volte a se ver como adulto, um adulto que pode transformar o amanhã.

Com essa leveza da meditação, proponha-se a cada dia mudar algo que te faz sentir culpa. Muitos de nossos hábitos errôneos não deixaram de nos acompanhar do dia para noite, mas se você se compromete a buscar em cada dia uma atitude diferente, corrigir se em algum ato falho, evitar os pensamentos negativos, tudo se tornará mais leve com o tempo e assim poderá seguir uma jornada mais feliz.

Quando sua culpa não pesar mais em sua vida, aí sim, poderá buscar a prática proposta pelo Cristo no monte: perdoar os inimigos. Mas enquanto seu inimigo estiver dentro de você mesmo, precisa perdoá-lo e amá-lo verdadeiramente, para que o amor te transforme em um ser de luz e sábio.

Não desistam de se perdoar e verão que logo o mundo terá outra cor e outra luz para você!

Muito amor, paz e sabedoria em suas vidas!

Sua opinião é bem-vinda, sempre que colocada com a educação e o respeito que todos merecem. Os comentários deixados neste artigo são de exclusiva responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

Sobre o autor

Cibele Macedo

Cibele Macedo

Após anos dedicando-se a vida profissional em indústrias, o chamado para uma mudança foi atendido. São mais de 6 anos de dedicação aos estudos de técnicas de cura energética, terapias holísticas e psicanálise.

Mestre reikiniana, formada em terapia de cura com cristais, cromoterapia, aplica métodos de compreensão da mente, estudando os sintomas de cada cliente, avaliando os campos energéticos para a cura e equilíbrio pleno do ser.

Terapeuta holística e naturalista, credenciada ao CRT, desenvolve em seu trabalho a energia de cura, terapia em sicronicidade (Reiki), cura com cristais, cromoterapia e Floral de Bach e Fitoenergética.

Telefone e WhatsApp: 11 99209‐7474
E-mail: cibila80@gmail.com
Facebook: Centro Sabedoria e Saúde
Site: centrosabedoriaesaude.com