Comportamento Nutrição

Equilíbrio alimentar e a busca por um organismo saudável

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Ter equilíbrio alimentar é essencial para manter um organismo saudável: tudo em excesso é prejudicial! É preciso elaborar, de acordo com a necessidade de cada um, um cardápio funcional que invista em alimentos específicos para cada momento do dia, para que assim seja possível ter uma ótima qualidade de vida.

Para ter uma alimentação equilibrada, é preciso moderar o consumo de alguns alimentos e, quando necessário, abrir mão daqueles produtos que podem ser prejudiciais à saúde. O corpo humano necessita de nutrientes específicos para funcionar corretamente – o consumo regrado de certos alimentos, além de garantir o bom desenvolvimento do organismo, é responsável pela sensação de bem-estar após uma refeição.

É muito importante cuidar da alimentação e estar sempre ligado ao que o corpo precisa, para que não haja um desgaste e para que doenças não sejam desenvolvidas pelo simples descuido alimentar. O poder de cuidar do seu corpo está nas suas mãos e nós vamos te ajudar com algumas dicas!

Confira agora o que é uma alimentação equilibrada, o que você deve consumir para manter esse equilíbrio para que o seu organismo esteja sempre saudável:

No que consiste uma alimentação saudável?

Imagem composta por vários alimentos saudáveis como: salmão, uvas, laranja, kiwi, limão, pêssego alho poró.
Imagem de Welcome to all and thank you for your visit ! ツ por Pixabay

Para cumprir com as necessidades naturais do organismo, uma alimentação equilibrada consiste em três requisitos básicos: 

Alimentação completa: cardápio que contém basicamente todos os tipos de nutrientes, sejam eles com propriedades para fins estruturais como as proteínas, para produzir energia como carboidratos e gorduras e com funções de equilíbrio como as vitaminas e os minerais.

Alimentação saudável: cardápio que descarta qualquer exagero: separa-se as quantidades necessárias entre os distintos nutrientes, com a finalidade de evitar qualquer falta ou excessos entre eles.

Alimentação variada: consiste em consumir habitualmente alimentos de diversas origens para garantir a ingestão de todas as bases nutritivas essenciais.

Imagem de uma bancada cheia de alimentos saudáveis como: verduras e legumes como: abobrinhas, cheiro verde, alho, couve flor, pimentão, cebola, tomate, batata, milho e cenoura.
Imagem de Roberto Justo Kabana por Pixabay

Alimentos que podem ser consumidos diariamente, sem culpa!

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o consumo diário de aproximadamente 400g de verduras frescas, hortaliças e frutas, traz muitos benefícios à saúde. A OMS afirma que os alimentos destes grupos têm propriedades que auxiliam na prevenção de doenças, equilibram o corpo e fazem com que o organismo funcione de forma correta. Veja alguns exemplos:

Proteínas: as proteínas agem diretamente na síntese dos músculos, garantindo um desenvolvimento totalmente saudável e natural. São ainda uma grande fonte de energia para o corpo e atuam no controle hormonal. Não importa se as proteínas são de origem animal ou vegetal, elas garantem os mesmos benefícios ao corpo humano. Exemplos de proteínas de origem vegetal: quinoa, oleaginosas e soja; de origem animal: carnes, queijos e leite.

Frutas: ricas em fibras alimentares, as frutas auxiliam na saúde do coração e ajudam no equilíbrio da flora intestinal. Este grupo tem uma grande ênfase quando o assunto é imunidade, pois possui uma grande concentração de vitamina C, que é responsável por fortalecer o sistema imunológico e mantê-lo saudável para prevenir doenças como resfriados e gripes. Exemplos de frutas: morango, banana, laranja, limão, ameixa, uva, melancia, entre tantas as outras existentes!

Verduras e hortaliças: alimentos extremamente ricos em minerais como o ferro, magnésio, cálcio e fósforo, atuam diretamente na prevenção da anemia, na melhoria do funcionamento do cérebro e no fortalecimento dos ossos. Exemplos: couve, brócolis, batata doce, abóbora e espinafre.

