Saúde Integral

O que fazer com o mau hálito?

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Não é nada agradável conversar com alguém e imediatamente sentir vontade de sair correndo quando a outra pessoa abre a boca.

O mau hálito é um “mal” que atinge muitas pessoas e pode ser causado por diversas razões. Entre elas:

– Limpeza inadequada da região bucal com consequente acumulo de restos alimentícios e mau odor;

– Proliferação de bactérias pela alteração de Ph ou umidade da boca;

– Saburra lingual (acumulo de células mortas na língua, acontece com pessoas que tem mania de morder as bochechas ou lábios com frequência);

– Problemas nas amídalas;

– Obstrução intestinal.

O que fazer?

Algumas dicas podem ser seguidas a fim de acabar com o mau hálito e melhorar sua saúde bucal.

Existem métodos de eliminação da saburra lingual, anteriormente citada. Quando em nível avançado, deve ser feito procedimento em laboratório, porém, a raspagem da superfície da língua, tratamento para estes casos, pode ser feita em casa com orientações médicas ou farmacêuticas quanto à execução.

Chiclete sem açúcar são uma boa opção. A mastigação aumenta a salivação e umidade da boca. A ausência do açúcar é importante pois este é ingrediente que alimenta a proliferação de bactérias.

shutterstock_265580381 A maneira mais importante de evitar o mau hálito é a higienização correta. Muitas pessoas não fazem a limpeza de modo correto na boca, permitindo que alimentos fiquem presos entre os dentes e causem mau hálito pela produção de enxofre, gás mau cheiroso. Neste caso, as indicações de um profissional dentista podem ser valiosas. Escovar os dentes e usar fio dental deve ser um hábito de frequência constante e diária, principalmente após as refeições, e para funcionar, deve seguir algumas etapas que seu dentista poderá orientá-lo.

Uma dica prática para o dia a dia é a maçã! A fruta tem uma ação “higienizadora” e pode ser uma boa opção durante a rotina para eliminar temporariamente o mau cheiro além de ser uma lanche muito saudável.

Beber água com frequência também é muito importante para manter a salivação e hidratação bucal.

Questão de bem-estar

Além da importância de manter uma saúde bucal por toda a vida para que se preserve os dentes e para que se possa cuidar de um dos órgãos mais utilizados do corpo, a nossa boca, a questão também toca no bem-estar pessoal e social.

Exalar aquele cheiro horrível pela boca é um espantalho e tanto, e nada confortável nem para quem recebe nem para quem produz.

Não passe apuros! Esteja sempre atento às pequenas medidas citadas aqui e mantenha-se limpo, cheiroso e saudável!


  • Escrito por Julia Zayas da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]