Autoconhecimento

Filmes, músicas e livros que falam sobre a solidão

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

A solidão é algo que coloca medo em muita gente. Pessoas solitárias são vistas como infelizes.

A solidão inspira o cinema. Essa seleção de quatro filmes aborda diferentes discussões sobre o assunto. Tem até animação nessa lista… Aproveite, assista e reflita sobre as histórias.

Taxi Driver, Martin Scorsese (1976)

Robert de Niro é um veterano da Guerra do Vietnã. Quando retorna a Nova York passa a trabalhar como taxista nas madrugadas. A solidão e sua revolta pela miséria, violência, vícios e prostituição são suas marcas. O personagem mostra compaixão ao tentar ajudar uma prostituta de 12 anos. Por outro lado, compra armas e planeja um atentado contra um senador que deseja ser presidente.

A Garota Ideal, Craig Gillespie (2007)

O filme retrata a vida de Lars, um homem tímido que vive na garagem da casa do irmão Gus e da cunhada Karin. Lars conhece pela internet, Bianca, uma missionária religiosa. Acontece que Bianca é uma boneca inflável. Lars acredita que Bianca é uma mulher de carne e osso. O irmão e a cunhada são orientados por uma psicóloga a concordarem com Lars, nessa fase onde ele enfrenta seus dramas pessoais.

Wall-E, Andrew Stanton (2008)

A humanidade emporcalha a Terra com gases tóxicos e vai viver em uma nave gigante. Robôs ficaram para limpar o planeta. Wall-E é o último deles e seu trabalho é compactar o lixo. Uma nave traz Eva, um robô mais moderno. Wall-E se apaixona pela recém-chegada.

Ela, Spike Jonze (2013)

Joaquin Phoenix vive um escritor solitário que se apaixona pela voz de um sistema operacional. A voz é da atriz Scarlett Johansson.

Ficar sozinho é realmente algo benéfico. Vamos conhecer benefícios da solidão que melhoram a qualidade do nosso dia a dia? Depois deles, duvidamos que você não repense seus conceitos.

shutterstock_130152032

A solidão também foi retratada em músicas muito conhecidas.

  • Space Oddity – David Bowie
  • Lonely Is the Word – Black Sabbath
  • Vento no litoral – Legião Urbana
  • Hurt – Johnny Cash
  • Summertime – Janis Joplin
  • How Soon Is Now? – The Smiths
  • Black – Pearl Jam

A literatura tem vários livros que atestam as vantagens de estar sozinho. Vamos conhecer alguns deles? São ótimas opções para ocupar a mente e aprender.

A sociedade do cansaço

O filósofo germano-coreano Byung-Chul Han afirma que a solidão desintoxica nossa mente da sobrecarga de informações. O autor explica que a solidão somente é produtiva quando vencemos o tédio. Byung-Chul Han usa o pensamento de Catão, político romano para basear suas ideias “Esquecemos que ninguém está mais ativo do que quando não faz nada, nunca está menos sozinho do que quando está consigo mesmo”.

A arte de estar sozinho

O filósofo espanhol Francesc Torralba, conta em A arte de estar sozinho que a solidão é uma experiência da alma. Para Torralba, a solidão é a “Oportunidade de revisar nosso gerenciamento, de projetar o futuro e avaliar a qualidade dos vínculos que construímos. É um espaço para executar uma auditoria existencial e perguntar o que é essencial para nós, além das exigências do ambiente social”.

Solidão: a conexão com o eu

O psiquiatra inglês Anthony Storr, morto em 2001 revelou que a associação entre casamento e felicidade é um fato recente. O livro Solidão: a conexão com o eu traz o perfil de personagens históricos que foram felizes sem terem sido casados. A obra aponta que cada um encontra a felicidade dentro de si, realizando atividades prazerosas (trabalho, artes ou lazer). Solidão: a conexão com o eu critica a visão dos relacionamentos amorosos como o passaporte para a felicidade. A obra também aborda a importância de estar bem consigo mesmo para viver em harmonia com o outro.


Texto escrito por Sumaia Santana da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sua opinião é bem-vinda, sempre que colocada com a educação e o respeito que todos merecem. Os comentários deixados neste artigo são de exclusiva responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]