Autoconhecimento

Como ser generoso pode mudar o seu ano

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras
Quando o ano se inicia, sempre focamos em projetos mirabolantes e resoluções de ano novo muitas vezes impraticáveis. Geralmente, usamos o início do ano para nos dedicarmos totalmente a nós mesmos, uma vez que dezembro já foi o mês dedicado à caridade e generosidade. Talvez seja exatamente isso o que coloca todo o ano em risco. É preciso ter o poder da gratidão e da generosidade em nossos corações durante todos os dias de nossas vidas.

Não existe data ou época certa para isso, muito pelo contrário. Afinal, a máxima é doando que se recebe é extremamente forte e verdadeira. Quando nos tornamos pessoas verdadeiramente generosas e que se importam com o bem-estar do próximo, nos tornamos também pessoas mais felizes, bem-sucedidas e plenas. É o merecimento que passa a fazer parte de nossas vidas.

Não que esteja errado pensar em si mesmo e tomar atitudes que nos beneficiem, mas é preciso ter equilíbrio. Não faz o menor sentido usar dezembro todo para caridades e ignorar esta importante ação durante todo o restante do ano. O ideal é que consigamos ter bom senso de ajudar o próximo e nos doarmos sempre que isso se fizer necessário ou sentirmos vontade, sem que seja preciso nos deixar de lado.

A lei do retorno e o karma dizem exatamente isso: você recebe o que dá. A vida é feita de ciclos, de idas e vindas, de colher o que plantamos. Por isso, a importância de ser alguém que pensa no próximo antes ou ao menos ao mesmo tempo de pensar em si mesmo. É como ter a garantia que se cuidarmos de alguém sempre poderemos contar com o fato de que existirá outra pessoa cuidando de nós. É a importância de ser alguém generoso e de saber vibrar positivamente ao universo.

Quando temos esta consciência e conseguimos mudar os nossos hábitos, fica natural agir desta forma durante todo o ano. É preciso aprender a equilibrar as atitudes e gostar verdadeiramente de se doar. É preciso entender que o mundo está todo conectado e que sempre existirá alguém precisando de nós. Transborde paz, amor, felicidade e boas energias e você só terá coisas boas para receber em troca. Jamais duvide do poder da gratidão e da generosidade. Quando nos tornamos pessoas gratas, as realizações passam a acontecer diariamente, de forma que se tornam corriqueiras.

2018 pode ser um ano muito mais próspero e feliz se você aprender o quanto antes a mudar sua atitude e conseguir balancear suas resoluções de ano novo com fazer o bem ao próximo. Aliás, esta já é por si só uma ótima resolução de ano novo: aprenda a ser generoso em todos os 365 dias do próximo ano, deixe que a generosidade passe a fazer parte da sua vida, naturalmente!


Escrito por Roberta Lopes da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]