Energia em Equilíbrio

Significado das portas segundo o Feng Shui

Batedor de porta em metal velho. Porta de madeira.
Karis Brito
Escrito por Karis Brito
Segundo a técnica chinesa de harmonização dos espaços – o Feng Shui –, as portas têm um grande valor simbólico. Representam o início de um espaço; acolhem quem está fora. Definem acessos e comunicações.

As portas são importantes, pois são a entrada da energia para um ambiente. Quando o fluxo energético que entra é constante, harmônico e equilibrado, podemos dizer que os seus ocupantes estão bem, gozando de boa saúde, com bons relacionamentos e prosperidade na vida. Entretanto, se as portas estiverem bloqueadas ou com problemas, podem afetar negativamente a saúde dos moradores do imóvel, além de outros aspectos da vida. 

Aqui vão alguns exemplos de portas que podem prejudicar a vitalidade e a qualidade de vida dos moradores:

Porta de madeira antiga, Duas portas. Visão de frente.

Portas que abrem com obstrução, que rangem, difíceis de abrir, com problemas nas dobradiças e nas maçanetas podem significar tendências patológicas nos ocupantes da casa.

Portas na diagonal, no Feng Shui, não são favoráveis, pois podem gerar dificuldades inesperadas; o seu ângulo “deforma o chi” (ou seja, a energia). Para “curar”, o ideal é que se nivele a porta ou que ela seja corrigida estruturalmente. Outra opção é colocar uma bola de cristal facetada de 40 mm para dentro e outra do lado de fora da casa (de preferência, pendure-as com uma fita/fio vermelho e sempre numa posição abaixo do batente da porta).

Uma quantidade excessiva de portas numa área pequena desperdiça e divide a energia em muitas direções. Uma forma de corrigir é colocar um sino de vento de bronze ou de latão no teto, no centro do corredor.

Série de três portas, uma na sequência da outra: a energia entra depressa demais, gerando desequilíbrio, que pode proporcionar relacionamentos tensos, problemas de coração e vulnerabilidade no trato intestinal. A solução é colocar uma bola de cristal facetada de 40 mm com fio vermelho (abaixo do batente) em cada vão para reduzir a velocidade e equilibrar a energia.

Portas de vidro, especialmente as da entrada da casa, sugerem falta de proteção e vulnerabilidade. Para resolver essa questão, a ideia seria fechar a parte de vidro de alguma forma. Lembrando: jateá-las ou pintá-las não resolve o problema.

Portas desalinhadas (má oclusão) geram problemas de comunicação entre as pessoas, além de serem prejudiciais à saúde. Uma das formas de “curar” esse problema é usar espelhos na lateral da porta, fazendo com que elas se pareçam do mesmo tamanho e assim transmitam uma sensação de equilíbrio.

No caso de portas com folhas duplas, a sugestão é abrir as duas folhas regularmente ou trocá-las por uma porta de folha única.

Portas na mesma direção da janela dispersam muito rapidamente a energia. Nesse caso, use a bola de cristal facetada de 40 mm entre a porta e a janela.

Outra curiosidade: pelo Feng Shui, as portas representam as “bocas” dos adultos. O excesso de portas numa moradia pode gerar muitas discussões e divergências em função das diferentes opiniões.

Outro ponto: evite colocar “coisas” atrás da porta que obstruam ou atrapalhem a sua abertura total. 

Por isso, cuide das portas da sua casa! Elas precisam abrir completamente, estar bem lubrificadas e de preferência abrir para dentro dos ambientes.

Bibliografia de apoio:

  • Livro “Feng Shui – Harmonia dos Espaços”, autora Nancy SantoPietro, Ed. Nova Era
  • Livro “Feng Shui – O Poder de Atrair Harmonia e Prosperidade”, autora Silvana Occhialini, Ed. Benvirá
  • Livro Interior Design with Feng Shui, autora Sarah Rossbach, Ed. Penguin Arkana

Você também pode gostar de outro artigo desta autora. Acesse: Adeus ano velho, feliz ano novo!

Sobre o autor

Karis Brito

Karis Brito

Sou Consultora Holística de Interiores e proprietária da KAZA KARIS, uma empresa que nasceu com o propósito de ajudar as pessoas a cuidar do corpo, da mente e do espírito pelo equilíbrio e pela harmonia dos locais onde vivem.

Acredito que “a nossa casa é como a nossa alma, reflete a nossa essência e o nosso estado de espírito!”, por isso ao cuidar dos locais onde vivemos estamos zelando pelo nosso bem estar, por nossos relacionamentos – sejam eles afetivos ou profissionais – pela nossa saúde e pela nossa prosperidade. Por nossa qualidade de vida.

Para conseguir equilíbrio e harmonia nos espaços – e consequentemente nos seus habitantes – uso algumas ferramentas. São elas: Numerologia dos Interiores (conceito criado por mim para entender a energia dos espaços), o Feng Shui (técnica chinesa milenar de harmonia dos ambientes), a Aromaterapia e a Cromoterapia.

Aplico essa ferramentas: em projetos de interiores, em consultorias de decoração, em análise energética do imóvel, na organização dos espaços (Personal Organizer) e na consultoria de imagem pessoal.

_________________________________________________________________________

Designer de Interiores – formada em Design de Interiores pela Escola Panamericana de Arte (SP).

Consultora de imagem Pessoal – formada em Consultoria de Imagem pela Escola Panamericana de Arte. Formação dada por Lilian Riskalla, uma das pioneiras e mais conceitudas consultoras de imagem pessoal e corporativa do Brasil.

Consultora de Feng Shui – formação dada por Silvana Occhialini, uma das mais conceitudas consultoras de feng shui do Brasil.

Estudiosa de Numerologia e criadora do conceito Numerologia dos Interiores.

Personal Organizer – formada pela IAP Carrer College (instituição americana).

Ex-executiva da área de marketing.

Email: [email protected]
Site: kazakaris.com.br
kazakaris.wordpress.com
Facebook: kazakaris
Instagram: @kazakaris2709