Alimentação consciente Educação dos filhos Maternidade Consciente Nutrição Nutrição Infantil

Como montar o cardápio diário das crianças?

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras
Uma alimentação saudável evita doenças. O cuidado com as refeições deve começar já na infância, mas o que oferecer aos pequenos? Aprenda aqui a montar o cardápio diário infantil e preservar a saúde das suas crianças.

A importância da alimentação saudável na infância

Até os dois anos, o leite materno é o único alimento a ser oferecido, de acordo com a Organização Mundial da Saúde. O neuropediatra Antonio Carlos de Farias, do Hospital Pequeno Príncipe, no Paraná, esclarece que suas proteínas protegem contra alergias e ajudam na consolidação das conexões cerebrais.

No sexto mês entram os alimentos sólidos entre as mamadas. O pediatra e nutrólogo Ary Lopes Cardoso, membro do Instituto da Criança (São Paulo) orienta dar arroz e feijão amassados com pequenos pedaços de frango ou carne que deverão ser chupados pela criança. As frutas também entram nesta fase, em forma de papa ou descascadas, sem caroços, cortadas como palitos ou hastes. No primeiro ano, entram as leguminosas, verduras e proteínas. As refeições devem ser a cada três horas.

Aprenda a montar um cardápio infantil balanceado

No cardápio do café da manhã das crianças precisa ter carboidratos, fibras, cálcio e proteínas. As gorduras boas das oleaginosas (linhaça, quinoa e castanhas) podem ser incluídas no iogurte, leite ou frutas. Saiba o que oferecer na primeira refeição do dia:

• Carboidratos: pães e biscoitos, preferencialmente integrais.

• Fibras: frutas (mamão, maçã, abacaxi, pêssego, goiaba, banana, entre outras) e oleaginosas.

• Cálcio e proteínas: iogurte, leite, queijo — outra fonte de proteína é o ovo, que deve ser mexido.

• Gorduras: manteiga ou margarina, uma ponta de faca já basta.

Inclua no cardápio infantil de lanches intermediários nutrientes que possam ter faltado nas refeições principais:

• Laticínios.

• Carboidratos: uma fruta, bolacha integral ou mix de oleaginosas.

Por fim, os cardápios do almoço e jantar para crianças são divididos em quatro seções: 2 para legumes e saladas, 1 para os carboidratos e 1 para as proteínas. Veja o que incluir nessas refeições:

• Legumes, saladas e fibras: espinafre, beterraba, cenoura, abóbora, brócolis, couve-flor e alface.

• Carboidratos: arroz (preferencialmente integral) e tubérculos (batata, batata-doce, mandioquinha, mandioca e inhame).

• Proteínas vegetais: leguminosas (feijão, lentilhas, grão-de-bico, soja e ervilha).

• Proteínas animais: carnes bovinas, frango, porco, peixes e ovos. As carnes devem ser preferencialmente cozidas ou grelhadas e os ovos mexidos.

• Gorduras: azeite nas saladas.

• Fibras na sobremesa: frutas (mamão, maçã, abacaxi, pêssego, banana, entre outras).

Ingerir líquidos durante as refeições, pode? Sim, desde que não ultrapasse 200ml em cada uma.

Alimentação balanceada na infância é o primeiro passo para uma vida saudável. Não dar doces é uma medida importante, saiba o porquê.


Escrito por Sumaia Santana da equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]