Autoconhecimento Energia em Equilíbrio

Como os quatro elementos básicos da Astrologia podem influenciar a personalidade

Tereza Gurgel
Escrito por Tereza Gurgel
O psicólogo suíço Carl Gustav Jung (1875 – 1961) certa vez escreveu: “A Astrologia merece o reconhecimento da Psicologia, sem restrições, pois representa a soma de todo o conhecimento psicológico da Antiguidade”.

Isso significa que não precisamos necessariamente endossar os princípios da Astrologia, mas não podemos qualificar todo este estudo antigo como mera superstição sem antes conhecê-lo. Devemos nos aproximar dos textos compilados durante centenas de anos, reconhecendo que estes expressam, na linguagem adequada à época que foram escritos, tudo o que havia de mais profundo na observação prática dos seres humanos e de suas características gerais.

Vale notar que a Astrologia, durante muito tempo, esteve ligada à observação dos astros, mal se diferenciando da Astronomia. Com o avanço da investigação científica, a Astrologia começa a ser desprezada, por interpretar de maneira simbólica os elementos cósmicos, unindo o movimento dos astros ao possível efeito exercido sobre os seres humanos.

Aos poucos, a visão e a compreensão da dimensão psicológica do ser humano foi sendo ampliada e aprofundada. Mas alguns estudiosos voltaram a sua atenção aos conhecimentos astrológicos, desfazendo-se de preconceitos, enfrentando a pressão do mundo científico e encontrando ali uma inesgotável fonte de sabedoria.

Em um mapa astral, tudo começa com o momento exato do nascimento. É quando a criança inicia seu ritmo de vida, de acordo com as energias Universais. Assim, cada indivíduo terá a tarefa de lidar e dirigir essas energias que estão presentes no seu mapa astral. Isso derruba a tese do determinismo, pois cada um de nós temos a obrigação de conhecer nossos aspectos menos favoráveis e nos esforçarmos para melhorá-los.

Os signos zodiacais também são conhecidos como “campos de energia”, “padrões arquetípicos”, “princípios formadores universais”, etc. As idéias de arquétipo de Jung podem ser aplicadas a estes padrões de energia. O arquétipo funciona como um ponto de concentração de energia; nele, configurações semelhantes tomam forma, e seriam comuns para todos os seres humanos, herdadas e repetidas através de milênios.

Muitas culturas incluem os quatro elementos básicos da Natureza em suas tradições filosóficas, religiosas e mitológicas. No ocultismo, os elementos se correlacionam com os corpos sutis do ser humano, ou “campos interpenetrantes de energia”, sendo as forças básicas que dão vitalidade a cada um destes corpos.

Na Natureza, os quatro elementos da Astrologia (terra, ar, água e fogo) são os blocos primordiais para a construção das estruturas materiais e orgânicas. Cada elemento representa um tipo de energia e consciência operando em cada um de nós. Todos estão presentes, embora cada pessoa esteja mais afinada com um tipo de energia do que com outra. Vamos ver então as características principais de cada elemento e sua influência:

FOGO 

O elemento Fogo, na Medicina Ayurvédica, é o princípio cálido e energizante do sistema circulatório/digestivo. Está relacionado com o corpo etérico ou vital (também conhecido como “duplo etérico”, na Parapsicologia). Jung relacionou o Fogo com o núcleo dinâmico da energia psíquica (libido), que flui espontaneamente. Os signos de Fogo (Áries, Leão e Sagitário) exemplificam a decisão, a fé em si mesmo, o egocentrismo e o entusiasmo.

AR 

Está relacionado com o sistema nervoso, a sensação mental, a percepção e a expressão. Atuante no corpo mental (ou causal), representa a consciência sintonizada com os padrões de pensamentos abstratos da Mente Universal. Os signos do Ar são: Gêmeos, Libra e Aquário. Geralmente são focados em idéias e teorias abstratas, se expressam nas artes, nas palavras e estudos.

ÁGUA 

É o princípio calmante, curativo e nutritivo. Está relacionada com o corpo emocional (ou astral). Representa as emoções e reações profundas, podendo ter uma intuição acentuada. A consciência é dominada por anseios intensos, reações imperiosas de sentimentos e desejos. Os signos de Água são: Câncer, Escorpião e Peixes.

TERRA 

Relacionada ao corpo físico e à sintonia com o mundo das formas físicas e materiais necessárias para a manutenção do corpo. Proporciona cautela, resistência e persistência, mantendo o foco na realidade e desconfiando de tudo que não seja prático. Os signos desse elemento são Capricórnio, Touro e Virgem.

Referências

“Astrologia, Psicologia e os Quatro Elementos” – Stephen Arroyo – Editora Pensamento

Você também pode gostar de outros artigos da autora. Acesse: A Renovação Planetária e a Nova Humanidade

Sobre o autor

Tereza Gurgel

Tereza Gurgel

Formada em Psicologia (F.F.C.L. São Marcos - SP). Filiada à ABRATH (Associação Brasileira dos Terapeutas Holísticos) sob o número CRTH-BR 0271. Atua na área Holística com Reiki, Terapia de Regressão e Florais de Bach. Mestrado em Reiki Essencial Metafísico e Bioenergético Usui Reiki Ryoho, Shiki, Tibetano e Celtic Reiki. Ministra cursos de Reiki e atende em São Paulo (SP).

E-mail: [email protected]
Telefone: 11 987728173
Site: mtgurgel.wixsite.com/mundoholistico
Blog: terezagurgel.blogspot.com.br
Skype: tk.gurgel