Autoconhecimento Yoga

Yoga, um caminho rumo à transformação

Menina em posição de lotus fazendo yoga.
Giselli Duarte
Escrito por Giselli Duarte

O yoga vai além das posturas e tem o poder de transformar vidas, quando praticados no cotidiano. 

Sabe quando, às vezes, a gente começa a desanimar e sentir que não estamos onde gostaríamos? A gente vai pedindo e nada parece acontecer… E se, de repente, na verdade, tudo esteja dependendo da forma como estamos olhando e para onde estamos olhando?

Será que tudo depende da perspectiva de como encaramos e visualizamos o todo ou uma parte?

JANELAS DE APRENDIZADOS QUE IGNORAMOS 

Silhueta de uma mulher em posição de Yoga em uma montanha.

Por mais que não percebamos, todas as nossas atitudes diárias são aprendizados vitais para aquilo que queremos nos tornar. Muitas vezes, pedimos ao universo aquilo que desejamos com todas as forças, em um determinado contexto de nossas vidas, e esquecemos que, antes de receber, precisamos esvaziar, limpar e purificar tudo aquilo que não queremos mais.

Por não sermos atendidos, somos levados em direção ao turbilhão emocional movido pelos impulsos da mente. Esquecemos que tudo faz parte do todo e que até mesmo um ato falho faz parte desse processo de aprendizado.

YOGA NOS DESAFIOS DO COTIDIANO

Mulher em posição de prancha.

A vida na cidade grande é desafiadora. Não dá para nos separarmos do cotidiano corriqueiro e dividir as nossas poucas horas, até mesmo minutos, restantes do dia a dia para meditarmos e fingir que na grande parte do tempo não nos cansamos ou nos irritamos com alguma coisa.

Hoje tem se falado muito em yoga, meditação e atenção plena. Isso é muito bom! E quando se falado em tom mais humano, fica melhor ainda.

Pois não precisamos virar monges, nos isolar para atingir um estado elevado de consciência e buscar mais pelo autoconhecimento. O fato de estarmos presentes nesse ecossistema de cidade grande nos faz altamente capazes em nos aprofundar também de forma humana no yoga.

Yoga na prática. Yoga ao acordar, trabalhar e enfrentar o trânsito. Em ouvir as notícias diárias, no enfrentar as filas, no comer, cuidar da família e filhos. Se cuidar.

O yoga no se perdoar, no perdoar o próximo, em aceitar o caos, em gerar transformação. A atenção plena ao ouvir o próximo, no ajudar, em ser ajudado, na volta para a casa depois de oito, ou até doze, horas de trabalho, no escovar os dentes. No agradecer.

NO CAOS NASCE A TRANSFORMAÇÃO 

Estátua de uma pessoa com braços cruzados e há pétalas de flores roxas entre os braços da estátua.

Ao incluir a meditação diária, com amor e carinho, praticando com o coração e permanecendo sempre na essência, a transformação vem.

A purificação mental, emocional e espiritual é essencial.
Tudo aquilo pelo qual estamos vivenciamos neste exato momento faz parte do processo. Começamos a compreender que o caos gera a transformação.


Você também pode gostar de outro artigo dessa autora. Acesse: Recomeçar

Sobre o autor

Giselli Duarte

Giselli Duarte

É tão maravilhoso ter a honra de experienciar tantos acontecimentos em tão pouco tempo!

Sentir que, para abrir o caminho, é preciso caminhar. E, sobretudo, é preciso querer.

Quando decidi mergulhar no oceano do autoconhecimento e desenvolvimento humano, na medida em que fui permitindo, meus questionamentos foram respondidos das mais variadas formas. Compreendi que muitos caminhos trilhados, na verdade, me levavam a alternativas, paralelas e totalmente distintas daquilo tudo o que eu já achava ser a “chegada” do destino.

Nessa incrível jornada, conheci, estudei e vivenciei profundamente o coaching. Tudo em épocas completamente diferentes e distantes. Foi através da minha primeira experiência com o coaching que a minha vida começou a tomar rumo completamente novo. Mas foi no Leader Training que eu dei um salto quântico!

Os caminhos percorridos foram muitos. Muito estudo, formações, experiências, desafios, descobertas.

Espiritualidade, física quântica, autoconhecimento, meditação, reiki, religiões e doutrinas, retiros, voluntariados. Praticar e aprender yoga, ensinar yoga.

A introspecção.

O silêncio.

Tendo como formação o Marketing, sempre tive uma rotina de estudar e pesquisar muito. Testar protótipos, para executar um projeto, ou um produto. Atualmente, eu trago esse processo como parte de tudo aquilo o que eu pretendo fazer, levando à reflexão como minhas palavras e ações poderão agregar valor e amor na vida do meu próximo.

E, por isso, sou muito grata por fazer parte desse projeto tão amoroso, que é o Eu Sem Fronteiras.

Que os nossos conteúdos possam fazer a diferença em seu dia-a-dia e deixa-lo ainda mais feliz!

Com amor,

Giselli Duarte.

Instagram : @giselli.d
Twitter : @gisellidu