Energia em Equilíbrio Meditação

Meditar é preciso

Handsome man in white meditating in lotus pose against orange sunrise
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Ascorrerias impostas no mundo ocidental fazem com que a gente tenha pouco tempo para sequer pensar um pouco em nós mesmos, quanto mais dedicar tempinho em causa própria. O “lado bom” nessa história é que a mente ocupada constantemente ajuda a combater o tédio e a premissa de que “cabeça vazia é a oficina do diabo”, mas também nos coloca em uma rotina enclausuradora de praticamente dormir e trabalhar diariamente. Para quem assistiu ao filme Click, do conhecido ator Adam Sandler, é mais ou menos aquela ideia do “piloto automático” em que a gente leva as coisas, mas não presta atenção no que está realmente fazendo de tão natural que alguns hábitos acabam se tornando para nós devido a constante repetição.

A internet também tem um papel relevante nessa questão.
Por que se dedicar a um bom livro ou a uma meditação, sendo que você tem acesso a um universo infinito de informações ou pode assistir a sua série favorita completa a um clique de distância? Aliás, falando em meditação, tá aí algo que deveria ser praticamente obrigatório para todos nós, nem que seja para realizar em um pequeno espaço de tempo diariamente em nossas vidas.

É plenamente compreensível quando alguém pensa “não tenho tempo nem para respirar, quanto mais para meditar”. Por mais que esse não tenha sido o objetivo da pessoa ao responder dessa maneira, ela acerta “sem querer querendo” ao fazer uma relação indireta entre respiração e meditação. Afinal, quantas vezes alguém para e analisa se está respirando corretamente? Se a inspiração não desce até ao diafragma? Até mesmo para respirar a pressa tem sua influência, no caso quando o ar só vai até o peito.

Antes de mais nada, a meditação é a forma mais primária e objetiva de nos comunicarmos com nós mesmos. Quando a gente se desliga do mundo e fica em contato pleno somente com nossas funções mentais e fisiológicas, o ser humano se encontra com a sua própria identidade. A prática diária e rotineira da meditação proporciona justamente um desligamento das pressões e aflições do mundo terreno. Os diversos problemas que precisamos enfrentar requer uma entrega completa para que sejam superados, mas também nos afasta de nossa essência. Vale a pena buscar dedicar um tempo de nosso dia para a meditação. Para quem é tão voltado ao mundo dos negócios, pode ter certeza que não se trata de perda de tempo, mas sim de um investimento com um retorno de bem-estar totalmente garantido


Texto escrito por Diego Rennan da Equipe Eu Sem Fronteiras. 

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]