Autoconhecimento Comportamento Espiritualidade

O trabalho dos sonhos

Homem deitado na cama, dormindo, com roupas sociais de trabalho.
Allan Lucena
Escrito por Allan Lucena

Olá, acompanhante do Eu Sem Fronteiras, tudo bem com você? Hoje venho contar sobre o trabalho que fazemos enquanto dormimos no plano material.

Para muitas pessoas, essa será a resolução de um velho problema: faço tudo certinho no meu dia e durmo tempo o suficiente a noite, mas sempre acordo cansado. Não entendo!

A razão é simples: você está trabalhando enquanto dorme. Só que fazemos muito mais além de trabalhar.

Mulher dormindo em cima de uma mesa, com a cabeça apoiada sobre o braço e cercada por vasos de plantas.

Se você assistiu ao filme Avatar, do James Cameron, teve uma boa ideia de como funciona nossa “vida” quando dormimos. Claramente não é fechar os olhos aqui e abrir no mundo espiritual, com outro corpo e a mesma mente, isso seria incrível, mas extremamente cansativo para qualquer um. Nossa consciência está aqui no 3º plano e na dimensão da realidade, enquanto nossa alma está em todos os lugares. E é ela quem trabalha, estuda, experimenta, cria e se desenvolve, tanto na nossa experiência encarnados, como nas experiências que temos fora do corpo. Por enquanto não é necessário explicar as dimensões, já que são infinitas as possibilidades e nos perderíamos facilmente do foco. Basta dizer que além de nossa vida terrena, temos uma alma hiperativa e em constante desenvolvimento.

Ao dormir e deixar que nossa consciência descanse neste corpo material, nossa alma está livre para navegar o incrível universo que existe além do céu e da terra que estamos acostumados e, neste momento, não com um corpo, mas com a alma, nós trabalhamos em nosso desenvolvimento para criar mais possibilidades para nossa realidade ou as diferentes realidades que podemos influenciar. Podemos caminhar por diferentes planos e sanar dúvidas que estavam atormentando nosso dia a dia (você já foi dormir em dúvida e acordou com a solução, não é?), podemos fazer um trabalho voluntário em outro planeta ou em diferentes planos espirituais para contribuir com o bem maior, podemos fazer trabalho pesado em resgates de pessoas no Umbral ou prisões astrais, podemos inclusive ser guerreiros em diversas batalhas que acontecem entre o bem e o mal ou entre facções diferentes que existem por aí. Se você puder imaginar uma tarefa diferente, sim, será uma possibilidade para alguém em algum canto do universo.

Por quê isso acontece, afinal?

Pessoa na rua de uma cidade, cansada, esfregando os olhos com as mãos.

Porque ao contrário do que pensamos, nossa alma não precisa de descanso, fora do nosso corpo físico não existe cansaço, doença ou desânimo, temos toda a energia do mundo ao nosso dispor e uma força de vontade enorme para colocá-la em prática, criar e desenvolver tanto a nós mesmos, como o universo. De onde vem a vontade do ser humano de inovar e criar novidades, desenvolver tecnologias mais e mais avançadas? Da nossa alma, é claro.

Um desejo que vem de todo nosso ser, que ninguém sabe explicar! Não se pode explicar porque não é “de dentro”, é da totalidade do nosso ser, tão gigante quanto o universo em que vivemos e cabe dentro de nosso minúsculo corpo terreno, ao mesmo tempo que não caberia em 3 universos inteiros se fosse desencapsulado. Daí vem nossa criatividade e ansiedade por um mundo melhor. Isso se não for ainda mais além! Eu acredito que não temos a necessidade de saber exatamente de onde vem ou o tamanho que tem nossa alma, já que ainda sabemos tão pouco sobre ela. Aliás, falarei mais e mais sobre nossa alma e nossa relação com ela, mas tudo ao seu tempo.

Você também pode gostar

Tempo, inclusive, para a alma e para nosso trabalho durante os sonhos, tem seu próprio tempo. Nada é exatamente certo quando falamos de tempo sob um ponto de vista espiritual, mas passamos o equivalente a dias do nosso tempo em um “sonho” de 30 minutos se for necessário. Especialmente os cochilos no sofá de fim de tarde, são momentos em que nossa alma está mais ativa e nosso descanso é mais proveitoso, maravilhosos, mesmo quando nos deixam um pouco “quebrados”. Acreditamos que cochilamos de mal jeito, pois essa é uma excelente desculpa para justificar um trabalho pesado no mundo dos sonhos.

Ao passo que respondo algumas perguntas e dou voz a alguma curiosidade de muitos estudantes de espiritualidade e de outros planos, tenho a certeza de despertar mais e mais dúvidas. Lembre-se do tempo e entenda, tudo ao seu bom tempo. Responderei mais dúvidas e continuarei a compartilhar com vocês mais informações sobre os planos e realidades além da nossa, tanto aqui como no meu canal do YouTube: Sábia Gratitude e também no blog www.sabiagratitude.com.br.

