Autoconhecimento Comportamento

Você precisa desistir dessas coisas para ser feliz

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras
Todo mundo quer ser feliz, mas existem alguns comportamentos repetitivos que todos temos e que podem ficar no caminho da nossa felicidade. Não é fácil deixar para trás coisas que achamos que nos fazem bem. Mudar quem somos é a tarefa mais árdua dessa vida. No entanto, sempre precisa existir o primeiro passo: a decisão!

Os nossos hábitos nos enganam. Muitas vezes são eles que nos mantém presos na negatividade. Abaixo reunimos 13 formas que podemos mudar nos nossos pensamentos e mentes, para que assim possamos sentir a felicidade que de fato merecemos, libertando-nos para viver, amar e ser feliz, por fim. Vamos buscar o melhor! Siga estes conselhos, e, não só você vai se sentir melhor, mas quem está ao seu redor também será impactado:

1. Liberte-se das reclamações

Ao longo do dia, nós encontramos incontáveis coisas para reclamar: o tempo, o trânsito, como nos atendem em um restaurante… Mas como essa reclamação constante faz as coisas melhorarem para nós? Será que nos faz mais feliz? Ou será que só coloca o nosso humor mais para baixo? E nos faz sentir mais infelizes, para baixo e depressivos. Nosso humor está nas nossas mãos, nós, então, podemos escolher como reagir a qualquer situação da forma como queremos. Nós podemos permitir que sejamos sugados para um estado mental negativo, ou então nós podemos nos manter felizes, mesmo com o trânsito intenso que vamos enfrentar.

“Diga para o comitê da negatividade que se encontra dentro de você para se sentar e ficar calado.” – Martin Seligman.

2. Deixe ir a ânsia por estar sempre certo

Muitos de nós lutam com a ideia de “estar errado” e faremos o que for necessário, como brigar com amigos queridos ou entes queridos, apenas para estarmos certos. Libertar-se desse hábito vai te trazer relacionamentos melhores. Ter um senso de serenidade em saber que mesmo você estando certo, você salvou a si mesmo e aqueles ao seu redor de lidar com um grande estresse, preocupação e tensão. Wayne Dyer escreveu: “Você prefere estar certo ou você prefere ser gentil?”. Pense bastante sobre isso na próxima vez que tiver que lutar contra esse hábito

3. Deixe ir ideias de autoderrota

Boa parte dos obstáculos que enfrentamos na vida são, na verdade, aqueles que colocamos nas nossas mentes. Eles são imaginários, irreais e podem nos impedir de seguir em frente em algumas circunstâncias nas nossas vidas. Esses obstáculos imaginários circundam as nossas ideias em relação aquilo que podemos ou não fazer, sobre aquilo que é ou não possível. Nós precisamos aprender a ver além dos obstáculos. Só assim nós estaremos prontos para abrir as nossas asas e voar.

“Um mar de água só pode afundar um navio se entrar dentro dele. Da mesma forma, a negatividade do mundo não pode te colocar para baixo, a não ser que você permita que ela entre dentro de você.” – Goi Nasu.

4. Deixe o seu medo ir

O que você faria se soubesse que não pudesse falhar? Nossos medos são, infelizmente, impedimentos que criamos para nós mesmos. Imagine que todos esses empecilhos sumissem. Como você se sentiria? Feche os seus olhos e imagine por um momento… É bom, não é!? Agora, tente viver dessa forma.

5. Deixe ir o apego

Apego cria uma atmosfera de medo. Você não é dependente de coisas, e permitir-se pensar isso vai te impedir de ser feliz.

6. Deixe ir o criticismo

Abstenha-se de criticar qualquer coisa que você não entenda. Nós somos todos diferentes e isso faz a vida ser linda. O mundo seria muito chato se todos fossemos iguais. Permita que as pessoas pensem diferente. Não veja o diferente como uma desculpa para criticar. Todos queremos ser felizes. Então, vamos permitir que a felicidade seja bem-vinda em nossas vidas e permitir aos outros a mesma felicidade.

7. Deixe de culpar

Pare de tentar achar razões para as coisas serem como são. Ao tentar explicar as coisas, nós geralmente tentamos encontrar um culpado. Essa negatividade machuca quem está ao nosso redor, mas pior do que isso, machuca a nós mesmos.

8. Deixe de tentar impressionar os outros

Existem tantas coisas mais importantes na vida do que se preocupar com o que alguém pensa sobre os nossos sapatos, sobre o que você faz da vida ou qual carro você dirige. Essas coisas não nutrem relacionamentos saudáveis. O que as pessoas querem é o seu “eu real”, que você seja você mesmo. Quando você deixar os fingimentos de lado, perceberá que as pessoas realmente apreciam você por quem você é de fato. Assim, terá relacionamentos mais fortes e mais profundos.’

9. Deixe de dar desculpas

Às vezes nós temos o hábito de dar desculpas sem razões verdadeiras. Nós temos todo o tempo, recursos e energia. Nós precisamos utilizar a vantagem da juventude, da boa saúde, tempo livre e, acima de tudo, das nossas vidas, enquanto ainda a temos.

10. Deixe ir a sua mania de controle

Situações, eventos ou pessoas… Mesmo que tentemos, muito do que acontece ao nosso redor não pode ser controlado por nós. Então, por que não nos poupamos de pensar que podemos? Deixe todos e todas as coisas ao seu redor como são. Você vai se sentir muito mais relaxado e feliz.

11. Deixe o passado no passado

Deixe as coisas em perspectiva. Nunca lute com o passado ou fique ansioso pelo futuro, em vez de aproveitar os momentos de cada dia. Hoje é tudo que você tem! O amanhã não foi prometido para você e o ontem já passou. Então, esteja presente em tudo que você faz. Lembre-se que esses são os bons dias. Felicidade não é algo que você pode adiar para o futuro.

12. Deixe de resistir à mudança

Todo processo na vida implica em mudança. Como seres humanos, nós gostamos daquilo que é familiar, e, quando nós encontramos algo que é confortável, geralmente resistimos à mudança. Mas, poucas coisas duram para sempre e precisamos estar prontos para mudar. Isso não significa sentir medo da transformação, mas sim, abraçá-la sempre que ela bater na nossa porta. Receba esse processo como uma oportunidade. Uma oportunidade de algo melhor e novo.

13. Deixe de viver sob as expectativas dos outros

Muito tempo de nossas vidas é passado tentando “caber” nos arquétipos sociais. Nós permitimos que as expectativas dos outros determinem o trabalho que teremos, o carro que dirigimos, as roupas que vestimos e muito mais. Quão mais feliz você seria se você se permitisse seguir o seu coração e fizesse as coisas que você quer fazer? Nós permitimos que entes queridos ditem o que faremos. Nossos pais, irmãos, parceiros e, às vezes, até a mídia ou o governo dizem como devemos seguir com as nossas vidas. Todos temos os nossos talentos individuais, todos temos algo a oferecer, algo único. Cada um de nós tem dons. É preciso nutrir os nossos talentos e contribuir ao fazer aquilo que somos bons, com aquilo que amamos, em vez de fazer apenas aquilo que é esperado de nós.

Seja lá qual for o seu maior impedimento para a felicidade plena, hoje é o único momento que você tem para refletir e tomar uma decisão… É hora de mudar!


Texto escrito por Gabrielle Carreira da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]