Comportamento Convivendo

Como ser uma pessoa melhor

Mulher sentada em uma cadeira giratória observa cidade do alto de um prédio. Seus braços estão erguidos e ela usa um chapéu.
archnoi1 / 123RF
Rodrigo Poiesis
Escrito por Rodrigo Poiesis

Cada vez mais ouvimos falar em autoconhecimento e a busca por ser uma pessoa melhor. Diferentes situações nos colocam frente a situações que não nos sentimos preparados para encarar. Não estar pronto para lidar com eventos que têm o potencial para nos desestabilizar pode colocar muito a perder.

Pessoas podem estacionar suas vidas por não conseguirem superar um acontecimento impactante. Quando você não consegue lidar apropriadamente com uma situação difícil, você acaba virando refém dela. Ao se tornar refém dos acontecimentos, o sofrimento se instala.

Quando existe a intenção de se desenvolver para ser uma pessoa melhor, é preciso, antes de qualquer coisa, entender suas motivações. O motivo de você querer ser essa pessoa melhor. Entender a motivação lhe ajudará a fazer com que se sinta melhor lá na frente, pois estará trabalhando exatamente o que lhe incomoda.

Frases prontas como a de que isso é o correto a se fazer ou de que toda a pessoa deve se desenvolver e ser a sua melhor versão não lhe darão o motivo real. Independentemente das frases serem corretas ou não, a questão é que a sua motivação não está na lógica. Sua motivação está nos sentimentos que te impulsionam a sair da posição em que você está hoje: em busca de uma saída para que possa se sentir melhor.

Mulher de braços erguidos. O cenário é de céu limpo.
Tirachard Kumtanom / Pexels

O motivo de querer ser uma pessoa melhor

O sofrimento, o incômodo, a saturação do momento atual em que se vive costumam ser os sentimentos mais comuns que impulsionam uma ação de busca pela mudança. Pode ser que você esteja com dificuldades de lidar com as outras pessoas. Pode ser que sua vida estagnou ou que fazer tudo do jeito que fazia antes não traz mais os mesmos resultados.

Seja qual for a sua motivação, o importante é que isso esteja claro para você. Entenda quais são as coisas que lhe incomodam e quais as mudanças que você gostaria de fazer. Tendo essas respostas em mãos, você já terá uma direção. Você já deu o seu primeiro passo para se tornar uma pessoa melhor. Agora o momento é de seguir essa direção.

Como ser uma pessoa melhor

Não existe uma receita mágica para alguém ser uma pessoa melhor. Cada pessoa é única, tem suas características, vive numa determinada realidade, com diferentes influências e condições. Cada um enfrenta diferentes limitações e tem guardado dentro de si diferentes potencialidades prontas a serem exploradas.

O que existe são formas de explorar si mesmo com o autoconhecimento e buscar os objetivos que mais façam sentido para sua realidade atual. Partindo desse pensamento, vem o primeiro movimento para tomar decisões na busca por ser uma pessoa melhor: ter uma imagem coerente de si mesmo. Não é a pessoa que você foi ou a que você acredita que será no futuro que você irá tomar como ponto de partida, mas a pessoa que você é hoje.

A pessoa que você é atualmente, dentro das condições em que vive hoje, forma o ponto de partida na sua jornada por ser alguém melhor. Essa é uma jornada contínua, não um ponto de chegada específico. É como um curso que você faz por determinado tempo e, ao final, recebe seu certificado. O desenvolvimento humano é um trabalho contínuo e é o que nos leva a ter uma vida equilibrada e feliz.

Embora não exista uma receita pronta para que você consiga se tornar uma pessoa melhor, existem diversas ações que você pode praticar para que isso se torne uma realidade. Dependendo da pessoa que você é hoje e dos seus objetivos, você pode efetuar as ações que mais fazem sentido para você.

