Comportamento Convivendo

Seja você um incentivador de pessoas

Amigos comemorando
Giselli Duarte
Escrito por Giselli Duarte

Dentro das redes sociais e fora delas venho percebendo um movimento estranho. As pessoas estão se acostumando a atacar de forma gratuita ou a contar vantagens sem nem mesmo terem sido chamadas para tal. Por isso, decidi escrever sobre um assunto que anda um pouco esquecido: a arte de incentivar as pessoas.

Quando alguém compartilhar algo com você, seja aquele tipo de pessoa que vibra junto.

Comemore as alegrias, parabenize as conquistas e mostre-se otimista com aquele que compartilha suas vitórias com você, afinal, alguém te procurou para te confidenciar.

 

Celebrando a conquista de um amigo em forma de incentivo

Só não seja aquele tipo de gente que nessas horas quer mostrar que o seu cavalinho é maior e começa a contar vantagens sobre si mesmo, esquecendo que esse é o momento do outro.

Toda vez que encontrares alguém que esteja se abrindo e queira desabafar, seja aquela pessoa que mantém a escuta ativa. Mostre que se importa. Tenha empatia. Seja ombro amigo.

Só não seja aquele tipo de gente que nessas horas quer mostrar que os seus problemas e dificuldades são maiores e mais importantes que os dos outros.

Caso alguém o procure para compartilhar seus planos e objetivos, seja aquele tipo de pessoa que se mostra interessada. Sinta o brilho nos olhos do outro. Seja envolvido pela motivação que o outro tem de ser melhor e buscar o seu lugar ao sol.

Só não seja aquele tipo de gente que crítica o sonho alheio, projetando suas percepções ou desencorajando alguém, só porque para você fluiu diferente.

 

Por favor, não!

O mundo já tem críticos e competidores demais. Mude a sintonia. Troque essa rádio.

Abaixe a retaguarda e entre na vibração da empatia.

Esteja presente e seja lembrado pelo seu gesto gentil e amoroso, independentemente de qualquer situação. As pessoas lembrarão de você com mais amor e gratidão.Silhueta de pessoas

Seja aquele tipo de pessoa que tem a vibe gostosa e que todo mundo quer ter por perto. Essa moda de querer se mostrar o melhor e ser o sabe-tudo-centro-das-atenções já caiu por terra faz tempo.

Ajudar quem precisa muitas vezes está relacionado a ouvir e a oferecer um abraço; celebrar junto aquele momento tão especial e particular, sem julgamentos. Podemos começar a fazer desse mundo um lugar muito melhor, a partir da mudança de paradigmas. Relaxe e viva mais leve. Essa mudança fará bem para você e para o mundo ao seu redor.

“Mais amor, por favor!” Ass.: Universo.


Você também pode gostar de outros artigos desse autor. Acesse: Documentários da Netflix para expandir a consciência

Sobre o autor

Giselli Duarte

Giselli Duarte

Olá,

Eu sou a Giselli, um ser em constante evolução. Na verdade todos somos, não é mesmo?

Sou graduada em marketing e amo trabalhar nessa área. Sempre gostei da parte estratégica, e por isso decidi fazer um MBA em gestão estratégica de negócios.

Sempre que posso, estudo e aprendo algumas técnicas, tanto em cursos quanto por conta própria. Desde assuntos relacionados à minha área de atuação a temas sobre autoconhecimento e desenvolvimento espiritual. O bichinho da curiosidade habita em mim.

Contatos:
Email: [email protected]
Instagram : @giselli.d
Twitter : @gisellidu
Linkedin : Giselli Duarte