Saúde Integral

Negar seus sentimentos pode te deixar doente

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Uma vida com segredos perante os outros pode ser muito difícil de ser levada. Uma vida com negações (quase uma espécie de segredos pra si mesmo) se torna mais difícil ainda. E, se esta negação for de coisas tão intensas, como os sentimentos que tem, fica praticamente impossível viver. Saiba que negar seus sentimentos pode ser a causa de diversos males e de uma vida infeliz.

Infelizmente, ainda vivemos em uma sociedade em que a educação é em muito baseada na negação. Um pai orienta o filho a engolir o choro, a cortar sua sinceridade para não magoar os outros (“diz pra sua tia que adorou as meias que ganhou no Natal!”) e até mesmo reprimir os sentimentos (“não tem cabimento você não gostar do seu primo ou estar apaixonado pela tia da escola, isso é bobeira de criança!”). Dessa forma, crescemos achando que negar o que sentimos é um processo natural e podemos desenvolver situações traumáticas e estressantes que nos afetarão por toda a vida.

Veja bem, não estou dizendo aqui que o ideal é o outro extremo: declarar a plenos pulmões tudo o que sente e pensa também não é a melhor das escolhas. Nada que é exagerado pode ser bom. E o bom senso está aí para nos ajudar a levar uma vida mais leve e plena. Algumas omissões devem ser feitas para evitar transtornos e desconfortos nada agradáveis. Afinal, qual a grande diferença em dar um sorriso e elogiar um novo corte de cabelo da sua amiga? Se ela gostou, mas não é dos seus preferidos, o que importa é que ela fique feliz, não é mesmo?

O que não podemos é tornar disso um hábito constante e nos transformarmos em uma rocha rígida. Ser frio em demasia é algo que ninguém quer pra si. Afinal, dessa forma, nos tornamos pessoas muito mecânicas vivendo em negação.

Guardar os sentimentos pode gerar crises de estresse, tristeza, depressão, ansiedade, síndrome do pânico e diversos outros males a nossa saúde. Além dos sintomas mentais e psíquicos, dores físicas podem surgir. Rigidez no pescoço, dores na coluna e musculares, apertos no peito, dores de cabeça e garganta seca são alguns dos mais comuns. É psicossomático! E tudo isso porque você preferiu engolir um sapo no lugar de mostrar sua insatisfação ou resolveu nunca contar para aquele seu amigo que você queria na verdade algo mais.

Sempre que um sentimento for forte ou recorrente, ele deve ser colocado pra fora, independente das consequências que pode causar. Afinal, se ele não te deixa em paz, é porque deve valer o risco. Avalie suas ações sabendo que todas terão uma reação, mas sempre coloque um peso maior no alívio que você sentirá sendo mais verdadeiro e demonstrando aos outros o que realmente está em seu peito.

Os sentimentos existem para nos tornar mais humanos. Tenha sempre isso em mente!


Texto escrito por Roberta Lopes da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sua opinião é bem-vinda, sempre que colocada com a educação e o respeito que todos merecem. Os comentários deixados neste artigo são de exclusiva responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]