Energia em Equilíbrio Espiritualidade

O que podemos aprender com Gandhi?

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

“Você não deve perder a fé na humanidade. A humanidade é um oceano, se algumas gotas são sujas, isso não torna o oceano sujo.” – Mahatma Gandhi.

Mahatma Gandhi foi um dos maiores líderes pacifistas da história, sendo retratado nos livros até os dias atuais. Gandhi levou multidões a conhecer e a praticar o significado da não violência, na sua luta pela independência da Índia, no ano de 1947.

Diferente da realidade da maioria da população da Índia na época, Gandhi nasceu em uma família próspera financeiramente, com posições sociais, e teve um começo de vida promissor, no qual pode desfrutar de uma educação de prestígio na Inglaterra, viajado por vários países durante meses. Gandhi formou-se em Direito, na University College, em Londres.

Porém, indo contra a quase todas as vontades de sua família, Gandhi acabou por doar seus bens e durante a sua vida libertou-se das limitações materiais, tendo seguido uma vida de simplicidade a partir de então.

O que podemos aprender sobre a sua forma de viver?

1. Acumule pouco

Gandhi acreditava que quanto menos acúmulos as pessoas tivessem, mais leves seriam suas vidas. Seu próprio exemplo era de um homem que vivia apenas com alguns utensílios para se alimentar e pouquíssimas roupas, Gandhi ainda tinha o hábito de doar presentes que recebia para as outras pessoas.

2. Alimentar-se com simplicidade

Gandhi alimentava-se usando uma tigela pequena, na qual ele comia moderadamente, com atenção ao alimento e sem pressa. Antes – e durante – suas refeições, ele recitava preces em agradecimento ao poder alimentar-se uma vez mais.

3. Vestir-se de maneira simples

Gandhi vestia roupas simples que lhe permitiam mover-se com leveza.

Segundo uma história, quando Gandhi conheceu o Rei da Grã-Bretanha, em Londres, vestia somente um pano que envolvia seu corpo magro. Uma jornalista perguntou ao pacifista: “Sr. Gandhi, o senhor sentiu-se com pouca roupa quando conheceu o rei?”. Gandhi respondeu: “O rei estava usando roupas por nós dois”.

Sua mensagem consistia em simplificar a vida através das vestimentas do dia a dia.

4. Mantenha-se sereno

Gandhi nunca demonstrava alterações em seu humor, mantendo-se sempre sereno. Ele orava, meditava e incentivava as pessoas ao seu redor a fazerem o mesmo. Isso se deve ao fato de suas manifestações não violentas, que fizeram com que ele conquistasse inúmeros seguidores.

5. Seja o agente da mudança, mudando a si mesmo

Se você muda a si mesmo, você mudará o mundo, começando pelas pessoas ao seu redor. É importante querer mudar a maneira como se sente e enxerga ao próximo.

6. Pratique o perdão
“O fraco não pode perdoar. A capacidade de perdoar é um atributo dos fortes.”

Gandhi praticava o perdão de maneira simples e direta, ressaltando que caso não consigamos perdoar as pessoas que nos prejudicaram, então a nossa vida sempre seria tomada por questões que poderiam ser sanadas apenas com o perdão.

7. Persista, cresça e evolua sempre

Gandhi defendia que as palavras e pensamentos do indivíduo deveriam estar sempre alinhados com as ações tomadas no dia a dia. Agir com seriedade e sinceridade, sendo fiel a si mesmo é o primeiro passo para uma vida plena.

“Felicidade é quando o que você pensa, o que você diz e o que você faz estão em harmonia.”

No dia 30 de janeiro de 1948, Gandhi foi assassinado em Nova Déli, por Nathuram Godse, um hindu radical que acreditava que Gandhi era responsável pelo enfraquecimento do governo da época devido suas ações.

O legado de Gandhi é descrito nos livros, filmes e documentários. Podem ser encontrados monumentos em sua homenagem em alguns países, como em Londres e no Brasil. Apesar de uma vida exemplar e ao mesmo tempo polêmica, Gandhi é e sempre será uma das personalidades de grande impacto de todos os tempos.


Texto escrito por Bruno da Silva da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sua opinião é bem-vinda, sempre que colocada com a educação e o respeito que todos merecem. Os comentários deixados neste artigo são de exclusiva responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]