Tarot

A Força: conheça o significado dessa carta e como ler em seu tarô

Ler uma carta de Tarot pode ser complexo, principalmente considerando a gama de elementos e simbologias presentes nessa prática. Mas, se seu interesse é entender como funciona a leitura da carta A Força, você está no lugar certo. Neste artigo, explicamos o significado da carta, seus elementos e formas de ler e interpretar suas indicações. Venha conferir!

Entre os 22 Arcanos Maiores do Tarot, A Força é a 8° lâmina (ou carta) do baralho Rider-Waite. Antes de explicar o significado dessa carta, vamos entender o que difere esse Arcano dos outros baralhos.

Na grande maioria dos Tarots, o 8° Arcano Maior do Tarot é a carta A Justiça, porém Arthur Edward Waite, concluiu que a melhor posição e sequência lógica dos Arcanos Maiores se dá com o Arcano A Força na posição 8 e o Arcano A Justiça na posição 11 – posição central entre todos os Arcanos.

Para Waite, A Justiça representa a verdade sendo um ponto de equilíbrio do que é justo e incorruptível, portanto merece a posição central de toda a jornada dos Arcanos. Sendo assim, o Arcano A Justiça vem na posição 11 do baralho Rider-Waite.

Já A Força também representa um ponto de equilíbrio entre matéria (representada pelo leão) e espírito (representado pela mulher). E, na posição da jornada de todos os Arcanos, dispondo as cartas em 3 fileiras de 7 cartas, a posição 8 ocupa o meio entre o Arcano 1 (O Mago – o espírito) e Arcano 15 (O Diabo – a matéria), ou seja, o ponto de equilíbrio entre a dualidade “espírito-matéria”; “assim como em cima, é embaixo (lei hermética); dualidade Mago-Diabo.

Agora que sabemos um dos motivos dessa troca, é importante deixar claro que o significado das cartas em si não muda. O que alterou foi somente a posição numérica desses Arcanos. Portanto voltemos ao estudo da carta.

A Força carrega o simbolismo da inteligência, do domínio interior, coragem e força. A imagem central da carta é uma mulher segurando a mandíbula de um leão, que representa os instintos selvagens e a natureza mais primitiva.

A mulher simboliza a força interior, o autocontrole e equilíbrio, habilidades necessárias para dominar e direcionar os impulsos de forma correta e sábia.

Mulher segurando uma carta de Tarô "A  Força"
Изображения пользователя SuprV / Canva

Os principais significados da carta são: inteligência, coragem, determinação, domínio interior, autocontrole, gentileza, empatia, equilíbrio entre a matéria (instinto) e o espírito (força motriz), vontade, fluidez mental, confiança nas capacidades e habilidades pessoais e poder de magnetismo e atração. Já o sentido oposto traz: falta de controle, imposição, resistência, reclamação, fragilidade mental, desequilíbrio, manipulação, egoísmo e submissão aos instintos.

Com respeito às cores, a mais dominante é o amarelo, por representar vitalidade, energia e o intelecto. O amarelo simboliza a luz que emana da força interior, iluminando os cantos mais escuros do nosso instinto animal.

Quanto ao nome da carta, além de ser conhecida como A Força, também é conhecida como Strength (em inglês) e La Force (nos baralhos em francês). Independentemente da nomenclatura, o essencial significado da carta é sempre o mesmo, como veremos a seguir.

Te convidamos a continuar a leitura e mergulhar na aura de mistério dessa carta tão importante no Tarot. Aprenda seu significado, quais elementos a compõem e outras curiosidades que a envolvem!

Significado dos elementos da carta A Força

A análise a seguir é com base do Tarot de Rider-Waite, um dos baralhos mais tradicionais, e traz elementos importantes para o significado geral da carta. Confira!

  • Mulher: uma mulher que veste túnica branca (pureza) com flores adornado sua veste, assim como a coroa de flores em sua cabeça. Sua expressão remete à tranquilidade, e seus gestos acariciam o leão num ato de contemplação ao momento e ao animal, trazendo um ar de controle e superioridade ao instinto – representado pelo leão.
  • Lemniscata: acima da cabeça da mulher, o símbolo do infinito – a lemniscata –, que simboliza a sabedoria espiritual.
  • Leão: a representação da força do instinto, paixões, bravura, coragem e desejos mais profundos sendo controlados pela mulher. Perceba que o leão está com o rabo baixo, entre as pernas, língua para fora e um olhar de ternura a mulher, que lhe dá carinho, mostrando gostar dessa atenção que recebe dela. Ou seja, o material se harmoniza quando há equilíbrio com o espiritual.
  • Paisagem: o tom amarelo predomina a carta, trazendo vitalidade, enquanto o verde da natureza e as montanhas azuis equilibram a paisagem, num ar de equilíbrio e harmonia.

