Linguagem do Corpo Saúde Integral

Oração do Perdão por Cristina Cairo

Homem orando
Andy445 / Getty Images Signature / Canva
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Perdoar alguém por algo ruim ou desagradável feito a nós ou a pessoas próximas é considerado, na maioria das vezes, como um ato nobre e elevado na escala humana. E por mais difícil que seja conceber a desculpa e a conciliação de desafetos e intrigas, dignas de provocações, como ação simples e tranquila de ser realizada, essa é uma atitude de libertação emocional poderosa, capaz de deixar o coração bem mais leve de pesos emocionais que não nos levam a nada e que contribuem apenas com o mal-estar.

Um bálsamo para a alma, a missão do perdão carrega em si o esvaziamento de cargas negativas que já não servem ao nosso desenvolvimento como seres que cometem erros, aprendem, sofrem e evoluem. Uma vida baseada em ressentimentos e sede de vingança colabora somente com a aparição de doenças e complicações à saúde, principalmente, a parte cardiovascular. Ceder ao outro, com consciência, o benefício de se desprender daquilo que ficou para trás é um ganho para ambas as partes.

Além de cultivarmos relações mais sinceras, prazerosas e saudáveis, abertas ao aprendizado e ao melhoramento do nosso crescimento como coletivo, o perdão tem a capacidade de reduzir o estresse, ajuda na manutenção da pressão arterial e no fortalecimento dos sistemas imunológico e metabólico, auxiliando também no controle da ansiedade e da depressão. Estudos da medicina comportamental afirmam que quem não perdoa, libera, em maior frequência, hormônios capazes de prejudicar o corpo e a mente.

Homem com o braço erguido para o céu orando
Fadyukhin / Getty Images Signature / Canva

Novas oportunidades, novos rumos, caminhos e experiências são algumas das vantagens encontradas no perdão, em adição às outras benesses citadas anteriormente. Raiva, ódio, rancor, mágoa, sentimentos de baixa vibração prejudicam a nós mesmos e ao nosso organismo. Perdoar é agir com fé, levar a vida com base no amor, no autoconhecimento, e na busca pela cura de dores e tristezas que nos impedem de seguir em frente, mais saudáveis e felizes.

Aprenda a oração do perdão, da professora e escritora, Cristina Cairo, e a utilize como ferramenta complementar em seu processo de transformação. Em seu livro, Linguagem do Corpo 2, a terapeuta reforça a necessidade de realizar a oração de maneira verdadeira, de acordo com aquilo que ressoa em nosso coração. A indicação é para que ela seja feita no período da noite, quando o subconsciente se encontra suscetível a uma melhor absorção das emoções.

Eu perdoo você, por favor, me perdoe.

Você nunca teve culpa,

Eu também nunca tive culpa,

Eu perdoo você, me perdoe, por favor.

A vida nos ensina por meio das discórdias…

E eu aprendi a lhe amar e a deixá-lo(a) ir de minha mente.

Você precisa viver suas próprias lições e eu também.

Eu perdoo você, me perdoe, em nome de Deus.

Agora, vá ser feliz, para que eu seja também.

Silhueta de mulher orando sob por do sol
Zyabich / Getty Images / Canva

Que Deus o(a) proteja e perdoe os nossos mundos,

As mágoas desapareceram de meu coração e só há luz e paz em minha vida.

Quero você alegre, sorrindo, onde quer que você esteja…

É tão bom soltar, parar de resistir e deixar fluir novos sentimentos!

Eu perdoei você do fundo de minha alma, porque sei que você nunca fez nada por mal,

E sim porque acreditou que era a melhor maneira de ser feliz.

Perdoe-me por ter nutrido ódio e mágoa por tanto tempo em meu coração.

Eu não sabia como era bom perdoar e soltar; eu não sabia como era bom deixar ir o que nunca me pertenceu.

Agora sei que só podemos ser felizes quando soltamos as vidas para que sigam seus próprios sonhos e seus próprios erros.

Você também pode gostar

Não quero mais controlar nada, nem ninguém. Por isso, peço que me perdoe e me solte também, para que seu coração se encha de amor, assim como o meu.

Texto baseado no livro de Cristina Cairo:
Linguagem do Corpo 2 – O que seu corpo revela

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br