Autoconhecimento

Recomeçar

Mulher agachada em posição de largada de corrida
Giselli Duarte
Escrito por Giselli Duarte
Ao longo de nossas vidas, criaremos inúmeras oportunidades para recomeçar. Possuir a capacidade de iniciar novos ciclos faz de nós, seres humanos, seres iluminados pelo privilégio de recomeçar. Essa grande oportunidade nos eleva a um universo de infinitas possibilidades. Temos o livre-arbítrio para escolher.

Quando tomamos para nós a convicção de sermos protagonistas de nossa própria história, conseguiremos tomar melhores decisões  sobre as nossas escolhas, atitudes, comportamentos e pensamentos. Ao despertarmos para uma nova realidade, encerraremos velhos ciclos para recomeçarmos uma nova e virtuosa caminhada.

De fato, mudar os nossos rumos pode não ser uma tarefa tão fácil. Como tudo na vida, recomeçar exige de nós muita atenção. Para andar por novos caminhos e traçar rotas nunca antes percorridas, é preciso deixar de calçar velhos sapatos.

Os “sapatos” muitas vezes são as crenças, padrões de comportamento, atitudes, sentimentos e pensamentos limitantes. E recomeços exigem uma melhor versão de nós mesmos.

Quando nos permitimos fazer melhorias internas, levamos luz ao nosso eu, trazendo assim uma nova chance de nos reconectar com a nossa fonte. Com exercícios de auto-observação, podemos identificar aos poucos esses pontos a fim de nos tornarmos cada vez melhores em relação aquilo que queremos transmutar.

Recomeçar verdadeiramente requer fazer movimentos distintos dos quais estávamos habituados a fazer. Pois assim como já dizia Albert Einstein: “Insanidade é continuar fazendo sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes.”, que possamos aproveitar esse momento para fazer um balanço de nós mesmos. Fazer anotações poderá ser bem efetivo nesse processo.

Recomeçar

Você também pode gostar:

Como nos sentimos com relação ao nosso estado atual, verdadeiramente? 
O que conquistamos até aqui e o quão positivo essas conquistas foram em nossas vidas?
Quanto de “amor-próprio” temos e praticamos por nós mesmos? 
Quanto de amor e atenção compartilhamos com o nosso próximo?
Quanto, até aqui, contribuímos por um mundo melhor? 
Podemos acrescentar quantas perguntas mais forem necessárias para esse processo.

Assim também, do outro lado da folha, podemos responder o que queremos daqui para frente. 

Recomeçar

O que exatamente nós queremos para as nossas vidas, daqui em diante?
O que queremos conquistar e o quão positivos queremos nos sentir em relação a isso? 
Quanto de “amor-próprio” praticaremos por nós mesmos?
E o que faremos para nos amarmos ainda mais? 
Quanto de amor e atenção compartilharemos com o nosso próximo?
Quanto mais vamos contribuir por um mundo melhor? 
O que queremos recomeçar? Por onde vamos recomeçar?

Podemos acrescentar aqui, também, quantas perguntas mais forem necessárias para esse processo.

Que possamos sempre nos questionar, nos autoavaliar e recomeçar com o peito aberto em todos os dias de nossas vidas. 
“Hoje melhor que ontem, amanhã melhor que hoje!” – Kaizen.
Vamos?

Sobre o autor

Giselli Duarte

Giselli Duarte

Marketing e Gestão por formação, Terapias Holísticas por amor. Estou sempre em busca de novos conhecimentos. Me aprofundo e estudo cada vez mais sobre esse universo maravilhoso de infinitas possibilidades que são as Terapias Integrativas:

✺ Yoga;
✺ Meditação;
✺ Thetahealing;
✺ Reiki Master;
✺ Aromaterapia;
✺ Shiatsuterapia;
✺ Ventosaterapia;
✺ Moxaterapia;
✺ Magnetoterapia, entre outros.

HARI OM

Contatos:
Email: [email protected]
Site: : giselliduarte.com.br I insighttimer.com/giselli/
Facebook:: @giselli.d
Instagram : @giselli.d
Twitter : @gisellidu
Linkedin : Giselli Duarte