Convivendo

Cães: amizade eterna

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Falar sobre relações humanas é sempre muito difícil. Repletas de imprevisibilidade, os seres humanos mentem, trapaceiam e buscam tirar vantagem em tudo. Logicamente nem todos são assim, porém, infelizmente, a raça humana está longe de ser a mais confiável do planeta. Seja pelas decepções ao longo da vida ou pela companhia mais do que fiel, muitas pessoas criam laços muito forte com animais de estimação, principalmente os cães.

Animais nos trazem o dever de zelar e amá-los, diferente dos bens materiais.

Quem tem ou teve a oportunidade de ter um cachorro sabe todas as responsabilidades que eles trazem para nós. Alimentação, veterinário, limpeza e outros fatores dão trabalho e custam dinheiro, mas valem a pena. É um equívoco dar um cão para alguém como presente. Um absurdo tão grande quanto seria presentear alguém com uma criança. Diferente de um objeto, os animais nos trazem o dever de zelar e amá-los, diferente dos bens materiais que podemos simplesmente trocar ou guardar quando enjoarmos.

Assistindo os noticiários, algumas vezes vemos notícias de ataques de cachorros contra seres humanos. De maneira superficial e até mesmo ignorante, algumas pessoas culpam os cães por esse comportamento. Se isso fizesse o mínimo sentido, nenhum ser humano poderia andar livre pelas ruas devido aos indivíduos que cometem crimes e agem com violência. Da mesma forma que a má conduta de alguns acaba gerando insegurança para todas as pessoas, o mesmo se diz em relação aos cães. Se dermos carinho, zelo e educarmos adequadamente, nenhum mal será causado a ninguém, o mesmo vale para os cães.

O único problema dos cães, e isto vale também para qualquer animal de estimação, é que geralmente eles vivem menos do que nós. Como dói vê-los partir e seguir a vida sem eles A dor é equiparada a perda de uma pessoa querida! A única diferença dos cães para outros animais é que eles são muito próximos às pessoas, enquanto outros bichos de estimação, como gatos, são mais independentes. Sem juízo de valores, cada característica tem sua vantagem, mas essa proximidade dos cães com as pessoas costuma fazer muito bem, principalmente àqueles que vivem sozinhos e não tem uma companhia humana.

Ter um cachorro em nossas vidas nos deixa mais pobre financeira, mas faz muito bem à nossa alma. É como ter um amigo para a vida toda e que podemos ter a certeza de sua companhia e fidelidade. Uma pena que nem sempre os humanos retribuem com a mesma generosidade à amizade oferecida pelos cães. Aproveite o seu coleguinha de quatro patas enquanto pode, assim, quando chegar a hora da partida, o carinho da saudade seja superior a dor do arrependimento do que poderia ser feito para tratá-lo melhor.


Escrito por Diego Rennan da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]