Saúde Integral

Como cuidar da pele de cada idade?

Mulher com a mão no rosto.
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras



Os cuidados diários com a pele fazem parte da rotina de toda mulher, ou pelo menos deveriam fazer. Desde a época de nossas avós, os cremes faciais já eram considerados um dos grandes segredos da juventude. Nosso rosto é nosso cartão de visitas e, por isso, é essencial mantermos certos cuidados para que possamos nos manter confiantes e verdadeiramente bonitas. E quanto antes começarmos melhor. Além de expressar nossa idade, nosso rosto revela o que estamos sentindo e os cuidados que temos com a gente mesmo ao longo de toda a vida. A idade e seus sinais chegam mais cedo ou mais tarde e, assim, os cremes anti-idade acabam fazendo parte de nossa rotina diária.

Quando o assunto é beleza, todo mundo tem sua própria receitinha. Existem aqueles que lavam o rosto diariamente com água da torneira mesmo e depois passam um creme hidratante. Há também aqueles que, ao sinal de uma ruguinha, já correm para a clínica de estética. Mas, se você ainda não dedica um tempinho de seu dia para cuidar da pele, não se preocupe! Sempre é hora de começar.

No entanto, de nada vai adiantar utilizar cremes que não sejam específicos para sua idade e seu tipo de pele. Utilizar produtos errados quando se tem uma idade mais avançada acaba acelerando mais ainda o envelhecimento. Isso acontece porque, à medida que os anos passam, as particularidades e propriedades de nossa pele mudam. Por exemplo, durante a adolescência, sofremos com o excesso de oleosidade, mas, quando completamos 50, nossa pele se torna extremamente seca.

Conheça aqui alguns dos cuidados principais que devemos ter em cada idade.

• Aos 20 anos…

Quando se tem 20 anos, a dica principal é proteger a pele. É nessa faixa etária que todos os problemas de pele que temos surgem de causas bem específicas, como por exemplo a oleosidade e as acnes, ou ainda de uso de tabaco, excesso de sol, negligência, excesso de álcool, festas até de madrugada, má alimentação etc. Apesar da pele ser firme nessa idade, viver a vida intensamente pode fazer com que, a partir dos 25 anos, surjam linhas finas.

Por isso, todos os cuidados devem sempre envolver filtros UVA e UVB, já que é nesta faixa etária que o sol vai deixar suas marcas. A regra principal é tentar deixar a pele livre de qualquer impureza para reduzir os problemas que citamos acima.

O ideal é que, ao acordar, você lave o rosto para reduzir a oleosidade natural da pele, hidrate e use um protetor solar. Se for utilizar maquiagem, opte por aquelas livres de óleo, as oil-free. Antes de dormir, repita os cuidados que teve pela manhã e aplique cremes de acordo com a necessidade específica e o tipo de pele (antiacne, antioleosidade ou hidratante). Outra dica para manter a pele saudável é fazer esfoliações semanalmente para se livrar das células mortas.

Mulher sorrindo

• Aos 30 anos…

Diga olá às manchas, às rugas, aos pés de galinha, à flacidez e às linhas de expressão. Nesta faixa etária, a pele não tem mais a capacidade de se regenerar como antes e toda a falta de cuidado com a pele começará a ser evidenciada.

Mas, apesar do uso de filtros solares ainda ser essencial, hábitos comuns nessa idade, como dormir pouco, beber e fumar, acabam tornando o trabalho dos cremes bem mais difícil. Por isso, uma dica importante é apostar em cremes que ajudem no combate à idade, estimulem o processo de regeneração das células, contenham colágeno e, principalmente, apostar numa alimentação com muitos alimentos antioxidantes.

O ideal é lavar o rosto pela manhã, aplicar um hidratante e nunca se esquecer de utilizar filtro solar. Antes de dormir, repita o processo de limpeza e aplique clareadores ou cremes anti-idade. Também é essencial passar a utilizar creme para os olhos e hidratantes durante a noite para aumentar a flexibilidade e diminuir as linhas de expressão da pele. Não deixe de realizar esfoliações pelo menos uma vez por semana.

• Aos 40 anos…

É nesta faixa etária que nossa pele começa a ficar mais seca. Isso acontece porque há uma queda de produção de hormônios, por isso, é bem comum que as manchas e a flacidez aumentem, bem como a quantidade das linhas de expressão — que aos 20 eram finas e pequenas e se regeneravam com simples cuidados.

Beber água se torna obrigatório nesta fase. Tome cuidado também com a pele do decote e do pescoço.

Aos 40 anos, o colágeno já não é produzido em quantidades abundantes, fazendo com que a pele perca sua firmeza. Nesta idade, é comum observarmos o efeito murcho em peles mais cuidadas.

Um cuidado que se deve ter com a pele nesse período é passar a utilizar produtos anti-idade nos contornos da boca e dos olhos. Vale também passar a usar produtos com efeito lifting e tensor. Além disso, continua sendo de extrema importância a esfoliação e o uso de filtros solares, mas com um fator mais elevado, ou seja, nunca menos de 45. Durante a noite, surge a necessidade de se utilizar séruns, produtos antimanchas, anti-idade ou ainda de firmeza e preenchimento.

• A partir dos 50 anos…

A menopausa é comum nas mulheres dessa faixa etária, o que causa diversas alterações hormonais e a aceleração do envelhecimento da pele. Por isso, é comum que ela se torne mais seca e fina. Uma boa dica é sempre se manter hidratada.

A quantidade de estrogênio cai e a produção de colágeno reduz drasticamente, acentuando as rugas. Por isso, é indicado o uso de produtos com colágeno, de lifting, tensores ou firmadores. Vale também procurar tratamentos mais rápidos, como os a laser ou disponíveis em clínicas de estética.

Pela manhã, depois de limpar o rosto, uma boa dica é aplicar hidratantes mais fortes, bem como filtros solares com fator acima de 50. E, apesar da pele estar mais seca do que costumava ser, vale a pena apostar em fazer esfoliações semanalmente.

Antes de passar a utilizar um creme porque a amiga gostou ou viu num blog de saúde, é importante saber qual é seu tipo de pele. Ao utilizar produtos corretos, fica muito mais fácil e seguro manter uma pele saudável.

Na dúvida, consulte um profissional de confiança.


Texto escrito por Flávia Faria da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]