Autoconhecimento Coaching

Virada de ano, momento perfeito para AMAR

Vanessa Milis
Escrito por Vanessa Milis
Nos processos de coaching, utilizamos algumas ferramentas para tomada de decisão. Uma delas, bastante conhecida, é o AMAR (Abandonar, Manter, Adquirir e Realizar), que representa as quatro decisões que podem ser especialmente atualizadas nessa virada de ano e quando queremos dar “viradas” na nossa vida.

. Amar a si mesmo, como somos essencialmente e quem estamos nos tornando, da nossa essência mais pura até os progressos que já fizemos, é o pressuposto mais importante para qualquer passo que objetivamos dar.

Antes mesmo de destacar para você o que fazer para estruturar o AMAR, quero deixar claro que nenhum progresso feito por você até aqui é pequeno ou insignificante. Cada progresso é bastante relevante no somatório de conquistas que empreendemos no decorrer da vida, principalmente as conquistas não materiais. São elas que nos levam a alcançar níveis de realização independentemente do que temos. As conquistas imateriais nos tornam mais leves, positivistas, elevam nossa vibração e senso de gratidão e naturalmente nos conduzem às conquistas materiais.

“Essa sigla também diz respeito ao amor-próprio que devemos fortalecer para estruturar essas quatro decisões”

Muitas vezes nos equivocamos na relação entre TER e SER. Principalmente quando menosprezamos o TER, por associá-lo a algo antiespiritual. É claro que o SER, no sentido de expansão do autoconhecimento, senso de propósito e significado, é fator-chave para a felicidade. Só que o SER não anula o TER. Muito pelo contrário: nos habilita para alcançar e desfrutar mais e melhor daquilo que conquistamos.

O segredo está no equilíbrio entre SER e TER. Precisamos desejar ambos em proporções alinhadas, em harmonia com nossos valores, propósito e significado de vida, entendendo que não estamos sós e sempre temos algo de especial para doar para o mundo ao nosso redor. Seja uma forma de inspirar pessoas, recursos materiais ou técnicos para alavancar algum projeto ou obra com impacto social ou aquilo que nos propormos a fazer de acordo com nossas potencialidades, que dizem muito mais sobre o PORQUÊ de estamos aqui. É preciso ir além de sobreviver, como a maioria das pessoas faz. A vida merece ser VIVIDA. E, para viver de verdade, é preciso aprendermos a dar flores em vida. Quais as flores que você pode doar para iluminar jardins e a esperança do mundo ao seu redor?

Na virada do ano, institua o AMAR em sua vida. Abandone, mantenha, adquira e realize coisa novas no ano que está chegando!

Feita essa reflexão, podemos adentrar nas decisões do AMAR. Pegue lápis ou caneta, uma folha em branco (fazendo analogia à sua vida que todos os dias se apresenta assim, como uma folha em branco, esperando ser preenchida por você, a cada decisão que se torna uma atitude) e comece a descrever:

A – antes de saber o que queremos, podemos definir o que não serve para nós. No que você pretende dar um BASTA na sua vida? Relações vazias? Maus hábitos? Padrões negativos de pensamento? Autoexigência exacerbada? Modelos mentais limitadores e causadores de sofrimento? Essa lista é fundamental para os próximos passos;

M – o que você já conquistou que não abre mão? É importante destacarmos essa decisão, porque muitas vezes alcançamos patamares de competências, relacionamentos ou padrão de vida e, por descuido, colocamos a perder essas conquistas. Valorize o que tem, quem já se tornou, aqueles que estão aqui e agora ao seu lado e com quem sabe que pode contar e determine-se a manter, atentamente, nutrindo essas relações e conquistas;

A – o que percebe que precisa adquirir de hábitos, competências, habilidades e novos padrões de atitude? Com base em quê pretende agregar à sua vida essas escolhas? Elas estão de acordo com seus valores? Levam você para mais perto do seu ideal de vida no futuro? Seja criterioso, mas não exagere na dose. Seu plano de aquisição de competências, modelos de construção de relacionamentos e o que mais deseje adquirir, precisa ser administrado numa relação de tempo e espaço para não virar aquelas listas de desejos sem pé nem cabeça, tendenciosas a gerar mais frustrações do que realizações;

R – todas as nossas realizações nascem de anseios, relatados nos tópicos anteriores e manifestos em algum tipo de evento ou atitude. Na última letra do seu AMAR, você poderá pontuar eventos, atividades e até mesmo encontros que sirvam como “marcos” para seu novo momento. Nossa mente registra melhor aquilo que vivenciamos com forte emoção associada, portanto você pode determinar fazer aquele salto de para-quedas, a caminhada pelo Caminho de Santiago, o curso de mergulho, uma formação como ator ou atriz, aquela aula de instrumento musical ou seja lá aquilo que em algum momento tenha olhado e dito: “Eu quero muito isso”. Faça! Mas coloque data para isso. E, nos tópicos acima, estruture o que precisar fazer para colocar em prática os seus sonhos, em vez de mascarar seus desejos com desculpas, como falta de tempo, dinheiro ou apoio. Determine-se e faça acontecer! Você pode.

“E assim estruturamos nosso AMAR, percebendo que a vida tem muito a oferecer, dentre suas infinitas possibilidades”
Para vivermos o melhor dela, precisamos nos permitir, tomar decisões que decidirão o destino de cada novo dia e manter uma postura mental produtiva e saudável. A mente precisa de inspiração e de olhos atentos ao que registramos como nossas vontades mais presentes. Elas devem ser inegociáveis, até mesmo com nossa preguiça, baixa autoestima, descrédito por parte de terceiros (os famosos ladrões de sonhos) e o que mais aparecer para nos limitar.

Construa hábitos de altíssima qualidade, mudando-os sempre que surgir uma necessidade ou anseio novo. Jamais se limite, nem mesmo por critérios criados por você, muito menos por causa de expectativas ou meias verdades das pessoas do seu convívio. Se seu potencial é ilimitado, desbrave-o como um cientista voraz com fome de novas descobertas. Sua mente e nossa vida é como uma ciência fantástica e super abrangente, explore-a! Aproveite esse clima de virada para AMAR.

Sobre o autor

Vanessa Milis

Vanessa Milis

Fundadora e CEO do Instituto Realize, pesquisadora, escritora, palestrante e coach especialista em comportamento humano estratégico. Mulher "indesistível", dedicada ao propósito de despertar e habilitar a capacidade de realização do ser humano e disseminar a cultura da Realização Integral, que implica em potencializar as quatro dimensões ou inteligências do SER INTEGRAL: Inteligências Cognitiva (QI), Emocional (QE), Espiritual (QS) e Atitudinal (QA). Nos últimos 5 anos vem impactando centenas de vidas através da metodologia de coaching que estruturou e aplica no contexto de vida e no mundo dos negócios. Uma eterna aprendiz, que assim como cada ser humano, caminha atenta pela incrível jornada de valorização à vida e às relações humanas inteligentes e produtivas.

Contatos:

Facebook:

VM Coach: facebook.com/vanessamiliscoaching

Instituto Realize: facebook.com/institutorealize

Agenda de Eventos, Cursos, Formações: facebook.com/institutorealize/events

Manifesto do Instituto Realize: institutorealize.com.br/manifesto-instituto-realize

Instagram:

Pessoal: @vanessamilis

Instituto Realize: @institutorealize

Celular e WhatsApp: (48) 9188.5226 (Vanessa Milis)
E-mail: [email protected]
Skype: vanessa.milis