Autoconhecimento Coaching

O segredo do melhor relacionamento do mundo

Alessandra França
Escrito por Alessandra França

Todo mundo quer viver uma relação, quer encontrar o Amor e ser feliz num relacionamento, mas é mais comum ver separação que casamentos. O que realmente acontece na vida dessas pessoas?

A questão é muito simples! Todas ignoram um segredo,  pois o fato de não o conhecerem faz, de fato, com que a cobrança sobre o outro seja excessiva e muito sofrida. Isso vai minando a relação e fazendo com que tudo vá perdendo a graça e o mar de flores do encantamento e da paixão começa a murchar, deixando expostos os secos espinhos da decepção e do descontentamento.

Pessoas de bem com a vida tornam tudo mais leve.
 O grande desafio de uma relação bem-sucedida é o tempo de dedicação a si mesmo. Não em academias ou salões de beleza, mas ao cuidado em conhecer a si mesmo. Quando alguém se dedica a conhecer a si mesmo, o caminho natural que se revela é a melhoria pessoal em todos os aspectos da vida. 

Não existem histórias de pessoas que sejam profundas conhecedoras de si mesmas que sejam pessoas ruins ou que sejam pessoas difíceis. Se uma pessoa trabalhar para se conhecer e suas atitudes não se sincronizarem com uma conduta ilibada, então não está acontecendo o tão prodigioso autoconhecimento. Pois o autoconhecimento nos incita a sermos melhores, a cada dia, em qualquer circunstância.

Voltando ao tema do relacionamento, é lógico que uma pessoa que investe em autoconhecimento é capaz de ser uma parceira melhor em suas relações. E, quando ambos se dedicam a esse processo de desenvolvimento, certamente se tornam pessoas cada vez melhores. Sendo e trabalhando diariamente pelas suas melhorias pessoais, tendem a manter a relação em constante desenvolvimento, pois a admiração e o compartilhamento de cada descoberta pessoal estimula ambos a continuar caminhando juntos.

Closeup on young beautiful smiling couple.

Por outro lado, existem casais onde apenas um dos parceiros trabalha pelo autodesenvolvimento e esse desequilíbrio pode ir minando a relação de forma muito silenciosa. Quando um dos parceiros percebe, o outro já se distanciou muito e não há outra saída a não ser o distanciamento definitivo.

Talvez você já tenha ouvido falar em contrastes; estes fazem parte da vida de qualquer casal. São as diferenças de comportamento e de personalidade, os condicionamentos que formam a bagagem que cada um traz para a relação quando decidem ficar juntos. Pessoas despertas que se dedicam ao autoconhecimento sabem que essas diferenças, quando se apresentam, são desafios para ambos. Mas, quando não existe esta percepção, a relação vira um verdadeiro campo de batalha.

O autoconhecimento neste caso também é um grande apoio nos momentos de contrastes, pois a percepção do contraste pode ser o grande motivador para nossos passos para um crescimento mútuo do casal.

A melhor relação do mundo só pode surgir se houver autoconhecimento.
 Só podemos compartilhar com  o outro os tesouros de que sabemos que temos posse.

O mapa que nos leva a esse tesouro trazemos oculto em nosso coração e, por mais que vivamos em busca de encontrá-lo em algum lugar durante nossa jornada, sem esse mapa, não lograremos muito sucesso. Esse mapa é um conjunto de exercícios diários focados em mudança, ou melhor, melhoria no comportamento. Sim, somos seres comportamentais e comportamento tem a ver com hábito. Por sua vez, hábito está ligado a condicionamentos , o que fazemos com esses condicionamentos que muitas vezes nos dominam como algozes no silêncio de nossa limitada percepção?

Olhar para si mesmo identificando esses pontos de mudança é o início do desvendar dos códigos desse mapa. Ao iniciar essa jornada, estamos sim mais perto de nosso verdadeiro tesouro. Quantas pessoas vivem a vida inteira sem esse mapa, intuindo e até sonhando que em algum lugar existe um tesouro oculto a sua espera?

Para se autoconhecer e desvendar esse mapa que nos leva ao tesouro perdido do Eu, é preciso tomar consciência e ações diárias para mudanças. Nenhuma mudança de hábitos condicionados pode ocorrer do dia para a noite. Tais mudanças só podem ocorrer num processo diário de percepção e ações direcionadas para o novo.

Esse movimento diário é capaz de clarear as noites escuras de conflitos pessoais e relacionais, pois sai de cena a vítima e entra em cena o dono do mundo, capaz de tomar decisões para a própria felicidade, que certamente beneficiarão ao outro também.

Ler um livro sobre o amor não vai fazer com que você ame, mas é o viver o amor por si mesmo a cada dia e reconhecer o amor em pequenas coisas cotidianas que podem fazer o Amor puro e genuíno florescer na vida de um casal.

Não é verdade que o Amor só acontece quando encontramos nossa alma gêmea. Esse é o maior dos enganos, pois o Amor genuíno começa com a semente que se cultiva em si mesmo e continua quando duas almas resolvem cultivar suas flores e compartilhar seus frutos juntos. Eis o relacionamento perfeito.

Conheça as 10 práticas de exercícios da Lei da Atração para o Amor.

Sobre o autor

Alessandra França

Alessandra França

Life Coach, Especialista em Inteligência Emocional para Relacionamentos Afetivos, Metafísica Aplicada, Ativista Quântica. Terapeuta Integrativa (Master Reiki, Florais,Toque Quântico), Leitora de Registros Akashicos, Idealizadora do Coaching+ e das Metodologias: Lei da Atração para Relacionamentos, O Poder do Coração e a Lei da Atração. Co­criadora do Acalma Minha Alma Coaching. Escritora, Fundadora do Auditório da Alma.

Participe da Medite no Amor: https://auditoriodalma.com.br/medite-no-amor/

Site: alessandrasfranca.com.br
leidatracaoparaoamor.com.br
Facebook: /auditoriodalma | /alessandrafranca.fanpage/
Twitter: @Auditoriodalma
Skype: alessandrafcoach
Youtube: Auditório da Alma | Alessandra França
Instagram: @alessandrafrançaoficial

Eventos: Participe da Reprogramação Quântica Emocional em grupo,
solicite informações para o próximo grupo.
Envie e-mail para [email protected]