Autoconhecimento

É possível inovar no dia a dia?

Conceito de mente criativa. Homem vestido de terno. No lugar da cabeça existe uma explosão colorida.

Depende do seu estado de espírito!

Eu acredito verdadeiramente que é possível inovar em qualquer momento de nossas vidas, o único momento complicado é quando a vida não faz mais sentido.

Chegar nesse momento, onde nada mais vale a pena, é muito perigoso. Muitas pessoas não conseguem retornar desse ponto, sim, estou falando das pessoas que sofrem de algum tipo de depressão ou uma forte vontade de desistir de tudo e da vida.

Para elas, como eu já visitei muitas vezes esse lugar, os resultados financeiros, boa família, bons relacionamentos e viagens maravilhosas não são suficientes para ajudar a sair desse ponto de dor e buscar algo que realmente traga alguma alegria ao ponto de querer voltar a ser criativo e inovar.

Estou passando por um momento muito interessante na minha vida, sempre senti uma forte inclinação para ser um educador, tentei por várias vezes criar associações, institutos e escolas. Em algumas dessas empreitadas, tive sucesso. Em outras, não consegui atingir os meus objetivos de ajudar as pessoas. Quando me deparei com as questões do que é sucesso, fui obrigado a fazer uma reflexão profunda no que realmente me trazia alegria e, nesse ponto, a coisa ficou difícil de ser respondida.

Papéis amassados. Nas cores vermelho, roxo, verde e amarelo. Todas fazem o formato de uma lâmpada. Apenas a amarela está "acessa".

Não adiantava eu ter sucesso com os meus projetos, eu não estava conseguindo ter alegria comigo mesmo e culpava os meus fracassos ou a situação econômica, etc.

Inovar é mais do que ser criativo, a capacidade de olhar o que verdadeiramente me traz alegria é o resultado que vem por meio do meu esforço, assim, sempre será um bom resultado, porque ele não está ligado aos números ou metas atingidas, mas, sim, a quantidade de alegria que trouxe ao meu coração cada ação que eu consegui realizar.

A vida diária é um grande campo para a inovação e solução de problemas!

“Costumamos imaginar a criatividade como algo rarefeito: os artistas, poetas, músicos, cineastas são criativos. Mas o mestre-cuca, em sua cozinha, mostra criatividade quando inventa uma receita nova. O pedreiro mostra criatividade quando descobre um jeito novo de assentar os tijolos ou economizar materiais.” — Teresa Amabile (psicóloga).

Eu observo atentamente todas as pessoas e sinto que muitas têm um dom, um saber especial para realizar e inovar em alguma coisa. Alguma habilidade pode ser destacada, quando essa habilidade ganha conhecimento e técnicas, a pessoa apresenta uma criatividade evidenciada e percebo que o olhar brilha e o coração bate feliz!

O pensamento crítico tem a capacidade de nos ajudar a imaginar possibilidades diferentes ou, se nós não tomarmos cuidado, nos torna pessoas amargas e sem nenhuma vontade de inovar ou mudar algo nas nossas próprias vidas. Como podemos brincar com a nossa mente?

O momento que estou vivendo parece não ter solução. Minha mãe está com uma questão de saúde, que é um AVC Isquêmico, e isso já faz um ano. Nesse período, não conseguimos uma cuidadora que atendesse às necessidades dela. Cada hora é um problema, seja o financeiro, as cuidadoras que não têm paciência ou, às vezes, a minha mãe fica irredutível. Se eu olhar para o que ocorre no dia a dia sem ser criativo e inovar nas soluções, para que tragam alegria na vida da minha mãe e para mim, que estou mais próximo, com certeza, só verei problemas, mas assim que inovo na visão de um novo panorama, consigo ser independente, assumindo riscos e ativando a minha coragem de tentar fazer algo novo. Parece um jogo de criança!

Ainda no assunto da minha mãe, para eu dar aulas ou cumprir a minha agenda em São Paulo, tenho que trazê-la comigo, uma vez que ela mora no interior. Muitas vezes, ela não quer sair de casa, nesse momento tenho que ser criativo e inovar nas minhas argumentações para que ela aceite viajar comigo. Como uma criança ferida, muitas vezes, ela vem sem nenhuma vontade, mas por amor e compreensão acaba aceitando e, em alguns momentos, até fica comigo e assiste minha aula. E o mais legal é quando eu digo para os participantes que a minha mãe está presente, as pessoas ficam surpresas e a minha mãe fica cheia de orgulho. Esse é um bom exemplo de criatividade e inovação. Com esse exemplo, podemos perceber que a qualquer momento e em qualquer situação é possível ser criativo e inovar.

Jovem usando terno vestido de super herói. Uma lâmpada acessa está acima da cabeça dele. Conceito de ideia nova. Conceito de coragem para ser criativo.

E o outro elemento que dá liga em tudo é a paixão, a intenção, a motivação e, principalmente, a gratidão. Aquilo que você ganha se fizer o que te dá prazer, não mais simplesmente por obrigação.

Sentir e experimentar afinidade com algo é o começo da criatividade.

Nesse final de semana, eu fui convidado para representar a minha escola, a Academia Confluência — Projetando Saberes, em uma biblioteca na região da Vila Maria, em São Paulo. Vou usar esse exemplo para falar de criatividade e inovação. Eu e a minha sócia, Anna Maria, teríamos dois horários, cada um com duas horas para as nossas apresentações, mas por algum motivo, a organização teve alguns contratempos e o meu tempo de duas horas foi reduzido para meia hora. Como entregar o que estava programado para duas horas em apenas trinta minutos?

