Blog do Editor Convivendo

Como encontrar e viver um grande amor!

amor
Carolina Zambelo
Escrito por Carolina Zambelo
Se você chegou até esse texto é porque, no mínimo, ficou curioso para saber se existe uma receita mágica, estratégia ou atalho que te leve ao encontro do verdadeiro amor, não é mesmo? Já que no final das contas é isso que todo mundo deseja, encontrar e viver um grande amor! Você pode até negar, dizer que não é bem por aí, mas se está aqui comigo é porque você, assim como eu, acredita nesse sentimento lindo e transformador.

Eu sou fascinada pelas relações humanas e como poetisa e filósofa de botequim discorro sobre o assunto com a propriedade de uma anciã, experiente e senhora de si. Mas a verdade é que não passo de uma menina/mulher que se aventura nessa jornada insana que é viver e se entregar ao próximo.

Entrega! Para mim, esse é o segredo para encontrar e viver um grande amor
 E é assim que tenho vivido as minhas relações nos últimos anos. Não sei ser pouco, me jogo de cabeça, mergulho no escuro, me doo, confio e desfruto de cada instante com muita intensidade. Pago um preço alto por isso, mas a conta seria ainda maior se eu não me permitisse por medo de me machucar. Quantas vezes chorei antes de dormir? Quantas vezes juntei os caquinhos? Mas cara, descobri uma cola boa para caramba chamada fé! Fé no amor! Fé que ele existe e que vou vivê-lo em sua plenitude, sim! E que a pessoa que vai dividir isso tudo comigo está por aí, uma hora a gente se esbarra, se é que já não nos esbarramos… Vai saber!

amor

O fato é que tem muita gente querendo viver um relacionamento, não o amor, aí fica difícil. Um relacionamento tem regras que normalmente se resumem na obrigação que a outra pessoa tem de atender todas as suas expectativas e vice-versa. O amor não tem regras, o amor é livre, e é difícil lidar com a liberdade! É difícil não julgar, não enquadrar no rótulo social. Quantas histórias conhecemos de pessoas que abandonaram o parceiro porque não era o que se tinha idealizado? Gente, o amor não tem cor, conta bancária, diploma, distância. Enquanto você estiver preso a qualquer uma dessas questões, não vai rolar!

Por isso, entrega… Entrega o seu corpo, a sua alma e o seu coração. Entrega os seus medos, desejos e sonhos. Entrega o seu amor e o amor será entregue a você!

Eu vou seguindo daqui me entregando, acreditando e vivendo! Por mais doloroso que às vezes seja, não me permito ser de outra forma! E é isso que desejo para você também!

Que o amor te encontre logo ali na esquina, sentado na calçada com um sorrisão largo no rosto, despido de tudo e entregue!

Namastê!

Sobre o autor

Carolina Zambelo

Carolina Zambelo

Jornalista, aquariana, mãe do Dudu (um maltês de 6 anos), tia da Bella e do Matheus, otimista por vocação, muita fé em Deus e na vida e sempre em busca da minha melhor versão.

Desde pequena sou ligada aos assuntos que envolvem esse mundo “oculto”, sempre acreditei em forças superiores e que a vida é algo muito além do que nossos olhos são capazes de enxergar, pelo menos, os olhos físicos.

Como um ser que ainda não se iluminou, coleciono tropeços, lágrimas, recomeços, mas também acertos lindos, sorrisos e muito amor!

Meu desejo é que meus conhecimentos humanos, espirituais e profissionais possam levar muita coisa boa para o maior número de pessoas possível e transformar vidas. Inclusive, foi por esse motivo, que ainda criança, decidi ser jornalista. Sempre acreditei que a informação revoluciona e é capaz de mudar o mundo.

Que essa missão perpetue e que seja incrivelmente linda para todos nós.

Gratidão. Namastê!

Contatos:
Facebook: /Carolina Zambelo |
Instagram: @carolinazambelo
E-mail: [email protected]