Convivendo

Carnaval 2021: diversão com consciência e equilíbrio

Duas mulheres ajoelhadas no chão jogando confete colorido para o alto
Designecologist / Pexels
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Atenção

Apesar do que iremos citar a seguir e da alegria que é comemorar o Carnaval, durante a pandemia da Covid-19 a principal recomendação é a de ficar em casa, ainda que a vacinação já tenha começado. Então, não participe de aglomerações e não faça viagens. Se for comemorar o Carnaval, faça isso no seu lar, com quem já mora com você, ou aproveite o feriado para viver o seu retiro. Guarde nossas dicas para os próximos anos, quando a pandemia já tiver passado. Somente dessa maneira você e as pessoas que você ama poderão comemorar muitos outros Carnavais!

Existe um evento no Brasil que é conhecido por praticamente todas as pessoas que vivem no país: o Carnaval. Celebrada de inúmeras formas em todas as regiões, a folia pode acontecer na rua, com bloquinhos ou com trios elétricos, em casas de shows, em baladas, em salões de festa, dentro de casa ou em um sambódromo. São muitas as opções para festejar!

Porém, devemos nos lembrar que tudo em excesso faz mal. Os momentos de diversão que vivemos ao lado de pessoas queridas podem durar para sempre, inclusive se forem eternizados com fotografias, mas há algumas questões que podem dificultar esse processo.

O Carnaval não deve ser uma festa na qual não existem regras e limites. Até mesmo para que a diversão seja garantida para todos devemos continuar praticando o respeito, a compreensão e a atenção. Nesse sentido, a moderação precisa ser uma palavra de ordem durante a folia.

Afinal, do que adianta viver o Carnaval mais incrível da sua vida se no dia seguinte você tiver que lidar com consequências nada agradáveis do seu comportamento? E se toda essa diversão tiver sido, na verdade, uma percepção distorcida do que realmente aconteceu, e outras pessoas acabaram magoadas com você?

A partir do que foi apresentado anteriormente, reflita sobre como você interpreta o Carnaval. Será que você está tornando essa folia um momento de diversão ou está criando problemas para o dia seguinte? Pense sobre isso!

Mantenha-se consciente nos blocos de rua no Carnaval

Os blocos de rua são uma maneira cada vez mais popularizada de celebrar o Carnaval. Neles, as pessoas podem utilizar fantasias pouco complexas, divertir-se sem pagar nada, ouvir o tipo de música de que mais gostam e beber enquanto caminham e dançam. E é aí que mora o perigo!

Pessoas unidas comemorando com música
Luis Fernandes / Pexels

No meio da festa, ao lado de amigos antigos e novos, uma pessoa pode acabar extrapolando na quantidade de álcool que deveria ingerir. Isso porque alterar o próprio estado de consciência não é proibido, mas algumas atitudes que partem de um exagero dessa mudança são.

Por um lado, uma pessoa que bebe além da conta corre o risco de se sentir mal fisicamente, precisando sair da rua e mobilizando um grupo de amigos que poderia ter planos diferentes do de cuidar de outra pessoa. Se os incômodos não aparecem no momento da bebedeira, eles podem se manifestar no dia seguinte, com enxaqueca, náusea, vômitos e um mal-estar generalizado.

Por outro lado, alguém que bebeu demais pode começar a agir de um jeito que, conscientemente, sabe que não deve agir. Então, essa pessoa pode se tornar agressiva, começar brigas sem sentido e agredir outros foliões, em casos mais graves. Ela pode, ainda, colocar em risco a integridade e a diversão de quem sabe aproveitar a festa corretamente.

Para evitar que você se inclua em qualquer um dos dois grupos, preste atenção a quanto álcool você está ingerindo. Alimente-se bem antes de sair de casa, beba bastante água enquanto caminha e, se for ingerir bebidas alcoólicas, não aceite copos e garrafas de pessoas em quem você não confia.

Uma vez que você já tomou esse cuidado e está livre de cometer ações das quais você vai se arrepender no dia seguinte, há uma medida importante que você pode tomar depois da folia. Desintoxicar o seu corpo e a sua mente é o que você precisa para garantir que a folia deixe somente boas lembranças na sua vida.

Mulher bebendo água no copo
Daria Shevtsova / Pexels

Dessa forma, a desintoxicação do seu corpo deve incluir: beber bastante água, evitar carnes vermelhas e alimentos gordurosos, incluir frutas no seu cardápio, praticar atividades físicas e deixar o seu corpo descansar pelo tempo que for necessário. Ou seja, durma quanto precisar para se sentir recuperado(a)!

Se o seu desejo é fazer uma desintoxicação da sua mente, é possível realizar uma limpeza espiritual. Assim, você afasta as energias negativas que te rondaram na rua, e que podem estar desalinhando seus centros energéticos. Para fazer isso, macere três galhos de arruda em dois litros de água, acrescente um punhado de sal grosso e esquente por três minutos. Despeje a mistura do pescoço aos pés, assim que terminar seu banho.

Eventos de Carnaval caseiros

Se você é uma pessoa que não gosta de aglomerações ou que prefere comemorar o Carnaval somente com os amigos e familiares em quem você confia, também há uma possibilidade para você. Os eventos de Carnaval caseiros são seguros, animados e podem acontecer do seu jeito, com quem você mais ama!