Não vou dizer que foi fácil, mas a criatividade e inovação só ocorrem quando tem a preparação. Quando você está preparado, domina e ama o que faz, toda e qualquer situação te ajuda na hora que tem que improvisar. Peguei os tópicos sobre valores humanos e usei a platéia como exemplo, percebi um jovem de 17 anos que estava com a namorada na plateia e pedi licença para fazer um exercício de perder o medo de falar em público, em menos de 5 minutos, ele estava ao meu lado no palco contando a sua paixão de escrever e como ele gostaria de ajudar as pessoas por meio dos seus textos. Vamos falar de criatividade, inovação e preparação, quando você tem domínio desses três momentos, você consegue fazer uma apresentação de quatro horas em trinta minutos e também consegue pegar trinta minutos e transformar em quatro horas.

Lendo um livro sobre a vida de Einstein, descobri como nasceu a paixão dele pela física. Aos cinco anos de idade, ele ficou doente, aí o pai trouxe uma bússola de presente para que ele esquecesse a enfermidade ao brincar. O menino ficou horas e horas observando, fascinado com a agulha que apontava para o norte. Aos setenta anos de idade, Einstein disse: “Essa experiência causou-me uma impressão profunda e duradoura. Devia haver um mistério por trás das coisas.”.

Do amor inicial por alguma coisa brota a persistência, aqueles que zelam, com paixão, por aquilo que fazem, não desistem com facilidade. E quando a frustração surge, eles a enfrentam. Se os outros não aceitam as suas inovações, não tem problema, continue em frente do mesmo jeito. 

A criatividade é muito importante na vida, ela nos dá a diversidade. Sendo criativos, tentamos diferentes maneiras de fazer as coisas, também cometemos erros. É fazendo, acertando, errando e tendo coragem para persistir que obteremos todas as respostas desejadas.

Homem de negócios escrevendo no teclado de um computador. Ao fundo, desenhos representando suas ideias.

Outro aspecto importante é que o espírito da criatividade pode se tornar mais forte e vigoroso com o passar do tempo. Não é a idade o mais importante, mas o que fazemos com as experiências vividas ao longo dos anos de vida que nos dá forças para inovar. 

Vamos colocar as coisas de cabeça para baixo e ver o mundo de uma maneira diferente.

Na busca de solução criativa, é bom inverter o problema e ver por outro ângulo. Você pode enxergar uma conexão oculta. É nesse momento que surge a intuição nos mostrando novas direções ou projetos que ainda não foram idealizados por ninguém. Nesse momento, sentimos que chegou a nossa hora de colocar em prática um sonho ou um desejo de ajudar a nós mesmos e, assim, transformar o mundo! 

Esse sentimento é chamado de estar em estado de fluxo! Ele surge quando você combina as suas habilidades com o desafio a ser vivido, então, você se sente absorvido. Experimenta a sensação de que o tempo “voa” ou se “arrasta”. Você fica tão empenhado no que está fazendo que esquece das distrações. Entra em um tempo fora do tempo! 

No estado de fluxo há menos gasto de energia, expressamos quem realmente somos! 

A descontração e o relaxamento são os indicativos de que estamos no estado de fluxo criativo. É o estado de ser das crianças, sempre livres, leves e sem julgamentos do que é certo ou errado.

Observe as cenas da vida diária, em tudo pode haver criatividade e soluções inovadoras.

Não tenha medo de olhar para as suas áreas de sombras. Tem um ditado que diz: “Todas as vezes que você chegar mais perto da sua sombra, ela tende a desaparecer!”. 

Não brigue com as incertezas! Para acessar toda a sua criatividade e inovar, é necessário avaliar com calma todas as decisões a serem tomadas em qualquer momento da vida. Paciência e preparação devem andar sempre juntas. Definir um propósito de maneira eficaz e analisar o que deu certo e o que não está dando certo ajuda a não ficar preso ao passado. Para fazer diferente e inovar algumas vezes, nós temos que ajustar um novo caminho a seguir. Busque ter um planejamento claro, é possível evitar possíveis problemas e sair de imprevistos com mais eficiência e rapidez. 

Você está usando o seu potencial criativo ao seu favor? 

Desejo muito sucesso com criatividade e inovação!


Você também pode gostar de outro artigo deste autor. Acesse: Saúde e espiritualidade através do amor próprio

Sobre o autor

Antonio Carlos Pereira Antunes

Antonio Carlos Pereira Antunes

Sou construtor de ponte entre pessoas, contador de histórias e dedicado aos processos integrais para o desenvolvimento humano.

Formado em Administração de Empresas, Pós-Graduado em Marketing Digital. Atuo como Terapeuta de Regressão, Palestrante, Coach Educacional e Holístico, Consultor em Empreendedorismo Digital, Escritor e Roteirista de vídeos para treinamentos. Praticante de Biodanza a mais de 20 anos na Escola Paulista de Biodanza, metodologia de Rolando Toro e em Terapia Corporal Holística.

Co-Fundador da Academia Confluência, fundador do Instituto Confluência, desenvolvi a metodologia do Coaching Integrado Pedagógico em Grupo, método CIP, em parceria com Anna Maria de Oliveira. Escrevo para o site Academia Confluência e Totalidade.

CONTATOS
www.academiaconfluencia.com.br
www.facebook.com/academiaconfluencia/
www.linkedin.com/company/11367943/Antonio Carlos Pereira Antunes
(11) 9.8196-3902 (WhatsApp)
[email protected]