Convivendo

Histórias de Fada

Criança andando em uma passagem de madeira vestida de fada
Lilian Custodio
Escrito por Lilian Custodio

– A Menininha Encantada –

Era uma vez, uma menininha que adorava a natureza e todas suas belezas e encantos, ela ficava por horas deitada no chão, pacientemente observando as nuvens, as formas que surgiam e que, com o tempo, se desmanchavam…

Ora ficava a observar as borboletas e suas brilhantes asas amarelas, gostava da quietude, porque assim conseguia sentir o Papai do Céu.

Sua cor preferida era o verde, a cor dos seus olhos e também das matas. O barulho das águas era música aos seus ouvidos, acalmava seu coração. Ela adorava a chuva e o cheiro da terra molhada.

Parecia que somente a menininha percebia o quanto as plantas ficavam ainda mais verdinhas e brilhantes quando a chuva ia embora, e o Sol surgia como o astro-rei.

Criança  ao lado de uma flor com borbolete
Alora Griffiths/ Unsplash


Apesar de ser criança, a pequena nunca recusava nenhum alimento oferecido a ela, e, se fosse natural, ela comia com gosto. Mas sempre queria saber para que cada alimento era importante.

A menininha gostava daquela magia que a natureza trazia, ela só não entendia por que gostava tanto.

Quando a menininha cresceu, o Papai do Céu, que sempre a observou, acreditou que podia confiar a ela uma grande missão. Então, chamou o anjo guardião dela e o orientou que a levasse para uma grande universidade, onde poderia aprender dentro da ciência qual era a fórmula criada por Ele para cada alimento encontrado aqui no planeta Terra.

E assim aconteceu.

Mesa com uma cesta com cenouras e cebolas
Markus Spiske/Unsplash


A moça se formou nutricionista, estudou por 4 anos os alimentos nos laboratórios, e da mesma forma, a maior invenção de todas – o corpo humano.

Nenhum humano conseguiu criar algo mais extraordinário do que seu próprio corpo.

Depois desse tempo, em que a moça aprendeu muitas coisas fascinantes sobre os alimentos, ela foi treinar na prática tais ensinamentos, mas ainda não seria no lugar pensado pelo Papai do Céu. Antes ela teria que passar pelo vale da dor, lugar onde as pessoas ficam quando perdem a sua saúde.

Menina dando para um menino uma flor dente de leão
Pixabay


A moça nutricionista se sentiu muito triste cada vez que ouviu das pessoas histórias que não tinham um final feliz. E pensava: “Meu Deus, como eu posso ajudar essas pessoas? ”.

Um dia, por meio de um sonho, Papai do Céu começou a explicar para a moça como ela iria conseguir ajudar as pessoas a não ficarem mais tão doentes. E para isso, Ele iria dar a ela alguns poderes mágicos. E um desses poderes seria a capacidade de falar – de um jeito que todas as crianças pudessem entender e aprender – por que é tão importante comer os alimentos que Papai do Céu criou.

Criança comendo legumes
Pixabay


Mas dessa vez seria num lugar cheio de alegria, de risadas, de brincadeiras, de amigos, um lugar especial onde as crianças aprendem muitas coisas legais, O nome desse lugar é Escola.

E assim, surgiu a Fada Lilly, uma fadinha da natureza (por isso, a menininha sempre gostou tanto da natureza, ela tinha essência de fada).

Fada Lilly estudou e aprendeu muitas coisas sobre esses alimentos encantados do Papai do Céu e como seus componentes mágicos fazem coisas incríveis com as crianças.

E lá foi ela, sentindo uma grande felicidade trasbordando em seu coração. Explicar toda essa magia às crianças era algo fácil e prazeroso. Enquanto ouviam suas histórias, as crianças ficavam com os olhinhos mais brilhantes que as estrelas no céu. A preferida delas era saber que existe uma magia que funciona apenas com elas: o nome desta magia é crescimento.

