Autoconhecimento Convivendo Espiritualidade

Ter alguém com quem conversar

Jaq Silva
Escrito por Jaq Silva

Nessa jornada de expansão espiritual, a cada dia vamos nos elevando mais com as descobertas e percepções que vamos encontrando pela frente e ficamos encantados e admirados com os novos caminhos. Cada nova percepção é uma alegria, nosso peito se enche de graça e gratidão e tudo é maravilhoso e perfeito.

Sair da matrix é um processo que envolve a ruptura de muitos padrões sociais, significa sair do automático, enxergar a nossa realidade com outros olhos; os olhos da alma, da consciência, do coração; é algo que vai contra as convenções sociais, é algo fora da curva; o que antes fazia sentido, agora é questionado se vai de encontro com o que anseia a nossa alma; não há obrigações e nem certo ou errado, apenas desafios a serem solucionados para o enriquecimento do nosso propósito.

Tornamo-nos diferentes porque passamos a agir de um modo mais conectado com o sentir. Encontrar alguém que esteja nessa mesma sintonia, nessa jornada, é algo engrandecedor e gratificante, que enche nossa alma de calor humano, afinal eu cresço e aprendo com o outro, e poder compartilhar experiências e descobertas é milagroso.

É sublime quando temos alguém ao nosso lado para compartilharmos essas sensações, essas descobertas; alguém com quem possamos refletir sobre essa “nova Terra”, falar de frequência, yoga, meditação, alimentação, ego… É muito bom poder compartilhar com alguém nossa jornada de elevação e descobrimento.

Homem e mulher, ambos brancos, praticando yôga em uma praia paradisíaca, observando o mar

Ter um companheiro de jornada espiritual nos mostra o quanto é gratificante lidar com pessoas com afinidades semelhantes, como é bom alimentarmos o outro ao mesmo tempo em que somos presenteados pelas trocas de experiências e como nossa jornada na Terra só faz sentido ao compartilharmos com o outro nossa vida.

É uma energia de união e compreensão que cresce toda vez que tomamos consciência que somos todos um e honramos o ser divino que habita em cada um.

É fascinante ver, através do outro, como somos amados e evoluídos e como cada ser tem em si força e coragem para lidar com os acontecimentos aqui nesse tempo e realidade.

Quando estamos disponíveis para o outro, nosso coração se abre e tudo é resolvido de forma simples, com graça e leveza!! Nossa alma é alimentada e nossa autoestima ganha valor.
Esse texto é uma forma de agradecer ao Universo pelas sincronicidades que ele põe em meu caminho e por ter me colocado em contato com uma pessoa desperta onde me sinto acolhida pela sua compreensão e compaixão ao ouvir minhas aflições, minhas conquistas e experiências. É bom poder partilhar o que sabemos e, ao mesmo tempo, sermos guardiões das dores e descobertas do outro, é bom poder ajudar o outro mesmo que seja ouvindo ou comentando sobre uma nova visão de algo que estava nos incomodando.

Desejo que você tenha um companheiro de jornada e descubra o real valor da amizade, da confiança e da compaixão.

Gratidão!


Você também pode gostar de outros artigos da autora: O que aprendi com a meditação

Sobre o autor

Jaq Silva

Jaq Silva

Nesse espaço vou comentar com vocês alguns dos métodos que venho testando nessa minha jornada para me conhecer melhor e quero compartilhar com todos minha experiência.Sintam-se a vontade para comentarem e trocarem experiências. Aguardo vocês!

Email: [email protected]