Autoconhecimento

Formas de controlar o ego e aumentar a autoestima

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Muitas vezes a autoestima acaba sendo confundida com o ego. Mas, na verdade, são coisas bem diferentes. No entanto, não quer dizer que para ter autoestima é preciso ter ego. A autoestima está relacionada com o amor próprio e autoconhecimento. É através dela que podemos conseguir realizar sonhos e concretizar objetivos.

Lidar com o ego não é tarefa fácil. O ego é aquela vontade de sempre se sentir superior e acima de tudo. É não medir esforços para estar melhor que os outros. Às vezes, nem se está, mas a vontade é de mostrar que se está superior a todos. O ego pode deixar a essência de uma pessoa cada vez mais para baixo. Quando uma pessoa está disposta a qualquer coisa para chamar a sua atenção ou até mesmo, uma necessidade de ter mais, aí estamos falando do ego. Então, como controlá-lo?

Controlando o ego

Existem formas de controlar o ego sem que ele interfira no seu dia a dia e na sua pessoa. Primeiramente, a falta de autoestima está presente nas seguintes características: insegurança, perfeccionismo, dúvidas constantes, timidez, frustração entre outros. Já com o ego, a pessoa pode até ter insegurança, mas quer mostrar que não.

Você gosta do que vê na frente do espelho? Você acredita que é amado e especial? Sabe identificar suas qualidades e defeitos? A partir disso é possível afirmar que a pessoa tem a sua autoestima elevada, mas é preciso que para isso ela tenha praticado o autoconhecimento que pode ser por meio de leitura de livros, cursos específicos, viagens, entre outros.

Somente com autoestima podemos conquistar a confiança das outras pessoas e nos sentir preparados para as tarefas. Dessa forma é possível sentir uma harmonia entre o que se sente e o que se diz, aumentando o desempenho profissional. Já com o ego é diferente, as pessoas percebem que você quer se achar superior, mesmo não tendo as capacidades suficientes e isso pode até te atrapalhar no dia a dia.

Se aceite com amor

Quando o ego se manifesta em nossa mente, há menos amor e mais vontade de se mostrar. Quando nos aceitamos com amor, permitimos que as coisas fluam, que possamos melhorar e crescer. Quando existe o ego a mente inferior quer se destacar a qualquer custo.

O ego quer que você seja vencedor em tudo e se não for será o perdedor. No entanto, não existem apenas vencedores e perdedores. Nem sempre é possível chegar à vitória, e tentar aqui não é perder, mas o ego trabalha a sua mente como sendo inferior e perdedora e isso não é real.

Esqueça aquela necessidade de sempre estar certo, de ter mais e se sentir superior. Tudo isso a troco de que? A que interessa aos outros saber o que tem? Trabalhe seus sentimentos e construa relações com afeto. Somente assim a autoestima floresce e é possível crescer de forma madura e sem sofrimento.


Texto escrito por Angélica Fabiane Weise da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]