Crianças lavando morango no gramado
Przemek Klos/ Reshot


No final do conto, a fadinha jogava um pozinho mágico sobre a cabeça das crianças. É quando tudo se transforma, as crianças descobrem por meio das suas linguinhas como o sabor desses alimentos que o Papai do Céu cria pode ser gostoso e especial.

E tem mais: sem que a criança precise se preocupar, enquanto dorme, fabulosas soldadinhas trabalhadeiras que moram dentro do corpo humano fazem a magia do crescimento acontecer, basta cada criança dar o alimento certo a cada soldadinha. Por exemplo, a soldadinha dos ossos gosta muito e comer cálcio. Podemos achar cálcio na couve, no leite ou na sardinha e em muitos outros alimentos.

Você não sabia que existem soldadinhas trabalhando dentro de você para te manter vivo? E para onde você imaginou que ia tudo aquilo que você come? É este o trabalho da fada Lilly: explicar às crianças essas coisas mágicas do Papai do Céu.

Criança vestida de fada pulando até o céu
Pixabay


Ele andava bem preocupado lá em cima, e queria saber o porquê de as crianças estarem esquecendo de comer os alimentos mágicos coloridos. Sim… cada cor tem sua magia. Papai do Céu gosta das cores, por isso fez pássaros, borboletas e flores tão coloridos. Mas nos alimentos ele quis caprichar ainda mais: além das cores, colocou vitaminas para o crescimento do cabelo, das unhas, dos músculos, e também da inteligência… Coisas carinhosas e mágicas que somente o Papai do Céu sabe fazer…

E assim, muitas e muitas crianças de todos os cantinhos do planeta estão conhecendo essas lindas e nutritivas histórias, porque muitas outras fadas estão sendo convocadas pelo Papai do Céu e, juntamente com seus anjos, estão fazendo um belo trabalho.

Você também pode gostar


A fada Lilly recebeu uma cartinha do Papai do Céu agradecendo esse trabalho maravilhoso que a Academia de Fadas anda prestando, por transformar e encher a vida das crianças de cores, sabores, amores e saúde.

Assim, a fadinha não ficou mais triste, porque, quando ela voltou a visitar aquele lugar das paredes brancas, não encontrou mais as pessoas doentes por causa das comidinhas que fazem mal às soldadinhas do corpinho das crianças.

Um dia, a Fada Lilly adormeceu e acordou como uma menina de 5 anos, andando novamente na floresta mágica que produz todos os alimentos do Papai do Céu, e de lá ela enviou esses alimentos às crianças. Então ela sorriu ao olhar para o céu e viu que Deus sorria para ela também!

Fada Lilly.

Sobre o autor

Lilian Custodio

Lilian Custodio

Sou, Lilian Custodio.
Nutricionista, Acupunturista, Mãe, Educadora Alimentar Infantil, Escritora e Fada. Exatamente nessa ordem...
Sim.. é isso mesmo - Fada Lilly.
É assim, que eu consigo convencer a futura geração sobre a importância em se alimentar de forma mais equilibrada e saudável, preservando assim a saúde deles.
Simplesmente, essa é a missão que papai do céu me confiou.
Me formou primeiro Nutricionista para que eu pudesse me abastecer do conteúdo cientifico e técnico da Nutrição.
Depois me formatou na Medicina Milenar Chinesa para que eu soubesse utilizar a primeira ciência aprendida com sabedoria e equilíbrio.
Na sequencia me deu dois filhos, para aplicar e aprimorar a teoria na pratica.
E ainda, como Educadora Alimentar para que eu pudesse repassar tudo isso no coletivo
A Escritora surgiu com a finalidade de ampliar ainda mais esses ensinamentos, e auxiliar mães e professores a também se inspirarem, para me ajudar nessa missão.
E por fim, a Fada Lilly para tornar tudo isso mais leve e encantador.
Essa sou eu!

Email: [email protected]
Instagram: @tia.lilian.nutri