Similaridades e diferenças da carta A Força em diferentes baralhos

Além do baralho Rider-Waite, criado em 1910 por Arthur Edward Waite e William Rider, existem outras versões, nas quais alguns detalhes mudam. Em sua maioria, as similaridades da lâmina A Força estão nos dois principais personagens: a mulher e o leão. Mudam somente a posição deles e o cenário ao fundo da carta. A principal mensagem está na dominação do instinto em busca de um perfeito equilíbrio em ambas as partes. Quanto às diferenças, um exemplo está entre o baralho original Rider-Waite com a nova versão The New Vision Waite (lançado em 2003), que mostra a mesma mulher e o mesmo leão descritos no parágrafo anterior, no mesmo cenário, porém eles estão de costas para quem os vê. Aqui, observamos mais detalhes que trazem mais significados à carta. As flores (rosas) na túnica da mulher servem de cinto, representando paixão e poder; a mulher pisa numa cobra, também dominando o animal, ou seja, coloca o instinto animal da cobra debaixo dos seus pés e ainda usufrui seu poder (serpente da sabedoria). Na visão à frente da mulher, outra montanha com imagem de um homem olhando para o céu. Mais uma representação do homem material (a rocha), com uma capa que se entrelaça em sua cintura, remetendo a um manto de pele animal, segurando uma espécie de lança formada pela rocha, enquanto a mão esquerda está erguida aos céus, segurando 3 esferas (bolas). É o homem erguido em equilíbrio com o espiritual (O Mago em sua jornada). Por fim, uma nuvem num formato de dragão trazendo o simbolismo espiritual do poder, do fogo da vida e da proteção.

Oksimag / depositphotos

Tarot Mitológico

Criado em meados de 1980, por Liz Greene e Juliette Sharman-Burke (astróloga e taróloga, respectivamente), esse baralho nos mostra um homem (Héracles, ou Hércules para os romanos) forte, com cabelos e barba castanhos e compridos. Sua veste é somente uma tanga de cor vermelha (na região do chakra básico – instinto e poder e a representação de Ares, o deus da guerra). Está completamente empenhado em subjugar o leão, tentando dominá-lo com as mãos. Como está montado em cima do leão, parece vencer a luta somente com sua força e inteligência, visto que suas armas estão ao chão. Ou seja, o domínio está na coragem, força e inteligência da própria pessoa. Por fim, a cena acontece dentro de uma escura gruta de pedra e, ao fundo, veem-se apenas deserto e uma montanha rochosa. Um cenário que remete ao subconsciente, onde habitam os instintos primitivos.

Tarot de Marselha

Existem diversos modelos do Tarot Marselha com pouquíssimas variações de figuras, detalhes e cores. Na tradicional carta, vemos uma mulher com braços dominando o leão segurando a sua boca. Suas vestes trazem o perfeito equilíbrio entre as cores: vermelho (poder e instinto) do manto, azul (serenidade e inteligência) da túnica, amarelo (vitalidade e esperteza) das mangas e detalhe frontal da túnica. Seu chapéu é uma lemniscata (o chapéu do Mago), símbolo do infinito, e está nas cores azul, amarela e branca – representações do poder espiritual na matéria. O leão é na cor amarela, não demonstrando resistência, ou seja, até ele (o instinto) usa a sua inteligência a seu favor. Por fim, o cenário ao fundo mostra uma bela paisagem e o Sol, que ilumina a situação entre a mulher e o leão.

Tarot Egípcio

Nessa versão de Tarot, em todas as cartas, há uma divisão em 3 partes: superior (plano espiritual), central (plano mental) e inferior (plano material), e os simbolismos que cada carta carrega estão relacionados com os eventos, personagens e deuses da cultura egípcia. No plano superior, sempre aparecerão símbolos dos Espíritos Planetários Olímpicos, letra do Alfabeto dos Magos e ideogramas. A Força neste baralho é chamada de A Persuasão, e, ao centro da carta, vemos uma mulher segurando a boca de um leão, que parece estar em posição de ataque. Porém a mulher domina esse animal, enfrentando-o, demonstrando superioridade e encarando a situação. Essa mulher usa uma coroa que traz na sua parte frontal uma serpente, indicando maestria, superioridade e espiritualidade. Sua veste azul remete à sabedoria e ao equilíbrio emocional e racional. Na parte inferior, nas águas da vida, está a Pedra Cúbica, símbolo de elevação moral – é como se fosse uma pedra filosofal para os egípcios. Dentro dela, está a ave (Falcão) dominando uma espécie de serpente, numa representação da justiça dominando os impulsos primitivos. Por fim, símbolos astrológicos do signo de Áries e do planeta Sol. E a letra hebraica khaph.

