Convivendo

Tipos de violência contra mulheres

Shayenne Montalione
Escrito por Shayenne Montalione



Vamos falar um pouquinho de agressões a mulheres. A violência doméstica, assim como o relacionamento abusivo, não consiste só na agressão física como muitas mulheres e homens acreditam.

Violência não é só se houver chutes, tapas, socos ou qualquer forma física de agressão.

“Eu posso gritar, xingar ou ofender, são apenas palavras”.

Errado!

Segue abaixo os tipos de agressões:

1 – Restringir as ações ou decisões de uma mulher

“Na minha casa quem manda sou eu” ou “lugar de mulher é em casa cuidando de mim ou dos filhos”. Errado, lugar de mulher quem determina é ela!

2 – Gaslighting

É uma forma de abuso mental, distorcer os fatos e omitir situações para deixar a vítima em dúvida sobre sua memória e sanidade.

3 – Controlar ou oprimir

Obrigá-la a fazer apenas o que o agressor permite, proibi-la de sair de casa ou ter contato com determinadas pessoas.

4 – Ofensas ou humilhações

“Você é feia, está acima do peso, não se olha no espelho, não! Vai quebrar, homem nenhum vai te querer, vai morrer sozinha, pode ir embora, vai lá, sua isso ou aquilo.”

5 – Expor a vida íntima

Vazar fotos ou vídeos íntimos na internet.

6 – Controlar o dinheiro ou quebrar objetos

“O seu dinheiro é meu!”. Não, o dinheiro é seu, que batalhou para receber. Quer dinheiro? Trabalhe para ter, simples assim!

Ei, machão, abaixa o seu tom de voz e a sua mão, quem determina o lugar de uma mulher é ela.

Se o seu relacionamento se encaixa em algum dos itens acima DENUNCIE! Ligue 180 ou procure a DAM (Delegacia de atendimento a mulher) mais próxima. Por maior que seja a sua necessidade, denuncie, não permita que as agressões evoluam para um óbito.

Sobre o autor

Shayenne Montalione

Shayenne Montalione

Sou bacharel em Direito, assistente jurídico, experiência nas áreas de Direito de Família, Trabalhista e Consumidor.

Amante de uma boa leitura e da escrita.

E-mail: [email protected]