Autoconhecimento Comportamento

Recomeçar… Um bom começo de nova vida – Capítulo 2

Capa do livro "Recomeçar... Um bom começo de nova vida".
Benedito Milioni
Escrito por Benedito Milioni

Capítulo 2 – QUANDO PROTAGONISTA E DIRETOR DE CENA SÃO A MESMA PESSOA

Precisava de uma espécie de arrancador para a lavra desse livro, cujo título e essência há muito estavam guardados num canto quieto da minha mente. Numa dessas navegadas despretensiosas pelo Facebook e sua miríade de imagens e mensagens que apenas passam diante dos olhos e logo são postas de lado, topei com a mensagem que encabeça essa página. Gostei muito dela e a guardei. E decidi usá-la mais para fechar o texto que por chamar a atenção na abertura. Aí mudei de ideia e, bem, ela está encabeçando o texto e confesso que ainda estou em dúvida sobre o melhor lugar para sua inserção. Chegaremos lá…

O livro foi avançando e resolveu sair da minha cabeça para as linhas desse texto e colocar-se a serviço dos (as) leitores (as) que possam, eventualmente, estar hesitando entre começar, recomeçar ou seguir recomeçando. Bem…creio ser melhor registrar o que vim evitando desde a letra “p” que começa a primeira palavra desse capítulo: muita gente não sai da primeira e última tentativa de recomeço apenas porque:

Homem com blusa social olhando pela janela, com a luz de fora refletindo em seu rosto.
  • Acredita que recomeçar é arma de um só tiro: disparado, errou…e sem chance de outro! Grande bobagem, coisa de filosofia de botecos ordinários…
  • Começa mal a história que vai escrever: nem sabe qual será o seu final. Bobagem maior ainda,porque ninguém chega onde não queira…
  • Atua num dado recomeço de forma burocrática, à semelhança de tudo que se faz… Por fazer. Bobagem das mais sem sentido, porque fazer por fazer é a mesma coisa que entregar a vida e suas possibilidades à repetição de erros e lhe retirar qualquer nuance de sabor.
  • Carrega sentimentos de culpa desnecessários, sequelas do recomeço infrutífero. E essa é grande e definitiva bobagem!
Homem e mulher, com roupas casuais, conversando em ambiente fechado.

Para um recomeço PARA VALER, sugere-se que a pessoa deixe de se punir e impedir o ser feliz, como fica evidente nas frases terríveis e dispensáveis:

“É…é complicado!”

“Não era para ser, então…”

“Que fazer né?…”

A primeira é a desculpa própria de quem não entende até porque a pipoca pula no óleo quente, além de ser clichê dos que usam o cérebro apenas para decorar inutilidades. Cada vez que ouço uma pessoa dizer “É…é complicado!” dá-me vontade de dizer que complicado mesmo é o desperdício de material genético…

Você também pode gostar

A segunda é a justificativa que acalma qualquer sentimento ruim que tenha sobrado de uma ou outra tentativa sem força, sem viço e que, é claro, não resultaram em nada mais que nada ou em mais desesperanças combinadas com nutridos sentimentos de fracasso …

A terceira frase é de lascar! Não existe rendição mais besta e sem graça do que o seu real significado. Meu amigo Batatinha, também conhecido como Luis Carlos de Almeida Chaves, o saudoso Batatinha, dizia para o sujeito que soltava essa lástima: “Já experimentou pular do vão livre da Ponte Rio/Niterói?” Sempre jocoso, em face do seu insuperável senso de humor combinado com inteligência cortante, o meu amigo deixava o interlocutor com cara de bocó e seguia adiante, murmurando: “Que cara desagradável!”

Homem de costas, de calça e capuz, andando sozinho no meio de uma estrada, no fim da tarde.

Para um recomeço PARA VALER, cabem melhor às frases:

“Agora vai, nem que a vaca tussa ou espirre a coruja!”

“Até agora foi treino, daqui pra frente é para valer!”

E a melhor delas: “Chega de ‘era uma vez’ e vamos para ‘é dessa vez!'”

Anterior Capítulo 2 Próximo

Sobre o autor

Benedito Milioni

Benedito Milioni

Graduado em Sociologia e Administração, 46 anos de carreira executiva e técnica em Desenvolvimento de Pessoas, autor de 32 livros, autor de 5 e-books, co-autor de 15 livros e autor de 25 manuais técnicos.

Dirigiu treinamento para mais de 3.349 grupos (cerca de 81.000 treinandos), dos quais 36.760 da área de RH, cerca de 24.736 Gestores e Líderes, 18.610 na área Comercial e 3.318 em Competências de Negociações . Formou cerca de 2.450 Instrutores e Multiplicadores Internos e 610 Consultores Internos Participa, regularmente, como conferencista sobre Tecnologia de Gestão em T&D em eventos nacionais e internacionais.

Apresentou mais de 2.104 conferências e palestras para mais de 200.000 pessoas. Prestou serviços a mais de 440 empresas, no Brasil e no exterior (América Latina, América Central, África e Europa). Júri de prêmios de Excelência na Gestão de Pessoas.

Publisher da GESTÃO DE PESSOAS EM REVISTA.

Contatos:

Av. Paulista, 2.202 , 3o. Andar CEP 01310-300 - São Paulo – SP
Site: www.milioni.com.br
Email: [email protected]
Telefone: 11 3508-1990 | 4158-7435 | 99909-5858
Facebook: www.facebook.com/bmilioni Linkedin: linkedin.com/benedito-milioni

Canal no Youtube