The Wildwood Tarot

Nesse Tarot, inspirado na mitologia céltica e mergulhado na sabedoria xamânica, A Força é O Guarda Florestal (The Woodward, em inglês), uma espécie de guardião que está de prontidão para agir, com um olhar penetrante ao seu horizonte. Ele veste roupa, manta e capuz de cabeça e pele de animal que foi abatido, segurando seu cetro e um apito xamânico, e a mão direita segura uma espécie de cumbuca. Ao seu lado, um lince, animal de poder que guarda os portais do mundo invisível, segundo as tradições xamânicas. Perceba que, nessa carta, o homem não luta contra o animal; eles estão unidos, lado a lado, em prol de um objetivo maior. Ou seja, a força está na capacidade de harmonizar o instinto com o espírito que reside no autocontrole. Não há necessidade de combater, e sim de aliar a coragem com a bravura; a inteligência com força. Por fim, uma águia ou falcão no céu – animal de poder de realeza divina e proteção.

Tarot Alquímico

Mulher segurando carta de tarot "A força"
Freepik / Freepik

Nesse Tarot de Robert Place, a carta é denominada Strength (em inglês). Vemos uma mulher (uma virgem) sentada sobre o leão, e ambos demonstram um semblante sereno e com olhares atentos para o caminho para o qual estão indo – ou seja, unidos e focados num único objetivo. Percebe-se que a mulher dominou o leão. É a força em equilíbrio com a vontade da alma, representando foco e poder que vem do coração, símbolo segurado pela mulher. A força da vontade é representada pelo fogo, que arde acima do coração, e dele nasce a harmonia do Sol e da Lua (masculino e feminino; o espírito e a matéria). Por fim, os símbolos alquímicos Fermentação (no canto superior da carta) e Leão Verde (acima do leão), símbolos que representam autocontrole e disciplina.

Como A Força te ajuda a desenvolver seus dons espirituais?

A carta A Força é frequentemente associada ao desenvolvimento de dons espirituais para se obter o crescimento pessoal, e ela pode ajudar nos seguintes pontos: autocontrole, equilíbrio e harmonia, superação de desafios internos, confiança no processo de evolução espiritual e desenvolvimento da intuição e da sabedoria interior. Esse Arcano pode ser uma fonte de reflexão e inspiração, ajudando a criar um equilíbrio interno e, então, obter o crescimento espiritual mais profundo.

A energia da carta A Força e a força interior

Parece ser redundante com o nome da carta, mas o Arcano A Força desperta justamente a força interior, baseada na coragem, na gentileza, no autocontrole e no amor. Representa a habilidade de enfrentar os desafios com confiança e resiliência, utilizando uma abordagem mais suave e serena. É dominar os instintos de forma inteligente, fugindo da impulsividade, e o equilíbrio emocional para que o racional exerça seu papel direcionado às emoções de forma construtiva e equilibrada. Por fim, a confiança em si mesmo, que reside nessa força interior, despertando as virtudes, a determinação e a perseverança.

A Força na Astrologia

Cada baralho traz sua correlação astrológica. Nas descrições dos baralhos acima, vimos que, no Tarot Egípcio, faz-se referência ao planeta Sol e Áries. Já em outras referências, a carta A Força tem uma correspondência astrológica com o signo de Leão. Nem precisa ir muito longe para compreender que faz sentido ter essa correlação, devido ao animal leão que aparece na carta em associação ao animal que representa o próprio signo de Leão. A imagem da mulher dominando o leão reflete muitos dos traços de personalidade e características associados aos leoninos, como a coragem, autoconfiança, liderança e a capacidade de dominar as situações. E, como Leão é um signo do elemento Fogo que está ligado à paixão, à criatividade e à expressão pessoal, a mulher na carta A Força canaliza sua energia para controlar o animal, direcionando sua energia de maneira intensa e expressiva.

Você também pode gostar:

A Força reside no cultivar de uma força interior consciente e empática. Encoraja-nos a abordar as situações com confiança, enfrentar os medos e desafios com coragem e nutrir a vida em si com harmonia e equilíbrio. E essa força está também no desenvolvimento pessoal e espiritual, guiando-nos em direção a uma vida mais equilibrada e significativa.

Artigo escrito em parceria com a numeróloga e taróloga Liggia Ramos, colunista do Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br