Autoconhecimento Educação Yoga

Yoga na Educação para a expansão de consciência

Yoga na educação
Anna Maria Oliveira
Escrito por Anna Maria Oliveira
Portugal, Espanha e França são países que se destacam, na área da educação, pelo investimento em formação continuada de professores para aplicação do Yoga em escolas públicas e particulares. Recentemente, ouvi de um educador a afirmação de que “há preconceito em relação a inclusão da prática do Yoga e Meditação nas escolas públicas, em São Paulo, pela crença de que são práticas religiosas”.

Vale destacar que são ensinamentos milenares, cujos resultados são amplamente estudados pela ciência e reconhecidos como benéficos na prevenção de estados de estresse, ansiedade, insônia, baixa concentração mental, etc.

De acordo com o Ministério da Educação, por meio da Secretaria de Educação Básica e da Diretoria de Currículos e Educação Integral, as atividades de Yoga e Meditação, descritas no Manual Operacional de Educação Integral, Brasília/DF – 2013, afirma que:

“…essas atividades estimulam o funcionamento do cérebro, a inteligência e a criatividade, contribuindo para a aprendizagem dos estudantes. O desenvolvimento de exercícios respiratórios, controle da energia vital, cujo resultado traz efeito calmante, potencializa as atividades cotidianas, pois tranquiliza o corpo e o fluxo dos pensamentos”.

Yoga na educação

A educação deveria inspirar o desenvolvimento de seres humanos mais integrados com sua natureza interna e com as leis da Natureza. Para isso não basta saber ler, escrever e fazer cálculos! É preciso inspirar as capacidades e habilidades integrais de crianças, jovens e adultos.

Como?

Desenvolvendo práticas de integração entre Yoga, ciência e educação, é possível expandir a natureza intuitiva, a habilidade de ver a vida de forma macro, ampliar competências criativas e autonomia dos educandos.

Segundo o Dr. Swami Shankardevananda Saraswati:

“A intuição desenvolvida nos ajuda no aprendizado do lado lógico também. Matérias escolares podem, então, ser melhores entendidas quando examinadas do ponto de vista da mente visualizadora. O Yoga é um meio para um sistema educacional melhor, tanto para o aluno como para o professor”.

Um dos quatro pilares da Educação para o século XXI é: Aprender a Ser!

Descobrir caminhos assertivos para esta aprendizagem é a mais urgente das urgências!

 

Você também pode gostar de outros artigos da autora. Acesse: https://www.eusemfronteiras.com.br/autor/anna-maria-oliveira/

Sobre o autor

Anna Maria Oliveira

Anna Maria Oliveira

Atuo como palestrante, consultora, professora formadora na abordagem meditação e yoga lúdico na educação, desenvolvida por mim. Graduada em cursos complementares, como arte contemporânea, xilogravura, educadora brincante, reiki tibetano, técnicas corporais ayurveda, instrutora de yoga na educação com crianças.

Vasta experiência em educação pública e no terceiro setor.

Realizo atendimento individualizado para profissionais da educação, utilizando a abordagem consultoria integrada experiencial.

Fundadora da Academia Confluência, escola de desenvolvimento humano para autogestão.

CONTATOS
E-mail: [email protected]
Site: academiaconfluencia.com.br
Facebook: academiaconfluencia
Instagram: @academiaconfluencia
Linkedin: Anna Maria de Oliveira