Para realizá-los, você deve, em primeiro lugar, escolher um lugar arejado e espaçoso, onde caiba todo mundo que você queira convidar. Se esse espaço tiver piscina, peça a seus convidados que levem roupa de banho, e se certifique de que há um espaço organizado onde possam se trocar.

Mulheres sentadas em uma banheira
Polina Tankilevitch / Pexels

Caso você tenha alugado um ambiente onde fazer a festa, não tenha vergonha de cobrar alguns reais das pessoas que você quer ver na folia. Desse jeito, vocês podem dividir a conta, que ficará mais leve para cada um.

Em segundo lugar, peça a seus convidados que acrescentem músicas a uma playlist compartilhada, garantindo que todos tenham um momento de diversão. É importante respeitar o gosto musical de cada um, e passar cerca de cinco minutos ouvindo uma música da qual você não gosta muito não irá comprometer sua diversão.

Depois de fazer toda a pré-produção da festa, escolha salgadinhos e petiscos para comer enquanto saboreia drinques com e sem álcool. Priorize os alimentos vegetarianos e veganos para que as pessoas que optaram por esse estilo de vida possam comer sem preocupação. Para finalizar, vista sua fantasia e curta muito esse dia!

Destinos para um Carnaval em paz

Se o que você mais gosta de fazer durante o Carnaval é viajar, mas também não gosta de lugares lotados, existem alguns destinos que podem te atrair nessa época. Isso porque você não precisa estar na folia para aproveitar esse feriado, certo? Viva a festa do seu jeito!

1) Caldas Novas, em Goiás

Um Carnaval relaxante só pode ser aproveitado em Caldas Novas, em Goiás. As águas naturalmente quentes da região oferecem um clima romântico, mas também são ótimas para quem quer viajar com a família. Inclusive há opções de parques aquáticos seguros e divertidos.

2) Canela, no Rio Grande do Sul

Um dos destinos mais apaixonantes da região Sul do Brasil é Canela, no Rio Grande do Sul. Essa opção para o seu Carnaval irá lhe apresentar belezas naturais de uma região com muita vegetação natural e com um clima mais ameno. Além disso, os restaurantes e as pousadas do local têm um charme único e uma arquitetura de tirar o fôlego.

Mulher sentada em uma cadeira de baixo de um guarda-sol
nappy / Pexels

3) Campos do Jordão, em São Paulo

Se você é amante do frio, o Carnaval em Campos do Jordão, São Paulo, é uma garantia de tranquilidade. As temperaturas não estarão tão baixas quanto no inverno, quando a região é mais movimentada, mas será uma experiência única visitar o local sem se preocupar com a lotação típica de lá.

4) Petrópolis, no Rio de Janeiro

Quem gosta de conhecer locais históricos, com uma arquitetura diferenciada e propícia para fotos, vai adorar Petrópolis, no Rio de Janeiro. Como as praias do estado estarão bem movimentadas durante o Carnaval, é melhor encontrar destinos que não atraiam tantos turistas nessa época do ano.

5) Foz do Iguaçu, no Paraná

Que tal aproveitar o Carnaval para se encantar com a beleza das cataratas de Foz do Iguaçu? A região estará menos movimentada durante esse feriado, além de oferecer bons preços de acomodação e de alimentação. Aproveite para tirar fotos maravilhosas!

Retiros de Carnaval

Não gostar do Carnaval é totalmente compreensível. Ninguém é obrigado a adorar a folia, a música, a bagunça e até mesmo viajar nesse período. Então, se você se encaixa nesse grupo, aproveite o período do Carnaval para desenvolver o seu autoconhecimento e ficar em paz consigo, em retiros de Carnaval.

Para isso, você pode tanto procurar um local isolado, com profissionais que te instruam a meditar e a praticar atividades como yoga como também pode tirar uns dias para você na sua casa. O mais importante nesse processo não é o lugar onde você estará, mas as mudanças que vão acontecer dentro de você.

Mulher de olhos fechados praticando ioga
Pixabay / Pexels

Comece essa jornada de autoconhecimento questionando as suas características que mais te dão orgulho. Depois, pense no que há de bom na sua vida e exercite a gratidão. Agora que você já se preencheu de bons pensamentos, avalie o que pode ser melhorado em quem você é, e trace novos planos para o ano que está só começando.

Ao pensar sobre essas questões, livre da agitação e praticando o isolamento social, você vai perceber que a sua vida pode melhorar, desde que você entenda como fazer isso. Você pode até mesmo tentar incorporar um novo hábito, como alimentar-se de forma vegetariana e depois vegana, consumir menos plástico e doar as roupas que você não usa mais. Transforme-se!

Você também pode gostar

A partir do que aprendemos com o artigo que você acabou de ler, concluímos que o Carnaval é uma festa incrível, que pode ser comemorada de inúmeras formas. Priorizando a moderação, a consciência tranquila e a responsabilidade, principalmente durante a pandemia, conseguiremos construir uma folia leve e divertida para todas as pessoas, sem exceção!

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]