Autoconhecimento Comportamento Comunicação Não-Violenta

Desprezo: como lidar com esse sentimento?

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Segundo o dicionário Michaelis, desprezo significa a falta de apreço ou de consideração, desdém, sentimento de desapego, desprendimento ou repulsa por alguém. O fato é que, o desprezo é um sentimento forte baseado na convicção da inutilidade de alguém ou no julgamento de uma pessoa como inferior.

Esse sentimento geralmente vem em forma de palavra que tem como o objetivo ferir e desmoralizar, e pode ser transpassado por meio de um gesto, como uma sobrancelha que altera a feição do rosto, arqueando-se para cima e demonstrando rejeição diante de uma pessoa ou do que se vive no momento.

Poucos sabem, mas o desprezo é um sentimento que se torna um tipo de comportamento extremamente prejudicial ao psicológico. Quem é desprezado se sente humilhado e até mesmo se coloca em posição de humilhação, não só diante de quem age com desprezo, mas diante de outras situações da vida também.

Se sentir diminuído e incapaz de conviver em determinados ambientes é uma consequência que pode até anular alguém de um convívio social. Por outro lado, quem age com desprezo tem com clareza a intenção de ridicularizar o outro. É como se ficasse esperando a hora certa para humilhar alguém, e assim evidenciar opiniões maldosas que são proferidas simplesmente para ferir e aumentar o próprio ego (pois quem diminui alguém, com certeza se sente superior).

Mulher desprezando o seu esposo. Ela está por trás dele fazendo caretas. Ele está triste.

Como lidar com o desprezo?

Como já sabemos, ser desprezado faz com que fiquemos cabisbaixos e desanimados, até mesmo desacreditados, o que pode desencadear problemas mais sérios como depressão. A questão é que, se você está sendo desprezado nesse momento da sua vida, é preciso parar e analisar algumas atitudes. Não que a culpa seja sua, mas é preciso parar e pensar em todas as ações para tentar entender um pouco o porquê dessa “raiva” gratuita que você está recebendo. Se souber que não tem nada a ver com alguma atitude sua, a melhor opção é não agir da mesma forma. Vamos te dar algumas dicas para lidar com este sentimento, atente-se!

1- Olhe para si mesmo e reconheça as suas qualidades, tirando aprendizados dos seus defeitos e não se culpando por nada. Se você tiver dificuldade em encontrar qualidades em si, pergunte a algum amigo e peça ajuda para analisar os seus pontos fortes. Muitas vezes nós possuímos uma certa dificuldade em nos avaliarmos de forma positiva, então pedir ajuda pode ser uma boa opção! E ao evidenciar as suas qualidades, permita-se sentir especial por cada ponto que é só seu, não pense que será arrogância ou prepotência da sua parte.

2- Se você se sente com muitos problemas, lembre-se que todos nós temos problemas, e nenhum é mais importante do que o outro. Cada um é cada um, e apenas nós sabemos do que sentimos, e mesmo assim, podemos ouvir e tentar ser conforto para alguém. Ninguém precisa ficar sozinho!

3- Seja paciente e não desconte em ninguém. Não reaja com desprezo, pois nunca sabemos o que o outro está pensando. Por muitas das vezes no calor de um momento, o desprezo pode chegar até você como reflexo da insegurança de alguém. Se você agir da mesma forma, alimentará este sentimento no outro, mas se agir de forma diferente, pode ter certeza que o rumo das coisas mudará.

Dois homems negros, um de frente para o outro. Ambos estão se encarando e com ar de desprezo. Um é mais alto e possui cabelos longos o outro tem pouco cabelo. Ambos vestem camisa xadrez.

4- Valorize as pessoas que estão à sua volta e esteja sempre atento à forma de lidar com todos. Cada pessoa tem a sua singularidade e pode nos ensinar algo diferente, não julgue ninguém!

5- Converse com alguém sobre o que sente, como já foi dito anteriormente, ninguém precisa ficar sozinho. Sentimentos guardados uma hora transbordam e precisamos desabafar e ouvir palavras de um amigo que tenha uma visão diferente da nossa. Desabafe!

6- Quando se sentir confortável, converse com a pessoa que te despreza, inicie o diálogo com um sorriso e tente mostrar que você sente. Se ela não quiser falar e insistir em te humilhar, insista no amor e não retribua ódio.

7- Se ame! Você é um ser único e especial! Por mais que o que os outros digam te atinja, não se deixe afetar, pois ninguém pode invadir o seu interior, só se você permitir!

Homem de pé segurando um capacete e apontando o dedo para três pessoas sentadas, sendo duas mulheres e um homem. Os três estão de cabeça baixa com as mãos sobre ela. Eles estão sendo desprezados pelo homem que está de pé.

Se mesmo com estas dicas, você ainda sentir que está difícil lidar com o que vem acontecendo, vamos te ensinar uma prática da filosofia havaiana contra a mágoa, que é a prática de oração ” Ho’oponopono”, que no dicionário havaiano significa “higiene mental”. A prática consiste em focar no que te faz mal, eliminando tais sentimentos ruins por meio da consciência de que a única pessoa que pode anular todas as ações negativas da sua vida é você!

Tudo o que já vivemos fica guardado na nossa memória, e na maioria das vezes guardamos mágoas e nem percebemos. O Ho’oponopono tem como finalidade liberar essas memórias que podem criar alguns obstáculos na sua vida ou simplesmente ser uma fonte de sofrimento.

