Autoconhecimento Psicapometria

Você não precisa ser forte!

Paulo Tavarez
Escrito por Paulo Tavarez
Você não precisa ser forte, simplesmente porque você já é a própria força, apenas não sabe disso. Você é uma usina de força conectada com a Fonte Universal, para quê fortalecer-se mais?

O problema é que existe dentro de ti uma convicção de fraqueza, algo que já faz parte do seu caráter, justamente por ter aceitado todos os reforços negativos que vieram de fora. Você foi convencido, desde a mais tenra idade, de que era frágil, vulnerável e incapaz de enfrentar a vida sem o apoio das instituições que sempre te governaram.

Na instituição familiar, seus pais te super protegiam. Você não podia andar descalço, não podia subir nas coisas, não podia se expor ao vento e muito menos sair à rua. Seus pais, portanto, tiveram uma participação importante na avaliação de impotência que você acabou desenvolvendo.

Na Instituição religiosa, você foi convencido de que é um pecador, de que é fraco, de que precisa de proteção e amparo, pois toda a retórica dominante desse meio gira em torno de convencer o fiel de que ele é uma ovelha e que precisa de um pastor.

Na instituição do governo, então, o reforço é gigantesco. Os governos precisam nos convencer de que sem eles nós não teríamos condições nenhuma de sobreviver. Desta forma nos desarmam, nos educam, nos punem, nos alimentam, nos protegem, enfim, agem de forma patriarcal e maternalista ao mesmo tempo, pois precisam da nossa rendição, precisam dos nossos impostos para manter o luxo e o conforto deles, sejam de direita ou esquerda, tanto faz, o interesse pelo poder é o mesmo.

Não existe uma Instituição voltada para o empoderamento do ser humano, nenhuma estrutura organizada para desfazer a programação negativa que sofremos, salvo algumas vozes lúcidas que surgem neste cenário de servidão humana que se estabeleceu através de conceitos limitantes.

O homem não é ser indefeso, incapaz, impotente e necessitado de proteção, muito menos uma espécie da natureza que só consegue sobreviver através de políticas assistenciais. O homem é um ser divino, poderoso, só precisa aprender a se conhecer e mudar essa avaliação esdrúxula de si mesmo.

Se Deus alimenta as aves do céu e veste os lírios do campo, porque nos deixaria sem a proteção e os cuidados necessários? O Universo jamais irá nos desamparar, simplesmente porque nós somos esse próprio Universo.

A convicção de fraqueza é própria daqueles que não têm fé e nem conhecimento, com isso, precisam de patuás, guias, banhos especiais, crucifixo, olho grego, luzes, rezas, mantras, etc. É gigantesca a lista de penduricalhos voltados para proteger aquilo que não precisa de proteção. Se o homem soubesse que é Deus, que é eterno, indestrutível, incontaminável, assim por diante, não teria tantas necessidades fictícias.

Enquanto acreditar na ideia da fraqueza, a humanidade seguirá vivendo na condição escrava e o pior escravo, como ensina Goethe, é aquele que acredita ser livre.

Sobre o autor

Paulo Tavarez

Paulo Tavarez

Pedagogo, escritor, instrutor de Yoga e criador de uma terapêutica chamada Psicapometria. Tenho artigos publicados em vários sites voltados para o desenvolvimento da Consciência.

Celular: (11) 94138-9580
E-mail: [email protected]
Facebook: /paulo.hanuman