Linguagem do Corpo Saúde Integral

Eczema em crianças: os pais podem ser o problema!

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras
Também conhecido como eczema atópico pode atingir, principalmente, as crianças. Trata-se de uma doença de pele que tende a piorar nos meses quem o frio é mais intenso. O eczema pode atingir pessoas de qualquer idade, mas é mais frequente durante a infância, onde atinge cerca de 5 a 10% das crianças. Ocorre vermelhidão em alguma região da pele, acompanhada de casquinhas e coceira intensa. Não é uma doença contagiosa e os médicos ainda tentam encontrar a sua origem. A coceira e irritação deixam as crianças mais vulneráveis a adquirir outros tipos de infecção por meio da pele. Além disso, o problema pode atrapalhar o sono e o rendimento escolar.

Cristina Cairo afirma em seu livro que o eczema em crianças é o reflexo de uma desarmonização entre os pais, onde a mãe alimenta uma raiva contínua contra o marido.

Eczema em crianças por Cristina Cairo

Este problema em uma criança significa que os pais estão vivendo uma relação desarmônica na qual a mulher nutre revolta contra o marido. Para que tanta revolta? Saiba que ela só prejudica. Deixe que as pessoas sejam elas mesmas. Alimente seu coração apenas de amor! É inútil perder tempo apenas com revoltas. Mentalize um mundo repleto de prazeres saudáveis para você e lute para consegui-lo sem entrar em atrito com seus opositores. Observe se você está exatamente no lugar em que deveria estar. Reflita e verifique se não está forçando uma situação desnecessariamente. Dê tempo ao tempo e passe a agir com mais naturalidade e sem ansiedade. Acredite que tudo vai melhorar e sinta antecipadamente em seu coração que tudo já melhorou. Só assim a felicidade que você procura se manifestará e, consequentemente, seus filhos serão saudáveis como reflexo dessa harmonia.

Respeite os superiores, sem orgulho, e aprenda com eles. Sempre aprendemos alguma coisa, principalmente se nosso coração for dócil e estiver em paz. No caso do marido e mulher, é necessário o equilíbrio do poder e a harmonia para irradiar energia positiva para os filhos.

Ser forte não significa resistir teimosamente. Ser forte significa soltar-se, confiante, em suas ideias, adaptando-se inteligentemente às ideias das outras pessoas. Principalmente às do cônjuge.

livro 1

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]