Terapias

Como fazer TERAPIA utilizando o TAROT

Cartas de tarot em uma mesa
Kayla Maurais/Unsplash
Elaine Pera
Escrito por Elaine Pera

Quando falamos de terapia, pensamos num espaço seguro para entrarmos em contato com nossas questões e buscarmos o conhecimento de nós mesmos, mas vamos antes esclarecer o que de fato é terapia.

Terapia provém do grego therapeia, do verbo therapeúo, prestar cuidados médicos, tratar. O termo foi usado em medicina por Hipócrates e Galeno, que se referiram à terapia médica e cirúrgica para designar os cuidados com os enfermos visando à cura das doenças. Hoje a definição mais moderna nos diz que é um tratamento que busca amenizar ou acabar com os efeitos de uma doença (física, psíquica, motora etc.); terapêutica.

A partir desta definição mais atual podemos citar como terapia várias técnicas que são chamadas terapêuticas tais como Florais, Cromoterapia, Reiki, Barra de Access, Thetahealing e tantas outras chamadas de Terapias Holísticas ou Alternativas, sem contar as terapias corporais como massagens, acupuntura, ventosas etc.

Mulher segurando cartas de tarot
Dmytro /123RF

Seja lá qual for a técnica usada, o objetivo é sempre o bem-estar, autoconhecimento, pois qualquer desconforto físico ou emocional pode ser amenizado, compreendido e até curado através do processo de conscientização de si mesmo. É exatamente no aspecto da consciência de quem somos que reside a proposta do Tarot.

O tarot é um jogo que, segundo alguns autores, teve sua origem no Egito pela mão dos Grandes Sacerdotes, no entanto foi mais divulgado e conhecido na França através das imagens do Tarot de Marselha. É composto de dois grupos de lâminas sendo 56 cartas semelhantes às do baralho tradicional de jogos de salão e mais 22 cartas chamadas de Arcanos Maiores, onde estão impressas imagens de 22 personagens também chamados na psicologia de Arquétipos do Inconsciente Coletivo.

A trajetória de autoconhecimento se inicia com o personagem do Louco numerado como zero ou 22 que inicia sua jornada no mundo em busca da consciência de si mesmo. Cada personagem que ele encontra lhe garante a descoberta de algum aspecto presente dentro dele. O simbolismo das cores, do movimento, do olhar, do cenário de cada Arcano revela muito sobre seu estado interior, seus pensamentos, sentimentos, ações e desafios diante do mundo. Em função de tudo isso, hoje o Tarot é trabalhado mais profundamente com uma abordagem terapêutica e não divinatória.

Seja qual for a técnica ou as tiragens utilizadas, o Tarot pode somar e agilizar o processo interno daqueles que diante dele se colocarem como alunos. Imagine que você ou seu cliente possa estar vivendo uma situação de conflito interno, ao retirar uma carta do maço pensando nesta situação algum personagem se apresentará e através do contato visual com ele, observando as roupas, as cores, a energia, o movimento, a postura, você poderá compreender e ampliar sua visão sobre o assunto, pois a imagem falará ao seu mundo interior, comunicando-se através de símbolos profundos que estão presentes no inconsciente de todos nós.

Certa vez realizei uma dinâmica em grupo onde uma pessoa pensava e se conectava com alguma questão importante no momento de sua vida e escolhia 3 cartas, colocando-as no chão. Outras 3 pessoas do grupo entravam ou se posicionavam sobre a carta representando o Arcano indicado e assim falavam o que o personagem diria daquela situação numa dinâmica de Passado-Presente-Futuro, e foi incrível, porque mesmo não tendo conhecimento do Tarot as falas foram assertivas e trouxeram ao cliente a visão ampla da questão que ele tinha e possibilidades de solução que lhe garantiram consciência e conforto para lidar com o tema.

Mulher segurando um pedaço de espelho, olhando para ele
Ismael Sanchez;/Pexels

Muitas são as formas de utilizar este instrumento e otimizar os atendimentos, por isso cada vez mais psicólogos, coaches, terapeutas e profissionais que trabalham auxiliando as pessoas têm utilizado o Tarot como coadjuvante em seus atendimentos e isto tem agilizado muitos processos de cura interior.

Se você tem interesse e curiosidade sobre esse instrumento de autoconhecimento, sugiro que compre um jogo e entregue-se na viagem do Louco em busca de consciência. Se quiser saber mais ou trocar ideias sobre este tema, entre em contato comigo, pois o Tarot me acompanha por mais de 30 anos como um Mestre e Terapeuta.

Você também pode gostar

Se quiser se aprofundar ainda mais visite o link abaixo e conheça o Curso de TAROT TERAPÊUTICO disponível na Plataforma Hotmart e torne-se parte deste maravilhoso mundo dos 22 Arcanos Maiores.

Link para compra : https://www.hotmart.com/product/curso-tarot-terapeutico-22-arcanos-maiores/B40698361V

Sobre o autor

Elaine Pera

Elaine Pera

Formada em Comunicação Social e Pedagogia com Pós Graduação e Especialização em Qualidade e Terapia Floral. Em 1990 iniciei meus estudos na área Terapêutica envolvendo quatro aspectos do ser humano.

O psíquico-mental através de cursos e formações na área da Programação Neurolinguística, Terapia da Linha do Tempo, Hipnose Ericksoniana e Constelação Familiar.

O emocional e físico através de técnicas terapêuticas como o Reiki, Cromoterapia, Florais de Bach e Massagem Bioenergética.

O espiritual através de conhecimentos e aplicações na linha da Cura e Apometria Quântica e estudos sobre a Grande Fraternidade Branca e a ação dos 7 raios, Tarô mitológico e Numerologia pessoal e Empresarial.

O objetivo do meu trabalho é caminhar junto, ser uma facilitadora para que cada um possa se sentir seguro para olhar para si mesmo e suas experiências, acolhendo-as, transformando-as e levando-as a frente para abrir novos caminhos, obter mais confiança em suas realizações pessoais.

Além dos atendimentos pessoais, workshops e trabalhos em grupo, também sou professora e facilitadora dos cursos de Terapia Floral e Cromoterapia, tendo realizado diversas turmas e cursos no SENAC-Saúde e em outros Espaços e Clínicas do ABC e SPaulo.

Telefone: 11 4221.1164 e 11 4228.2804
E-mail: elamapera@msn.com