Idosa sorri entre flores amarelas.
Edu Carvalho / Pexels

Tornando-se uma pessoa melhor

Uma atitude comum de quem busca se tornar uma pessoa melhor é a de assumir a responsabilidade por si mesmo e pelos resultados que obtém. Independentemente da influência de acontecimentos alheios à sua vontade, as escolhas e a direção que você está seguindo na vida dependem de você. Comece tomando a responsabilidade para si, porque assim não fugirá mais das decisões que surgirem nem jogará para outras pessoas a culpa por algo que aconteceu com você. Você não é uma vítima, mas autor da sua própria história.

Cuide para ser cuidado. Cuide das pessoas ao seu redor, cuide daquilo que utiliza no seu dia a dia, tenha respeito pela limitação dos outros e não espere que os outros tenham uma atitude de cuidado com você para depois agir assim. Ser zeloso, gentil e tratar os outros como gostaria de ser tratado lhe abrirá portas para se comunicar, aproximar e conhecer mais profundamente as pessoas. Ao conhecer mais sobre os outros, você aprende muito e acaba conhecendo melhor si mesmo.

Praticar ações positivas, mesmo que você comece fazendo isso mecanicamente, pode trazer grandes benefícios para você. Elogiar os outros, sorrir mais, colocar-se disponível para ajudar, ser honesto e outras atitudes que sejam benéficas as pessoas ao seu redor acabarão sendo positivas para você também. Quando você se propõe a ser uma pessoa melhor, não é para ser melhor para si mesmo, mas para se integrar melhor ao mundo.

Você também pode gostar

Suas práticas positivas farão com que pessoas que pensam e agem de forma semelhante se aproximem. O universo lhe dará aquilo que você emitir para ele. Mas não fique esperando receber o retorno por aquilo que investe. Encontre a alegria em cada ação que fizer e que lhe proporciona o seu desenvolvimento. Não valorize o que é prejudicial. Foque nas coisas boas e que te levam em direção a ser uma pessoa melhor.

Sobre o autor

Rodrigo Poiesis

Rodrigo Poiesis

Trabalho como coach e mentor com foco no comportamento humano e no autoconhecimento para atingir o bem-estar e alcançar propósito de vida.

Minha jornada com o autoconhecimento e a busca de bem-estar se iniciou por necessidade. Comecei da forma mais difícil, sofrendo e andando em círculos sem saber que direção tomar. Foram vários anos vivendo no mal-estar, tentando alcançar o mais ou menos. Nessa época eu nem imaginava que o bom, o ótimo e o incrível eram opções viáveis para se viver.

À medida que fui entendendo como tornar minha vida melhor e mudei totalmente o estado em que eu vivia passei a querer compartilhar algumas reflexões que eu tinha no processo de autoconhecimento em que vivo constantemente. Assim nasceu o site Poiesis. Com um toque de poesia, música e muita reflexão, que leva ao autoconhecimento, o site Poiesis foi ganhando forma e hoje é meu companheiro de trabalho na busca pelo bem-estar das pessoas. Foi uma forma que encontrei de ajudar outras pessoas, que como eu buscam entender melhor o mundo e a si mesmas.

Nessa caminhada de muito estudo e descobertas sobre o comportamento humano, autoconhecimento e bem-estar, o sentimento de dividir isso com outras pessoas se tornou cada vez maior. Ao me tornar coach e mentor, encontrei as ferramentas necessárias para introduzir toda essa bagagem num formato que ajudasse outras pessoas a saírem de um estado negativo ou estagnado para um estado de bem-estar e empoderamento.

Atualmente também faço análise corporal para entender a história de cada pessoa, como ela se comporta, quais suas limitações e potencialidades. Tudo isso fica registrado no corpo humano e na forma como agimos. Com isso é possível se aprofundar e entender muito a individualidade de cada pessoa. Cada um tem uma maneira de ser, agir e sentir. Entender a si mesmo é a chave para entrar numa realidade de bem-estar e prosperidade.

Email: [email protected]
Site: poiesis.online
Facebook: poiesis.online
Instagram: @poiesis.online