Comportamento

Transmutar o medo é o caminho!

Homem de mochila numa montanha.
Darren Tiumalu / 123rf

Quantas vezes deixamos de fazer algo por sentirmos medo? Quantas vezes o medo nos impediu de tomar importantes decisões na vida?

O medo é um sabotador de sonhos, um anulador da confiança e um repelente do amor, especialmente do amor-próprio. A função dele é apenas a de nos alertar sobre riscos e perigos que possamos correr em determinadas circunstâncias.

O medo cumpre sua função quando nos ajuda a desenvolver a prudência, que nos traz o sentimento segurança. No entanto, se o medo não for dominado, ele vira uma prisão mental, que paralisa nossos sonhos, enfraquece nossos pensamentos positivos e imprime o desespero em nossas atitudes.

Medo em excesso gera uma visão equivocada dos acontecimentos ao nosso redor e medo atrai mais medo, justamente porque emana a mensagem de insegurança ao Universo, instalando o caos e a sensação de total impotência diante da vida.

E se mesmo com medo decidirmos seguir em frente? Coragem significa agir com o coração, que é o portador de nosso propósito, a bússola de nossa jornada espiritual na Terra. E se, corajosamente, mesmo sentindo medo, aventurarmo-nos no desconhecido?

Silhueta de mulher na praia.
Slava / Unsplash

É possível que um grande medo seja transmutado em nossa maior aventura! A coragem é o atributo de quem ama verdadeiramente, pois quem ama não teme. As Sagradas Escrituras são sempre atuais:

No amor não há medo; pelo contrário, o perfeito amor expulsa o medo.”

(João 4:18)

As bem-aventuranças começam quando o nosso medo termina. As dores dão lugar à alegria, ao entusiasmo de contemplar um horizonte de luz e de infinitas possibilidades.

Emanemos ao Universo a plenitude que a felicidade nos proporciona, transmutando o medo em oportunidade de expandir a nossa mente diante dos desafios. Façamos da coragem o combustível de nossa alma!

Sobre o autor

Maria Cleide Pereira (MCSCP)

Maria Cleide da Silva Cardoso Pereira, ou Maria Cleide Pereira (MCSCP), é professora de língua portuguesa e especialista em gestão de pessoas. Estudiosa da psicologia analítica, é autora do livro "O universo simbólico da obra 'O Saci': um estudo junguiano sobre a obra infantil de Monteiro Lobato".

Fascinada pelas práticas integrativas e complementares, participou de cursos de massoterapia, reiki, medicina tradicional chinesa, fitoterapia, cristaloterapia, sistemas de curas vibracionais, entre outros.

Aquariana apaixonada pela humanidade, sempre acredita no melhor das pessoas. Seu propósito de vida é auxiliar o processo de expansão da consciência por meio do desenvolvimento integral dos indivíduos, aprimorando suas aptidões naturais, reconhecendo seus propósitos e fortalecendo suas competências, habilidades e atitudes.

Poetisa inspirada pela espiritualidade, imprime em seus versos e em sua prosa poética a linguagem do coração, convidando cada leitor e leitora a um profundo mergulho na própria alma.

A escritora é membro das seguintes academias literárias:

Academia Castanhalense de Letras

Academia Internacional da União Cultural

Academia de Letras da América Latina

Academia Literária Internacional de Poetas e Escritores

Contatos:
Email: [email protected]
Facebook: mariacleide.pereira