Autoconhecimento Meditação Saúde Integral Sem categoria

O poder da autocura

Arnaldo de Sousa
Escrito por Arnaldo de Sousa
Há milênios o assunto da autocura vem sendo abordado em vários campos do conhecimento humano. Há dois principais ramos que são a medicina alternativa (podemos colocar aqui alquimia, reiki, acupuntura, xamanismo, fé e as orações) e a física quântica.

O famoso alquimista Nicolau Flamel (1330-1418) viveu na Idade Média para ajudar as pessoas com poções ditas mágicas com o propósito de curá-las. A lenda mais famosa sobre Flamel foi a de que ele era capaz de transformar pedra em ouro. O que ninguém fala era do poder curativo do mago.

Não posso deixar de registrar Jesus Cristo, que há mais de 2 mil anos curava colocando as mãos em quem acreditava do fundo da alma que pudesse ser curado, bastava agradecer o ocorrido.

Somos seres autônomos e autômatos, só que a maioria das pessoas não crê no seu poder de autocura. Exercer uma conexão com o Universo é o canal para se autocurar! Parece simples, e é mesmo. Como exige muito esforço, as pessoas preferem se automedicar.

Você sabe o que te prejudica?

Há cerca de 20 ou 30 anos, a autocura era coisa de esotéricos doidos, malucos. Hoje está cada vez mais comum a prática. Sinal de que estamos na quarta dimensão de verdade e isso é uma excelente notícia.

Você já reparou na indústria dos remédios? Há uma farmácia em cada esquina e há ruas com drogarias uma ao lado da outra. Como pode tanto comércio concorrente sobreviver com tanta proximidade? A falta de crença no poder pessoal de cura. Há séculos colocamos crenças nos remédios. (Não estou pregando a retirada completa de remédios de uso contínuo, nem posso fazer isso. Todo tratamento deve ser continuado).

Mas um pai ou uma mãe que ao primeiro sinal de alergia ou déficit de atenção de um filho aplica remédios vai criar um viciado em alopatia. Tudo vem do berço. Somos doutrinados a partir de casa.

Já pensou em ser independente?

Substituir medicação por meditação (ato de relaxamento a partir da respiração) regular vai curar em primeiro plano seus medos. Mais seguro, você vai se alimentar melhor, vai criar hábitos mais saudáveis, mais vida em sua vida.

Criar uma postura independente é pensar que você pode ser um ser mais saudável. Sabe aquelas pessoas que sugestionam assim: quando chega o inverno, já fico gripado. Bingo, irá gripar-se. Não posso ficar em local empoeirado, que já ataca minha (sentido de posse) rinite alérgica.

Há uma centena de pequenas doenças que são meramente sugestionáveis. Claro que se não forem cuidadas, irão se agravar e você poderá ser um idoso ou idosa completamente dependente de medicações. Conheço idosos que tomam verdadeiros coquetéis.

Você também pode gostar de:

Hábitos saudáveis incluem alimentação saudável, cortar bebidas químicas, prática regular de exercícios físicos, meditação, criar ou usar mantras saudáveis.

Olha um bom mantra:

“Eu sou uma pessoa saudável. Meus músculos e articulações são saudáveis. Eu tenho uma vida saudável.”
 Repita isso mesmo que ainda não tenha uma vida totalmente saudável até o momento em que seu cérebro reptiliano vai registrar a nova informação repetida, e bingo, sua vida estará saudável. Apenas respeite o processo de transformação, que em breve tudo correrá bem. Foque na sua autocura.

Sobre o autor

Arnaldo de Sousa

Arnaldo de Sousa

Arnaldo de Sousa é jornalista de formação. Atuou por 25 anos no mercado editorial e em televisão. Fez diversas formações de coaching e criou o Coaching Transcendental. A energia do Amor Divino Interior e incondicional é o caminho para resolver tanto questões da matéria como da alma. Tanto pelo coaching como pelo reiki e meditação, devemos elevar nossos sentimentos no Amor Incondicional para a cura física ou do espírito.

Contatos:

Email: [email protected]
Site: arnaldodesousa.com.br
Facebook: ArnaldofdeSousa
Instagram: @arnaldodesousacoach
Youtube: Arnaldo de Sousa Coach Transcendental