Mulher deitada na cama de barriga para baixo, dormindo.

Qualquer pergunta ou curiosidade, por favor deixe nos comentários e vamos cada vez mais desvendando os mistérios da espiritualidade e desmistificando o conhecimento para nos libertar da “Matrix” sem precisar quebrá-la, pois até mesmo a Matrix é necessária.

Sábia Gratitude para todos.

Sobre o autor

Allan Lucena

Allan Lucena

Olá, eu sou Allan Lucena, terapeuta holístico especializado em ThetaHealing e Reiki, com uma caminhada muito plural e interessante. Especialmente porque amo estudar!

Estudo espiritualidade, a busca pela verdade, desde os 11 anos de idade e nestes 20 anos de estudos, apesar de alguns amigos me darem a dica, nunca me interessei pelo caminho das terapias curativas, me interessava mais por descobrir as verdades ocultas e os mistérios insondáveis do Universo. Tanto estudo e tanta dedicação para descobrir que o Criador e nosso Universo nos dão todas as respostas quando simplesmente nos tornamos amigos do nosso ego e pedimos com humildade ao nosso Eu Superior.

Comecei meus estudos, desde muito cedo curioso, sobre religião e espiritualidade, que acreditava serem inseparáveis, para então descobrir que Deus não está na religião e, sim, em nossa conexão com ele, ou com o Criador de tudo que é, como falamos no ThetaHealing. Até que eu chegasse no ThetaHealing, estudei cristianismo, hermetismo, budismo, umbanda, wicca e muitas culturas mitológicas, que me levaram então a buscar e entender a filosofia e a física quântica, que finalmente abriram caminho para um estudo mais aprofundado e desmistificado sobre a espiritualidade.

Tudo é energia, energia é o Criador e todos nós estamos conectados com o Criador, fechando bem o ciclo da vida e elucidando minhas principais questões a partir do ponto em que eu me conectei mais conscientemente com Ele.

Desde adolescente eu digo e repito:

“Quando a ciência, a religião e a espiritualidade andarem juntas, aí, sim, evoluiremos e transcenderemos nossa realidade.”

Estamos fazendo exatamente isso hoje, a tecnologia (internet, computadores, celulares e tablets) está nos aproximando e possibilitando uma grande rede de luz e conhecimento a tomar conta do planeta, divulgando e ampliando cada vez mais informações que antes eram tratadas como ocultas, muitas vezes proibidas, para mais e mais pessoas.

Faço parte desta onda de luz e Amor incondicional que espalha cada vez mais felicidade e possibilidades mais elevadas para o nosso planeta e para o mundo.

Através do ThetaHealing®, uma técnica maravilhosa de cura e evolução espiritual criada por Vianna Stibal, que nos ajuda a entender e eliminar crenças limitantes que nos impedem de atingir nosso potencial mais elevado por meio do Amor incondicional do Criador. Assim podemos aprender sentimentos positivos e desenvolver crenças e aprendizados que levariam muito tempo em instantes. Fora inúmeros outros benefícios que explico com mais detalhes nas colunas sobre o Theta.

Também sou reikiano nível 2, formado no estilo Gendai Reiki Ho que segue a linhagem tradicional japonesa de Reiki do mestre Mikao Usui. Por meio do Reiki, proporcionam-se o equilíbrio das energias e a cura através da imposição das mãos, transmitindo a energia universal para todo o corpo.

Costumo dizer que por enquanto eu sou Allan, mas logo, logo serei outras coisas e outras pessoas, como também já fui em outras encarnações. Pois nós experimentamos por meio de nossas inúmeras vidas as inúmeras realidades.

Enquanto sou Allan, trabalhei em empresas grandes e saí do mundo corporativo para ser terapeuta, depois de criar e manter dois blogs sobre Arte e Espiritualidade (links abaixo), escrever meu próprio livro sobre o Amor (“Ensaios Umikizu”, com tiragem esgotada, por enquanto), trabalhar cinco anos com teatro musical, canto e performances, ou seja, vivendo intensamente!

Enquanto você for você, continue fazendo seu máximo, seu melhor, para evoluir e experimentar cada vez mais este mundo e a realidade onde está inserido, pois hoje é isso que você é e o que você tem. Hoje, para mim, isso basta, mas continuo criando minha realidade e experimentando cada vez mais as possibilidades que ela me oferece todos os dias enquanto eu estou por aqui.

Vamos juntos?

Eu sou Allan Lucena
Sábia Gratitude e um abraço amoroso.

Contatos:
Email: allan@sabiagratitude.com.br
Site: sabiagratitude.com.br
Site: linktr.ee/sabiagratitude
Facebook: facebook.com/sabiagratitude/
Instagram: @sabiagratitude
Twitter: @pandumiel
YouTube: Sábia Gratitude
Linkedin: Allan Lucena