Nutrição Saúde Integral

Época de Páscoa!

Páscoa
Luiza Camargo
Escrito por Luiza Camargo
A Páscoa chega acompanhada de uma deliciosa celebração, reunir pessoas queridas, comer pratos gostosos, saborear chocolates. Também tem a festividade religiosa, que para alguns podem trazer algumas reflexões.

E que tal aproveitar as festas com mais atenção ao comer?

É estar presente nas suas escolhas desde o que irá comer até o como comer.

Podemos escolher dentre as opções do que comer o que lhe cairá melhor, o que seu corpo está buscando para se nutrir e notar os sentidos para fazer suas escolhas. Seus olhos procuram a beleza e a atração das preparações, o nariz busca os diversos aromas e cheiros das refeições, os ouvidos absorvem os sons de cada alimento e também o que dizem deles, o tato sente suas texturas e a boca o paladar, a diversidade de sabores.

É importante notar essa conexão dos sentidos com o seu corpo, respeitando a sensação de fome e também de saciedade, sabendo o momento de parar de comer. Ouvir seu estômago lhe passando os sinais de saciedade é fundamental, assim pode terminar sua refeição sentido-se bem, e não com aquela sensação de “preciso abrir um botão da calça”.

Também lhe disse para notar o COMO comer e essa é a principal parte. Busque comer com a atenção no momento, desfrutando de cada garfada, de cada mordida, para notar os sabores, aromas, texturas dos alimentos. É sair do piloto automático e voltar a notar como está se alimentando, sair da roda de comer por impulso ou pelo movimento da festa.

Páscoa

Estar presente enquanto comemos pode lhe trazer muito prazer, alegria e satisfação.

Você já experimentou um exercício de repousar os talheres a cada garfada? Convido você a experimentar!

A cada garfada ou mordida, deixe os talheres ou o alimento que estiver segurando e leve a atenção para a boca, vivencie o momento do comer, perceber os sabores, notar a mudança na forma, na textura dos alimentos, como sua língua participa, como você mastiga e tudo o que lhe chamar a atenção para perceber. Ao terminar de engolir, você prepara uma nova garfada e repete a prática até decidir finalizar sua refeição.

Ao terminar de comer, pare um instante e perceba como fica seu corpo, note os pensamentos que lhe vêm e se tem algo de novo que aprendeu com a prática. Durante a celebração, experimente comer com esse método, percebendo a cada garfada o que ele lhe proporciona.

Como em muitas celebrações, estaremos reunidos com amigos, familiares e terá muita conversa nas refeições, e enquanto estiver mastigando, aproveite para ouvir sem esquecer de notar sua alimentação. Ao falar, repouse os talheres e converse à vontade. Assim, pode experimentar comer mais atento e estar dentro da festa.

Boas festas e bom apetite!

Sobre o autor

Luiza Camargo

Luiza Camargo

Sou nutricionista e instrutora de mindfulness e mindful eating. Acredito na união da Nutrição, Mindful Eating, Mindfulness e Meditação. O alimento é um veículo para nutrir o corpo e a mente e, também, um reflexo de como lidamos com nossas vidas. Na minha trajetória sou pós-graduada em Obesidade e Emagrecimento e com especialização em Nutrição Desportiva. Realizei o treinamento em Mindful Eating-Conscious Living pela UCSD e Estratégias de Mindfulness pela MTI.

Contatos:

Site: luizacamargo.com/
Instagram: @luiza_camargo_mendes
Facebook: /luizacamargomendes