Você também pode gostar

A prática mais moderna dessa filosofia consiste em quatro principais frases: sinto muito; me perdoe; eu te amo e sou grato. Insira estas frases na sua rotina, por mais difícil que seja no início. Pratique a oração a seguir e desprenda-se de qualquer mágoa gerada pelo desprezo e emane boas vibrações para quem age dessa forma tão ruim! Pratique o perdão e mude o rumo das situações que te incomodam, mostre que você tem somente o bem à oferecer. Você pode fazer a diferença!

Faça a oração original Ho’oponopono e liberte-se de qualquer vínculo de mágoa. Tenha a certeza de que o melhor caminho é o perdão e o peito leve!

Mão feminina segurando um japamala e fazendo a oração do ho'oponopono.

“Divino Criador, Pai, Mãe, Filho, todos em Um.
Se eu, minha família, meus parentes e antepassados, ofendemos sua família, parentes e antepassados, em pensamentos, fatos ou ações, desde o início de nossa criação até o presente, nós pedimos o seu perdão.
Deixe que isso se limpe, purifique, libere e corte todas as memórias, bloqueios, energias e vibrações negativas.
Transmute essas energias indesejáveis em pura luz e assim é.
Para limpar o meu subconsciente de toda carga emocional armazenada nele, digo uma e outra vez, durante o meu dia, as palavras-chave do Ho’oponopono:
Eu sinto muito. Me perdoe. Eu te amo. Sou grato.
Declaro-me em paz com todas as pessoas da Terra e com quem tenho dívidas pendentes.
Por esse instante e em seu tempo, por tudo o que não me agrada em minha vida presente:
Eu sinto muito. Me perdoe. Eu te amo. Sou grato.
Eu libero todos aqueles de quem eu acredito estar recebendo danos e maus-tratos, porque simplesmente me devolvem o que fiz a eles antes, em alguma vida passada:
Eu sinto muito. Me perdoe. Eu te amo. Sou grato.
Ainda que me seja difícil perdoar alguém, sou eu que pede perdão a esse alguém agora. Por esse instante, em todo o tempo, por tudo o que não me agrada em minha vida presente:
Eu sinto muito. Me perdoe. Eu te amo. Sou grato.
Por esse espaço sagrado que habito dia a dia e com o qual não me sinto confortável:
Eu sinto muito. Me perdoe. Eu te amo. Sou grato.
Pelas difíceis relações às quais só guardo lembranças ruins:
Eu sinto muito. Me perdoe. Eu te amo. Sou grato.
Por tudo o que não me agrada na minha vida presente, na minha vida passada, no meu trabalho e o que está ao meu redor, Divindade, limpa em mim o que está contribuindo para minha escassez:
Eu sinto muito. Me perdoe. Eu te amo. Sou grato.
Se meu corpo físico experimenta ansiedade, preocupação, culpa, medo, tristeza, dor, pronuncio e penso: “Minhas memórias, eu te amo”.
Estou agradecido pela oportunidade de libertar vocês e a mim.
Eu sinto muito. Me perdoe. Eu te amo. Sou grato.
Neste momento, afirmo que te amo.
Penso na minha saúde emocional e na de todos os meus seres amados. Te amo.
Para minhas necessidades e para aprender à esperar sem ansiedade, sem medo, reconheço as minhas memórias aqui neste momento:
Sinto muito, eu te amo.
Minha contribuição para a cura da Terra:
Amada Mãe Terra, que é quem eu sou: se eu, a minha família, os meus parentes e antepassados te maltratamos com pensamentos, palavras, fatos e ações, desde o início da nossa criação até o presente, eu peço o teu perdão.
Deixa que isso se limpe e purifique, libere e corte todas as memórias, bloqueios, energias e vibrações negativas.
Transmute essas energias indesejáveis em pura luz e assim é.
Para concluir, digo que esta oração é minha porta, minha contribuição à tua saúde emocional, que é a mesma que a minha.
Então esteja bem, e na medida em que vai se curando, eu te digo que:
Eu sinto muito pelas memórias de dor que compartilho com você.
Te peço perdão por unir meu caminho ao seu para a cura, te agradeço por estar aqui em mim.
Eu te amo por ser quem você é”.

Homem de costas e de braços abertos fazendo uma oração de gratidão olhando para o sol se pondo.

Após esta oração, pense somente no bem. Os sentimentos ruins primeiramente fazem mal a você. Pode ter a certeza de que quem despreza possui um buraco enorme no peito, e o seu papel em situações como essa, pode ser preencher o peito de quem te machuca, com toda a gratidão e amor que existe dentro do seu ser. Lembre-se sempre que ninguém é de ferro e a má comunicação por muitas das vezes é o que promove a distorção de ideias. Se comunique mais com todos, repare no seu próprio jeito de agir e analise se você não age com desprezo no seu dia a dia. Assim como dói em você, vai doer no outro também.

Faça uma autoanálise e pratique o perdão. Faça orações e seja sempre positivo, não seja tão ruim com você. Acredite se quiser, a partir do momento em que você se amar e entender o quão único e especial você é, a única coisa que você terá pra oferecer e transpassar para todos ao seu redor é gratidão e amor!

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br