Convivendo

O que realmente importa?

Homem sorrindo e segurando uma xícara de café.
Euclydes Zanon Filho

O que realmente importa?
Qual a importância de se viver?
O coração responde: amar.

Mesmo em meio a tantas verdades, crenças, e sistemas, assim, com delicadeza, percebemos, dentro de nossa alma, um sentimento.

Quem se preocupa com noções sobre “certo” e “errado”, ou “bom” e “ruim”, cai muitas vezes na hipocrisia.

Na vida, a pessoa insana, chamada de “louca”, vive a plenitude, enquanto muitas pessoas só estão vivendo o trivial, acreditando ser impossível ser diferente, e vendo o tempo passar.

Ter alegria de viver, de ser, de sonhar, de desejar lindas loucuras, de seguir esse caminho, que vale muito mais do que obedecer regras e leis, é conhecer a si, e de se amar.

E quem está contigo, ou quem te sente, que tem uma conexão, entende essa postura, esse propósito.

O que importa não são as simbologias.

O que importa é agir com o coração!

Menino olhando para as montanhas.

Pois, de um momento para o outro, tudo pode mudar.
Se nada é para sempre, nem nós somos.
O tempo passa.
As oportunidades também.

Ter calma e compreensão ajuda muito, pois elimina dúvidas e receios, e traz confiança e certezas.

Enquanto a vida flui, descobrimos respostas e inspiração nos aprendizados, e quanta gratidão por isso!

Quando ficamos desconcertados, ou surge dor, ou sentimos o peso de algum desconforto, é porque somos seres de verdade, que dentro de nós existe uma consciência.

O legal é que ao nos permitirmos viver, tornamos a vida mais leve.

Tudo importa.

Importa querermos ficar a sós.
Importa querermos ficar juntos.
Nós somos tudo.

Somos alegria!
Somos felicidade!
Somos todos um.

Nós somos os nossos momentos.

Nós somos os momentos do fim, do começo, e do recomeço.

Mulher negra sorrindo com borboletas voando ao redor dela.

Ser é tão simples!

Não importa o que temos e o que não temos.

Somos a troca, somos o compartilhar, somos o dividir e multiplicar.

Se importar de maneira superficial, por interesse, por obrigação, existe.

Existe também importar valorizar quem te reconhece, e daí o cuidar.

Cuidar de quem cuida da gente, quem cuida de você, porque o resto não passa de apenas mera superficialidade.

Importa saber receber, e, tão importante quanto, saber que somos o que oferecemos e damos uns para os outros.

O que importa é se reinventar.

Com as dificuldades, surgem as possibilidades.
Além de voar, o que realmente importa?
Importante é o amor.
O que realmente importa é amar.
Amar incondicionalmente.

Ame!

Gratidão! Namo Amituofo! Namastê!


Você pode gostar de outro artigo desse autor. Acesse: Pense nisto: Tornar os sonhos realidade!

Sobre o autor

Euclydes Zanon Filho

Euclydes Zanon Filho

Eu sou Euclydes Zanon Filho, formado no curso superior em Gestão de Serviços. Participo de treinamentos de desenvolvimento pessoal e comportamentos. E escrever é uma forma de dividir a luz interior, o meu resgate é contínuo, o meu despertar é diário, e é incrível!

Contatos:
https://www.facebook.com/DespertarRenovarSeguir
Contato: (11) 99394-0100
E-mail: [email protected]