Convivendo Jardinagem

Como cuidar das plantas suculentas

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras
Quem mora em apartamento e tem pouco espaço para plantas, ou quem não costuma lembrar de regá-las com frequência, acaba optando por ter plantas suculentas em casa. Esse tipo de planta é muito encontrado no deserto e em lugares bem secos. As suculentas acumulam líquidos em seu caule e folhas e, por isso, conseguem ficar mais tempo sem a necessidade de receber água. Além disso, surgiram opções de terrários decorativos que utilizam suculentas e são bem bonitos para a decoração da casa, o que é mais um bom motivo para você querer ter uma delas. Antes de sair por aí para comprar uma plantinha, é importante aprender a cuidar bem das suculentas. Veja abaixo dicas de como cuidar das suculentas:

Água

O primeiro cuidado que você deve ter é só regar as suculentas quando o solo estiver bem seco. Muita água pode matar as plantas. O tempo que leva para o solo ficar seco vai depender do ambiente em que as plantas estão. Alguns fatores influenciam isso, como a luminosidade no lugar, vento e umidade na sua casa. Normalmente, o tempo médio para regar as plantas é uma vez por semana, mas é importante sempre observar como ela está, para adequar o volume de água de acordo com a necessidade. Outro fator que influencia é o tamanho do vaso. Vasos pequenos costumam secar a terra mais rapidamente do que vasos grandes. Outro cuidado a ser tomado é sempre regar a terra, para que a água atinja a raiz, em vez de regar por cima das folhas.

Iluminação

As suculentas ficam bem ao sol, mas alguns cuidados devem ser tomados. O primeiro deles é observar que tipo de vaso você está usando. Vasos de vidro e fechados (como acontece com alguns terrários) costumam esquentar mais do que o normal, portanto não aguentam ficar tanto tempo sob a luz direta do sol. Nesses casos, deixar o vaso em um lugar que bata luz indireta pode ser a melhor escolha. Para os outros tipos de vaso, a luz direta pode ser muito benéfica. Outro cuidado que se deve ter é observar a coloração das folhas. Se elas começarem a mudar muito de cor para tons de vermelho, roxo, rosa e amarelo (varia de planta para planta), isso pode ser um sinal de que ela está tomando sol demais. Nesses casos, vale a pena tentar deixar a planta em outro ambiente, para ver como ela reage.

Folhas que caem

Diferentemente de outras plantas, as folhas que caem das suculentas podem ser reaproveitadas. Se você deixar uma folha caída sobre a terra, aos poucos vai perceber que começará a nascer uma raiz dela. Não precisa nem plantar de novo, basta esperar que a raiz encontre o seu caminho para que a folha se transforme em uma nova planta.

Mudança de vaso

Pode demorar, mas um dia as plantas crescem e podem precisar de um vaso maior. Nessas horas, prepare um vaso com terra vegetal, areia e cascalho. O importante é que o vaso seja preparado para drenar bem a água, pois suculentas são plantas que estão acostumadas com ambientes secos, não úmidos. A boa drenagem é essencial no vaso novo, pois, se acumular muita água, pode acontecer até mesmo de aparecer mofo dentro do vaso. Por isso, prepare bem o vaso novo antes de mudar a suculenta de lugar.


Texto escrito por Ricardo Sturk da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]