Comportamento

Seja mais alegre

Família feliz em uma cama. Uma mulher está deitada de costas, com as pernas flexionadas, segurando as mãos e equilibrando um menino em suas pernas. Ao lado, uma menina deitada nas costas de um homem olham para a situação e dão risada.
Lucas Direito
Escrito por Lucas Direito

Com toda certeza, de todos os feriados que existe, este é um dos que não podem ser esquecido.
O Dia Nacional da Alegria surgiu como homenagem a Beto Carrero que, na verdade, idealizou o projeto.

Mulher jovem gargalhando com os olhos fechados. Seu rosto e seus ombros estão com papéis brilhantes colados.
Pexels/Rodolfo Quirós

Como funciona: essa ação é promovida pelo Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas (Sindepat). Nesse dia, todas as atrações e parques temáticos que são associados à entidade abrem suas portas para receber gratuitamente instituições que atendem crianças carentes na faixa etária de 6 a 12 anos.

A ideia é incrível, então se você tem uma instituição, é amigo de alguém, trabalha em alguma ou pode ter contato com alguém da área, fale sobre esse dia. As instituições devem procurar as empresas que fazem parte do projeto.

A alegria deve ser algo que todos possamos sentir. Sempre acreditei que não dá para ser 100% alegre, porque algumas situações podem nos deixar tristes ou chateados. Mas acredito que temos de ser o mais fiéis possíveis à nossa alegria!

Você também pode gostar

Devemos nos proporcionar momentos felizes e sorrir mais. Não quero que nos abstenhamos do mundo real, mas não podemos pensar que tudo é tristeza. Devemos nos conscientizar e fazer nossa parte.

Vamos ser mais alegres, mais gentis e verdadeiros com nossos sentimentos.

Ter mais empatia, olhar nos olhos.

Proporcionar para outros momentos bons de recordar.

Refletir sobre como tratamos os que nos rodeiam e se é assim que gostamos de ser tratados.

Sorrir, gargalhar de frente para o espelho sem motivo aparente.

Cantar no chuveiro bem alto e desafinado. Vale também cantar na chuva. Aliás, desde quando você não se molha na chuva?

Ser mais criança para sermos mais leves.

Não julgar tanto. Quando apontamos um dedo para alguém, três ficam voltados para nós.

Namorar mais, nem que seja comer um pote de sorvete assistindo Netflix.

Fazer coisas despretensiosas, sem serem forçadas. Leve. Ser leve.

Homem e mulher sentados no chão, sorrindo. No colo da mulher, uma bebê também sorri.
Pexels/Andrea Piacquadio

O Dia da Alegria me faz refletir sobre vários aspectos, porque me inspira a tentar ser uma pessoa melhor e a aproveitar tudo que essa mágica jornada tem para me oferecer.

Gratidão!

Sinto Muito!

Sou Grato!

Sobre o autor

Lucas Direito

Lucas Direito

Lucas Direito, cujo sobrenome dá conversa para inúmeras piadas.

Atualmente moro na Europa, sonho que realizei, e a cada dia que passa percebo o quão é bom correr atrás do que acreditamos.

Adoro viajar, provar novos sabores e estar em contato com pessoas das mais diversas culturas.

Acredito que se soubermos olhar o mundo com o coração somos capazes de alcançar uma compreensão e gratidão por tudo que nos acontece, mas esse pensamento não foi de um dia para o outro, então respeito se você ainda não tem essa perspectiva.

Aliás, muito importante, com o respeito se ganha o mundo.

Sou grato por tantas coisas, mas adoro o poder das palavras e com elas os prazeres desta vida.

E-mail:[email protected]
Site: lucasdireito.com
Facebook: Lucas Direito
Instagram: @llucas.direito