Fonoaudiologia Reorganização Neurofuncional Saúde Integral

Conheça a Reorganização Neurofuncional

Neusa Botana
Escrito por Neusa Botana

A Reorganização Neurofuncional é um método terapêutico idealizado pela Dra Beatriz  Padovan (fonoaudióloga), e foi  mostrado à comunidade científica em 1975. Utilizo-o em minhas terapias há 25 anos, ele tem como princípio o reestabelecimento de três fases básicas para um bom desenvolvimento global do indivíduo, que são:  andar (fase neuro motora), falar (fase motora da fala e linguagem expressiva-receptiva), pensar (capacidade de aprender e se adaptar ao meio em que vive).

Ao estudar o educador alemão Rudolf Steiner, criador da pedagogia Waldorf, a Dra Beatriz descobriu uma conferência intitulada “Andar-Falar-Pensar”, e percebeu um raciocínio óbvio e coerente com as dificuldades que observava em seus atendimentos no consultório.

Para Rudolf Steiner, uma das conexões mais importantes para conhecimento e aplicação na educação, e por extensão, também num processo terapêutico, é o que se refere às relações entre o andar, o falar e o pensar.

Ele afirma que estas três atividades definem o ser humano como tal: “o homem é o ser que anda ereto, usa uma linguagem codificada e elabora ideias, isto é, o ser que pensa.  

shutterstock_274429088

Andar

Não é um simples locomover-se, erguer-se e andar ereto é apenas o traço mais visível de um processo evolutivo que leva a criança de uma posição horizontal à posição vertical. Ela vai ter que vencer a força da gravidade e colocar seu corpo no espaço, com equilíbrio e harmonia, dominando todas as direções espaciais.

shutterstock_116233960

Falar

Não se restringe apenas a palavra oral, mas abarca qualquer tipo de comunicação. Há vários tipo de linguagem: gestual, mímica, leitura, escrita, matemática, música, código Morse e muitas outras.

Como disse David Boadella, “mesmo o silêncio absoluto nos diz algo da pessoa. É impossível o indivíduo não se comunicar”.

shutterstock_221708842

Pensar

Todos os seres vivos possuem um programa genético, mas necessitam do meio ambiente adequado para poder manifestá-lo. Os animais, em geral, são programados para cumprir seu potencial genético, não podendo modificá-lo. Com o homem, porém, é diferente, porque ele pode modificar, e mesmo aprimorar este potencial. Isto acontece porque no ser humano existe a possibilidade de escolher, o poder de pensar. Esta capacidade do pensamento  o distingue dos animais.

Para Rudolf Steiner, o que se denomina pensar, é o poder de adaptar-se e aprender, características pertinentes ao homem.

A fonoaudiologia da Reorganização Neurofuncional, utiliza estas fases do desenvolvimento para resgatar falhas de processos que não foram bem estabelecidos no amadurecimento global, realizando exercícios pertinentes a cada uma delas, para que o indivíduo possa desenvolver-se adequadamente nas suas  potencialidades de realização, sejam elas: motora global, fina, funções executivas, linguagem e aprendizado. Atualmente este método é usado em vários países como Alemanha, Canadá, Espanha, Grécia, França, Índia, Marrocos, entre outros.

Utilizo essa metodologia em minha prática clínica, com resultados importantes em pacientes com comprometimento de distúrbio de leitura e escrita, trocas articulatórias (dislalia – dificuldade na articulação de palavras), respiração oral, flacidez de musculatura extra e intra oral, TDAH (transtorno do deficit de atenção /hiperatividade), TEA (transtorno do espectro autista) e dislexia.  

Sobre o autor

Neusa Botana

Neusa Botana

- Formada em Fonoaudiologia e Psicopedagogia pela PUC - SP.
- Especialista em motricidade oral, leitura e escrita, método reorganização neurofuncional – Padovan.
- Pós graduada em Distúrbio de Aprendizado pela PUC-SP.
- Pós graduanda no setor de pediatria do Instituto da criança do HC- FMUSP.
- Professora convidada para cursos de pós graduação na área de Distúrbio do Aprendizado em indivíduos portadores de dislexia, autismo, transtorno do déficit de atenção e hiperatividade.
- Fonoaudióloga em equipe multidisciplinar no Ambulatório do Distúrbio do Aprendizado – Instituto da Criança do ICR – FMUSP.

Fonoaudióloga – CRF2: 3296

Contato:

Clínica: Rua Guaipá, 1238 – Vila Leopoldina/SP
Telefone: (11) 3832-2419
Email: [email protected]