Nutrição Saúde Integral

Óleo de semente de uva: benefícios e como usar

Imagem de quatro garrafas diferentes contendo óleo de semente de uva. Ao lado de uma delas um cacho de uvas verdes.
Maryna Pleshkun / 123RF
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Entre os inúmeros óleos existentes e benéficos para a saúde humana, o óleo de semente de uva possui grande destaque. Poucas pessoas sabem, mas a uva, além de ser ingrediente de alimentos, vinhos e outras bebidas, é uma grande fonte de óleo natural e vegetal.

Como o nome já diz, esse óleo é feito a partir da semente de uva, essas que sobram da fabricação do vinho. Elas são trituradas e passam por uma prensa a frio, até que o óleo seja extraído. Esse processo é muito demorado, pois, para a produção de um litro de óleo, é necessário cerca de 200 kg de sementes da fruta, o que faz com esse tipo de óleo seja um dos mais caros do que as outras opções vegetais.

Seus diversos tipos de uso ocorrem pelo alto teor de ácido linoleico e tocoferol, que atuam como antioxidantes, anti-inflamatórios, cicatrizantes, entre outros benefícios ao organismo humano. Continue lendo para saber mais sobre o óleo de semente de uva!

Para que serve o óleo de semente de uva?

Em primeiro lugar, esse óleo serve como um hidratante corporal, pois ele possui propriedades capazes de reter água na pele e pode ser utilizado tanto com finalidades estéticas quanto alimentares. Por ser de fácil absorção, ele ainda é indicado para processos de cicatrização, mesmo em peles oleosas e acneicas, pelo fato de não causar nenhuma obstrução nos poros. Dentro da aromaterapia, ele é utilizado como um meio de fluidificar os óleos essenciais.

Imagem de um lindo cacho de uvas verdes dentro de um cesto de palha decorado com as folhas da uva.
Congerdesign / Pixabay

De modo geral, o óleo de semente de uva serve como um grande aliado da saúde e da estética e uma coisa é certa: ele fará muito bem à sua saúde!

– Pode ser usado como hidratante, por ter ação emoliente;
– No tratamento contra acne, pela sua ação cicatrizante;
– Na prevenção de celulites e estrias, pela presença do tocoferol, que restaura o colágeno do organismo e aumenta a capacidade elástica da pele;
– Na prevenção contra queda de cabelos, caspa e pontas ressecadas;
– Para a fritura de alimentos e como tempero de saladas;
– Como um aliado em dietas e no aumento do sistema imunológico.

Como usar o óleo de semente de uva?

Esse tipo de óleo possui diversas formas de uso, tudo depende do seu objetivo! Para melhorar a saúde do seu cabelo ou do couro cabeludo, basta acrescentar uma colher de óleo no seu condicionador ou shampoo. Se o seu intuito é cuidar da pele, adicione uma colher de óleo em um pote de hidratante ou no seu sabonete. Para reduzir manchas, rugas ou eliminar marcas de acnes e cravos, passe o óleo no rosto antes de dormir e retire-o no dia seguinte. Na alimentação, tempere suas saladas, frite alimentos e inclua-o nas suas receitas!

No meio estético, basta acrescentar um pouco do óleo de semente de uva nos cremes que você costuma passar no corpo. Na gastronomia, ele pode ser consumido normalmente, mas, claro, sem exageros, assim como com qualquer outro tipo de óleo. Diferentemente de outros tipos, o óleo de semente de uva não perde suas propriedades quando elevado a maiores temperaturas, ou seja, você pode usá-lo em pratos quentes!

Dica: Ele pode ser encontrado em supermercados, estéticas, lojas de nutrição, de produtos naturais ou de cosméticos e, claro, em lojas virtuais!

Benefícios do óleo de semente de uva

São inúmeros os benefícios que o óleo de semente de uva proporciona à nossa saúde, aliás não há contraindicações sobre o seu uso. Dentro de todas as suas propriedades, confira os principais benefícios desse óleo e surpreenda-se com seus poderes medicinais:

1. Reduz o colesterol mau

Rico em ômega 6, o óleo de semente de uva é um aliado na redução do LDL (colesterol mau), promovendo, assim, uma melhora na saúde cardíaca. Por ser rico também em vitamina E, ele age na prevenção de placas gordurosas que podem obstruir as artérias, reduzindo risco de doenças, como AVC e infarto.

2. Hidrata os cabelos

Grande hidratante capilar, esse tipo de óleo reduz as pontas duplas, a queda e a quebra de fios de cabelo. Além disso, hidrata o couro cabeludo e reduz o surgimento de caspas. Por ser um óleo leve, ele é facilmente absorvido pelos fios capilares, reduzindo a oleosidade do couro cabeludo e hidratando de forma rápida os fios.

Imagem de um lindo cacho de uvas verdes disposto sobre um pedaço de tronco de madeira.
Matthias Böckel / Pixabay

3. Previne doenças

O óleo de semente de uva é rico em resveratrol, taninos, quercetina, flavonoites, vitamina E, carotenoites… e por aí vai! A maioria dessas propriedades possui ação antioxidante a qual evita danos celulares e age como antitumoral e anti-inflamatória, prevenindo alguns tipos de câncer, Alzheimer, diabetes etc.

4. Evita o envelhecimento precoce

A vitamina E é uma poderosa aliada contra o envelhecimento precoce, e o óleo de semente de uva contém um grande teor dela! Quando o assunto é estética, esse óleo age como um regenerador e revitalizador de tecidos, impedindo que a pele fique flácida, com rugas ou que perca o brilho. Ainda por sua propriedade adstringente, pode ser útil para quem deseja uma pele limpa, jovem e saudável. E o melhor de tudo é o fato de ele ser absorvido rapidamente pela pele por ser extremamente suave, então com ele não há oleosidade, somente hidratação!

5. Alivia dores reumáticas

Há doenças reumáticas que podem ser aliviadas com uma massagem feita com o óleo de semente de uva. Tais doenças são crônicas e causadas por inflamações em determinadas articulações. Como o óleo possui ação anti-inflamatória, massagear o local afetado é uma forma de melhorar a circulação sanguínea e de aliviar as dores.

Imagem de três cachos de uva na cor roxa pendurados ainda na videira.
Jacqueline Macou / Pixabay

Dicas e informações importantes

– Mesmo sendo mais caro do que os outros, o óleo de semente de uva é um bom produto para se ter em casa. Além de ser mais nutritivo, ele não possui qualquer tipo de solvente químico;

– Nunca consuma qualquer tipo de óleo em excesso! Nesse caso, óleos vegetais que sejam ricos em ômega 6 podem inflamar o seu organismo. Para evitar essa consequência, consuma no máximo duas colheres desse tipo de óleo por dia;

– Esse óleo não possui muitos efeitos colaterais. Na verdade, eles são bem raros, mas podem incluir náuseas e diarreias.

Você também pode gostar

Com tantos benefícios à saúde, o que você está esperando para comprar o seu óleo de semente de uva? Que tal beneficiar o seu cabelo, sua pele, evitar o envelhecimento precoce e ainda dar um up na sua imunidade? Adote uma alimentação saudável, troque alimentos e produtos industrializados por naturais e sinta a diferença em sua qualidade de vida! Esse óleo vegetal pode ser encontrado com facilidade e garante bons resultados no nosso organismo!

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]