Autoconhecimento

Como começar a viver para você

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

A vida é feita de responsabilidades, é verdade. Mas, também, é feita de vontades, diversão e felicidade. Se você não encontrar um meio termo entre as responsabilidades e as vontades, você vai se perder em sua própria vida. E é sobre isso que vamos falar neste artigo.

Muitas pessoas podem achar que viver para si mesmo significa ego lá no alto, soberba, egoísmo, menosprezo em relação aos demais, não ter responsabilidades e outras coisas do mesmo gênero. Mas, não é isso.

É preciso entender que colocar-se em primeiro lugar significa não se deixar perder no meio do caminho, em sua própria vida. É continuar com suas responsabilidades, mas não deixar as vontades de lado.

Viver em função apenas do que é necessário vai, aos poucos, transformando você em alguém amargo, sem sonhos e sem emoções. Sua mente precisa trabalhar pensando em seus sonhos e vontades para que as responsabilidades do dia a dia não acabem com você.

Então, não se deixe perder. Seja você sua principal razão para ser feliz. Escute seu coração. Escute sua alma e seu interior. O que eles estão dizendo? Escute com atenção e os atenda sempre que possível. Desde que você não faça mal aos outros, faça o que tem vontade de fazer. E não dê ouvidos aos julgamentos que, tenha certeza, irão acontecer. É aquela velha história: é impossível agradar a todos, então tente agradar uma única pessoa, você. Faça o que fizer, não importa, sempre terá alguém que não estará satisfeito. Então, preocupe-se em ser feliz.

As exigências fazem parte, inclusive para termos condições de viver nossos sonhos. Mas, o equilíbrio é fundamental. Viver um pouco dos dois a cada dia faz parte da experiência da vida.

Está com vontade de fazer? Faça. Está com vontade de viajar? Viaje. Quer comer? Coma. Quer ir a um show? Vá. Faça o que quer fazer. Vergonha, medo, insegurança, todas essas sensações e sentimentos apenas o afastam de ser quem você realmente é e quer se tornar.

Pense em alguém que você admira. Alguém que já conquistou coisas que você gostaria de ter (ou uma forma que você gostaria de ser) – não que você queira ser igual; afinal, cada ser humano é único, mas alguém que você admira e se inspira. Qual a maior diferença entre você e essa pessoa? Ela não teve medo de agir, ou, se teve, o venceu.

Ela também não desistiu no meio do caminho. Ela sabe que desafios vão acontecer e que problemas são normais em uma trajetória de sucesso, até porque são eles que nos fazem crescer e evoluir. Mas, ela agiu e não desistiu. Então, não tenha medo.

Faça isso por você. Comece a agir de acordo com os seus sonhos e vontades. Não se esqueça de suas obrigações, mas tenha sempre como foco aquilo que você quer ter e ser. E não escute aqueles que querem atingi-lo com maldades. Dê ouvidos apenas aos que o criticam porque querem seu crescimento e aos que o apoiam, independentemente do caminho que você quer seguir.

Também é importante que você não se esqueça daqueles que sempre estiveram ao seu lado por amá-lo verdadeiramente. Doe um pouco do seu tempo para eles sempre, mas não saia por aí distribuindo toda a sua energia.

Há pessoas no mundo que doam tanta energia que, quando chega o momento de cuidarem de si, já estão esgotadas. Seja sensível em relação aos seus limites. Perceba quando alguém estiver sugando mais energia do que você está disposto a dividir e dê um basta na situação.

Lembre-se, também, de reclamar menos. Na vida, tudo acontece por um motivo. Mesmo que o atrase de seus objetivos, com certeza você aprendeu alguma coisa com o que aconteceu, por menor que tenha sido a lição. Então respire fundo, reflita e engula as reclamações. Não perca tempo reclamando demais e vivendo de menos.

Aprender a dizer não também é muito importante. Agradeça, mas recuse o convite quando não quiser ir. Agradeça, mas negue quando não quiser comprar. Diga não sempre que tiver vontade de dizer. Você não precisa viver por ninguém. Não tenha medo de rejeitar alguma coisa ou alguém. Você não é obrigado a querer nada que a sociedade impõe a você.

Por último, lembre-se que expectativa demais é felicidade de menos. Quando mais expectativa você criar, mais infeliz você vai ser. A vida, às vezes, segue caminhos diferentes do que planejamos, mas, lá na frente, vamos perceber que vivemos de forma ótima.

Muitas vezes, o que planejamos não é o único caminho à felicidade. Mas, somente se não criarmos expectativas conseguiremos enxergar isso. Crie planos e metas, mas deixe as expectativas de lado e deixe espaço em você para viver feliz de acordo com o que a vida lhe proporcionar.


Escrito por Giovanna Frugis da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]