Imagem de uma mesa decorada com juta. Sobre ela uma caneca de café, um bule e um arranjo de flores vermelhas decoram o espaço.
Imagem de Jill Wellington por Pixabay

Alimentos que devem ser consumidos moderadamente – de vez em quando não faz mal!

Alguns alimentos têm grandes concentrações de nutrientes, mas precisam ser consumidos com muita cautela, pois carregam consigo uma quantidade excessiva de calorias, açúcares, sódio, entre outras substâncias nocivas que podem desequilibrar o organismo. Veja alguns exemplos:

Carboidratos: responsáveis por gerar energia, os carboidratos beneficiam o coração e o cérebro, mas… quando consumidos em excesso, podem proporcionar um ganho de peso considerável. Presentes em pães, arroz e massas, por exemplo, não é indicado que uma pessoa coma mais de 6 gramas de carboidratos por dia. Uma opção para quem gosta destes alimentos é dar preferência às suas versões integrais que contém maior quantidade de fibras.

Café: o famoso cafezinho está presente na alimentação de boa parte da população mundial. Poucos sabem, mas ele faz com que o nosso sistema imunológico se mantenha saudável, afasta o mau humor e ainda nos dá energia para enfrentar um dia cheio. Mas claro, excessos cortam automaticamente qualquer benefício! É indicado que uma pessoa beba de 3 a 4 xícaras de café por dia, nunca mais do que 400 mg de cafeína.

Chocolate: o tão amado e ao mesmo tempo temido, chocolate costuma ser a primeira opção de sobremesas e até um “remédio” para amenizar os sintomas de uma TPM. O cacau em si é um alimento muito saudável por conter flavonoides, que beneficiam a saúde cardiovascular e ainda aceleram o metabolismo. Para comer esse doce sem culpa, prefira sempre a versão amarga, que contém maior quantidade de cacau – mesmo assim, não exagere!

Imagem de uma sorbeteria com a apresentação somente de vários tipos e sabores de sorvetes de massa dentro de potes de alumínio.
Imagem de Jan Vašek por Pixabay

Alimentos que devem ser evitados – estes atrapalham o equilíbrio alimentar

É claro que é bem provável que em algum momento da sua vida você consuma alguns destes alimentos, mas saiba que quanto menos eles estiverem no seu cardápio, mais saúde você terá ao longo da vida. O motivo? Eles inflamam o organismo e são os responsáveis pelo surgimento de diversas doenças. Saiba quais são eles:

Gordura trans: encontrada principalmente em sorvetes, salgadinhos, margarina e até em babatas pré-cozidas e congeladas, a gordura trans é uma vilã que sobe os níveis de colesterol ruim no organismo, aumentando consideravelmente os riscos de doenças no coração. Escolha sempre os alimentos que possuem gorduras boas, como o salmão, abacate ou prepare os alimentos de maneiras mais saudáveis.

Você também pode gostar

Álcool: as pessoas sempre encontram uma desculpa para consumir bebidas alcoólicas sem peso na consciência: muito calor? Uma cervejinha cai bem; muito frio? Nada como um bom vinho para esquentar! Beber de vez em quando em poucas quantidades, tudo bem, mas os exageros podem desequilibrar completamente o funcionamento do organismo. Consumir bebidas alcoólicas com frequência faz com que o fígado tenha as suas funções diminuídas e, por conseguinte, danifica as células e aumenta a propensão da cirrose. Além de prejudicar o fígado, o álcool interfere em algumas capacidades cerebrais e causa alterações bruscas de humor. Prefira bebidas naturais, como sucos!

Alimentos industrializados: esses são um dos maiores vilões que você pode encontrar no ramo alimentício! Os alimentos industrializados são repletos de aditivos químicos e conservantes que causam danos à nossa saúde, além de interferir na absorção de vários nutrientes. Sejam sucos de saquinho ou de caixinha, carnes congeladas e processadas, massas instantâneas, retire todas essas opções do seu cardápio e sempre escolha os alimentos de preparação natural!

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]