Autoconhecimento

É possível controlar o mundo?

autocontrole
Juliana Romera
Escrito por Juliana Romera



Você acha que controla tudo? Acha que pode prever os acontecimentos e estar sempre preparado para eles? Você acha que é só “seguir o seu plano” que tudo acontecerá da maneira que você espera?

Se você respondeu “sim” para todas as alternativas, eu mal consigo calcular o tamanho do seu sofrimento por essa ilusão.

Se respondeu “depende”, seu sofrimento não deixa de ser grande, você talvez só ache que controla uma coisa ou outra (talvez aquela que você pensa dominar), mas quando elas saem do seu “controle”, aí surge o sofrimento.

Mas se você já consegue entender que nada está sob controle, que controla suas ações, mas não os resultados delas, então, você é livre!

A ideia de que tudo acontece como e quando deve acontecer, nos deixa mais livres para agir. Eu devo fazer o que cabe a mim e esperar os resultados de coração aberto, confiando em uma ordem maior, com o nome que você preferir: Isvara, Karmas, Brahma, Deus…

autocontrole

A sua ação deve ser correta (dharmica) e os resultados recebidos com felicidade, sejam eles os esperados ou não. Minhas ações têm atitude de oração, faço em prol dessa ordem, da melhor maneira que cabe a mim.

Entender que eu só tenho poder até um determinado ponto, libera a minha mente da sensação de fracasso quando algo dá errado, ou melhor, quando algo sai diferente do que eu esperava.

Veja um exemplo bem simples para explicar esse entendimento:

Imagine-se jogando sinuca, você escolhe a bolinha em que vai bater, o melhor taco, a melhor posição e dá sua tacada. Você fez o que devia ser feito da melhor maneira possível. Agora, se a bolinha vai cair na caçapa ou não, é incontrolável, não adianta torcer, pois o rumo da bolinha já foi traçado e só podia ter sido diferente até o momento que você deu sua tacada. Torcer para ela cair é ilógico, sua torcida não vai mudar o rumo da bolinha, nem mesmo um “pensamento positivo”.

E esta é a reflexão, até certo ponto eu tenho “controle” (será?), depois disso devo esperar e aceitar o que acontecerá.

Se você é controlador, jogar sinuca é estressante, se você é livre, jogar sinuca é leve e divertido.

Qual jogador você quer ser na vida?

Relaxe! Nada está sob controle!

Você também pode gostar de outros artigos do autor. Acesse: https://www.eusemfronteiras.com.br/autor/juliana-romera/

Sobre o autor

Juliana Romera

Juliana Romera

Me formei em Educação Física e conheci o Yoga em 2006, em uma academia que trabalhava, e desde então nunca mais parei. Logo comecei a conhecer também a teoria, a filosofia que envolve o Yoga e hoje é meu maior foco de estudo e prática, o Vedanta.

Em 2012 criei a página Yoga Diária, com a intenção de mostrar que Yoga é muito mais do que Asanas (posturas), postando diariamente frases e reflexões sobre Vedanta e temas relacionados, e falando sobre Yoga todos.

Acredito muito na libertação que este estilo de vida pode proporcionar para as pessoas, por isso tenho muito prazer em estudar, ensinar e falar sobre Yoga.

Hoje dou aulas regulares de Yoga, além de cursos e palestras sobre o tema e também com aulas de personal com foco em reabilitação e terceira idade.

Contatos:
e-mail: [email protected]
blog: www.yogadiaria.com.br
Celular: 11 981707200
Facebook / Instagram / Youtube : @yogadiaria