Nutrição Nutrição alternativa/não convencional Nutrição Funcional

Cuidados com a alimentação: o que é intolerância a lactose?

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Intolerância ao glúten e à lactose tem se tornando muito comum na vida das pessoas. Não existe uma fase específica para desenvolvermos a intolerância. A lactose é um hidrato de carbono composto por glicose e galactose e está presente em glândulas mamárias de mamíferos.

Quando a pessoa manifesta intolerância à lactose é porque há uma deficiência da lactase, que é quando o intestino delgado não produz a quantidade necessária da enzima lactase e, consequentemente, acontece a lactose que é a ingestão de leite e derivados. Os sintomas de quem tem a intolerância são semelhantes à incomplacência ao glúten: diarreia, inchaço, dores abdominais e náuseas.

Tipos de lactose

De acordo com os especialistas existem três tipos de intolerância à lactose: Intolerância à lactose primária: muito comum nas pessoas com idade mais avançada;

Intolerância à lactose secundária: consequência de um ferimento ou doenças como doença celíaca, doença de crohn, diarreias causadas por gastroenterite viral, giardíase, diabetes mellitus avançado, quimioterapia, AIDS;

Intolerância à lactose congênita: quando a pessoa já nasceu com o problema.

O que pode ser substituído?

shutterstock_221005348-2 Assim que descoberto que seu corpo não produz a lactase e que consequentemente ocasiona a lactose é necessário pensar em uma substituição. Com o crescente número de pessoas que tem desenvolvido estes sintomas, a indústria de alimentação voltada especificadamente para essas pessoas cresceu.

Hoje você pode encontrar leite sem lactose, queijo sem lactose, iogurte sem lactose, manteiga sem lactose e outras opções. É possível encontrar estes alimentos em estabelecimentos maiores que oferecem variadas opções. Leite de vaca, por exemplo, jamais deve ser ingerido por alguém que desenvolve este problema.

Estima-se que mais da metade da população mundial desenvolveu em algum momento da vida, a intolerância à lactose. Mas atenção, os especialistas alertam que existem pessoas que tem alergia à proteína do leite de vaca, que por sua vez é bem diferente da intolerância à lactose.

Tratamento para lactose

Vale ressaltar que a intolerância à lactose não é uma doença que pode comprometer a saúde daquele que desenvolve uma deficiência da lactase, ele apenas tem uma carência desta produção e que pode ser controlado com remédio e tratamento. Logo no início é feita a suspensão de alimentos e derivados do leite. Após estes são reintroduzidos para ver perceber até que ponto o corpo se adapta.

O cálcio presente no leite é muito importante para a saúde óssea das pessoas por isso não se deve cortar do nosso cardápio. É importante buscar alternativas para uma vida saudável incluindo opções como leite de soja, leite de coco e amêndoas.

Algumas vezes não é necessário o corte do leite, uma diminuição na ingestão da bebida já ajuda a amenizar os sintomas. Por isso, o melhor a fazer é consultar o médico e fazer um tratamento adequado.

Algumas dicas importantes:

  • Nunca beba leite de estômago vazio;
  • Beba leite com baixo teor de lactose;
  • Como iogurte, pois ele ajuda a ativar a digestão;
  • Para repor a quantidade de cálcio, ingira mais alimentos como peixe, salmão, bacalhau.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]