Autoconhecimento Yoga

Pratique

prática
Juliana Ferraro
Escrito por Juliana Ferraro
Nessa semana, eu estava conversando com uma pessoa superespecial para mim. Ele fez vários cursos de yoga na Tailândia. Três módulos, para ser mais exata. Essa escola segue a linha mais do tantra. Eles falam que tem que ficar muito tempo em cada postura para fazer efeito. Eu pratico Ashtanga. É um pouco diferente. Tem a série fixa. Fica em 5 respirações a cada postura.

Daí ele me falou que eu deveria estudar mais de Hatha Yoga, para poder comparar com o Ashtanga.

O que eu sinto agora é que já me abri para experimentar vários tipos de yoga, várias técnicas de meditação. No começo do caminho espiritual, eu sinto que é importante e faz parte não ter foco em uma prática só e se deixar experimentar para poder saber o que realmente combina com você. Eu pratiquei e experimentei muito, fiz a formação em Hatha, na Índia, bebi da fonte mesmo. Mas depois de me conectar com diferentes técnicas, eu encontrei o meu caminho e agora é o momento de focar e me tornar boa no que eu gosto de fazer. 

prática

É hora de ter foco!

E o que eu sinto mesmo é que não importa qual seja a sua prática espiritual, pode ser rezar, pode ser cantar, meditar, posturas… Seja ela qual for, não tem uma que é melhor do que a outra. Desde que seja feita com propósito, coração, presença e que te torne em uma pessoa melhor. 

Eu não gosto mais de discutir qual tipo de prática funciona ou não. Aqui, eu quero só colocar um ponto muito importante: faça o que for, mas pratique! O que você escolher, pratique. Sempre. Construa a sua disciplina pessoal e mergulhe de cabeça

 

Não adianta nada falar da teoria, do conceito de qualquer prática que seja. Discutir teoricamente o alinhamento. Vai lá, faz a sua. E ponto.

E que cada um possa encontrar o seu caminho. O meu único desejo sincero é que cada pessoa desenvolva uma prática de conexão com algo maior e que possa expandir essa energia e criar um campo em torno de si, algo que possa ser de melhor convivência entre nós e a Terra e entre nós mesmos, humanos.

Experimente. Encontre sua estrada. E vai.


Você também pode gostar de outro texto da autora: Yoga ajuda a pratica de esportes!

Sobre o autor

Juliana Ferraro

Juliana Ferraro

Juliana Ferraro é psicóloga por formação e viajante por amor às coisas novas da vida. Seu contato com diferentes línguas e culturas começou quando ela ainda trabalhava no Club Méditerranée, depois disso fez um mochilão pelo mundo em busca de autoconhecimento. Em pouco mais de 1 ano conheceu diversos países asiáticos, em especial a Índia, onde fundou uma paixão profunda pelo Yoga e pela meditação. Hoje, ela é professora de Yoga e terapeuta reikiana em Paraty, RJ.

Contatos:

Facebook: /juliana.ferraro | /lotusviajante
Instagram: @ferrarojuju | @lotus_viajante
Site: www.lotusviajante.com | www.casadodharma.com
E-mail: [email protected]