Pilates Saúde Integral Vídeos

Tire dúvidas sobre Pilates com o professor Maurício Zanetti


Pilates é um método muito conhecido hoje em dia. Inicialmente, o Pilates estava mais indicado para pessoas que apresentavam algum tipo de patologia e buscava treinamento específico para auxiliar no tratamento dessa patologia. Mas hoje isso já mudou. Não é só esse público que busca o Pilates. Hoje as pessoas buscam esse método para qualidade de vida, melhorar a postura corporal, buscam uma atividade diferenciada de uma musculação, por exemplo. A musculação, por exemplo, pode acabar sendo um pouco mais agressiva, correndo o risco de gerar lesões em função de posturas erradas durante a execução. Então, o Pilates traz mais segurança nesse tipo de exercício e também não deixa de trabalhar a parte muscular.

De forma geral, o Pilates é bastante conhecido por melhorar a postura e esse é um benefício bastante importante. Também há uma aumento da flexibilidade, trazendo uma postura melhor, mais conforto muscular com menos agressividade para as articulações. Você tem menos dor e menos esforços desnecessários, favorecendo seu dia a dia, desde a prática de uma atividade física até o seu dia a dia no trabalho mesmo.

E existe apenas uma modalidade de Pilates?

Existem vários tipos de Pilates, mas os mais conhecidos e os mais comuns são: o Mat Pilates, que é o Pilates no solo, sem aparelhos; o Pilates on the Ball, que é feito com uma bola e no chão também e o Estúdio de Pilates, que é executado com  aparelhos específicos para a prática do Pilates. Esse último é o tradicional, o mais conhecido e bastante eficaz, pela segurança e pela multi função que ele traz, seja pela quantidade de exercícios ou pelas patologias que consegue atender. O Pilates on the Ball é muito bom também, mas algumas pessoas têm maior dificuldade de se adaptarem pela questão do equilíbrio sobre a bola. O Pilates Estúdio, neste sentido, pode gerar uma adaptação mais tranquila.   

Existem barreiras para uma pessoa praticar o Pilates Estúdio?

Não existe nenhum pré-requisito. A pessoa pode, desde estar lesionada, como pode ter acabado de sair de uma cirurgia ou até pessoas com níveis diferentes de treinamento, aquelas que estão começando até aquelas com treinamento mais avançado. Tenho alunos que são avançados na musculação, só que estão buscando o Pilates por um outro objetivo, um outro enfoque, mas cada um tem o seu treino especializado, isso é uma coisa que o Pilates traz de diferencial, cada um tem o seu treino, cada um tem o seu exercício, cada um tem o seu objetivo.

Sabe-se que o Pilates trabalha as questões da respiração, da força, do equilíbrio, etc. Tem várias funções, como você descreveria cada uma delas?

A respiração no Pilates enfoca principalmente o controle abdominal em cima da respiração. Então quando você consegue exercer uma atividade coordenada, principalmente do Pilates, junto com a respiração, isso deixa o seu corpo mais preparado para aquele exercício, dá um controle melhor, um relaxamento na hora que precisa, a força na hora que precisa, a força só do que precisa. É com a  respiração que a gente consegue nutrir o organismo. Quanto mais conseguirmos absorver o oxigênio melhor será a oxigenação muscular, controlando a energia que o exercício pede. A respiração ajuda muito nisso, então se você respirar errado, às vezes você vai cansar mais rápido.

 

A questão do equilíbrio e força, o que você diria sobre isso com relação ao Pilates?

Você pensa no Pilates como uma forma para ter controle do seu corpo. Isso propicia um ganho de coordenação motora, coordenação motora fina, consegue ter um conhecimento melhor do seu próprio corpo, consciência corporal. Se você consegue fazer exercícios que envolvam equilíbrio, isso significa que está conhecimendo melhor seu corpo, então isso é importantíssimo. No dia a dia, no momento em que for fazer um movimento, se entender aquele movimento, vai acabar fazendo da forma correta sem perceber. Você acaba fazendo movimentos desnecessários ou errados em seu dia a dia que acabam gerando lesões e desconfortos.

Existe algum momento ou idade onde é mais adequado o início da prática do Pilates?

Não tem idade para começar, mas sim a necessidade!
Às vezes a pessoa precisa praticar por ter uma patologia, como já foi citado, mas às vezes a pessoa quer começar uma academia, se exercitar. Pode ser uma pessoa jovem que não quer começar com uma atividade que exige mais força de imediato, como a musculação, então ela pode buscar o Pilates para se preparar melhor para outras atividades. Você consegue colocar o Pilates no começo, meio ou fim de cada atividade, em qualquer idade. Não tem contra indicação…

O que esperar quando se começa a praticar o Pilates? O resultado vem em quanto tempo?

Na metodologia do próprio Pilates, o método criado por Joseph Pilates, ele diz que em trinta sessões o nosso corpo tem que estar mudado. Em trinta aulas você já tem que sentir e ver alguma diferença. Na teoria, ele diz que em dez sessões você sente a diferença, em vinte sessões você vê a diferença e em trinta sessões os outros já vêem essa diferença. Essa mudança se reflete no corpo, desde a postura até o tônus muscular, no condicionamento físico, na respiração, no controle do equilíbrio, na melhora do sistema cardiorrespiratório. Em trinta sessões você já vê um bom resultado.

Qual conselho você dá para quem pensa em iniciar o Pilates?
professores

Professor Maurício Miguel e a professora Nahomi Reis

Para quem está começando o Pilates eu falaria que, principalmente, nas primeiras aulas o professor também tem que te conhecer e você conhecer o professor, a metodologia do método do Pilates, que é totalmente diferente de outras atividades físicas. Então, não adianta ir para o Pilates pensando que é uma musculação, porque não vai ser. Vai ser necessária uma adaptação. Se a pessoa quiser pegar mais carga ela pode, porque é errada a ideia de que Pilates é exercício fraco,  leve, não pelo contrário, são só jeitos diferentes de fazer o corpo trabalhar. Ao invés de quilos, pesos, são molas que vão fazer a carga.

As primeiras aulas eu peço que o aluno tenha paciência para conhecer o método, também para a própria pessoa se conhecer e se adaptar ao método e, como qualquer atividade física, é preciso esperar. Não é de um dia para o outro que o resultado vai aparecer, mas terá um resultado com certeza, porque é um método muito eficaz, bastante difundido e cientificamente comprovado. Por isso, é preciso se dar o tempo para conhecer o método e se encaixar perfeitamente nele, esperar os resultados porque eles virão.

Sobre o autor

Mauricio Miguel Zanetti

Mauricio Miguel Zanetti

- É Educador Físico e Instrutor de Pilates Studio há 8 anos, com estúdio próprio.

- Graduado em Educação Física pela FEFISA - Faculdades Integradas de -- Santo André.

- Pós-graduado em treinamento personalizado

- Curso de formação em Pilates Studio

- Curso Avançado em Pilates Studio

- Personal Trainer

Email: [email protected]

Facebook: www.facebook.com/mauriciozanetti

Spazio Zanetti - Studio de Pilates
Rua Maranhão, 1257 - 1º Andar - S.Caetano do Sul/Sp (Estacionamento no Local)

Celular: (11) 97977-4841